Eu perdi o acesso local dos arquivos do Skydrive?

Com a recente atualização do Windows 8.1 tive a insatisfação de não saber o que havia acontecido com os meus arquivos que estavam no Skydrive. São quase 7 GB de arquivos que lá estavam armazenados, e desde a atualização que não conseguia mais acessar os arquivos localmente.

Era o problema de menor gravidade, pois, os arquivos estavam disponíveis e acessíveis pelo serviço web. Mas, me intrigou a situação e hoje tomei uns minutos do dia para entender e resolver a questão: Por que meus arquivos não estão mais disponíveis no meu computador e está apenas online? Ou por outra: Eu perdi o acesso local dos arquivos do Skydrive?

O caso é mais simples do que imaginei. Bastou marcar a opção: Tornar disponível Off-line na pasta do Skydrive. Veia a imagem abaixo:

skydrive

Só isto e pronto. A sincronização dos arquivos ocorreu normalmente e tudo está normal como antes.

Outra situação que merece você dar uma olhada é se você pensa que perdeu todos os seus arquivos. Aqui no meu computador depois das atualizações e também depois que reinstalei o skydrive algumas vezes, todas as vezes o aplicativo do skydrive não excluiu as pastas, ele as renomeou para skydrive (old).

skydrive-old

Olhe na pasta de seu usuário que é por padrão o local onde estão gravadas estas pastas.

Como excluir “ssh2 Class do Bando do Bradesco”

A atualização do Windows 8.1 pode ser feita por meio das atualizações da Microsoft. Se o seu Windows 8 ainda não sugeriu a instalação, você pode utilizar o aplicativo Loja, e procurar as atualizações disponiveis.

O meu computador depois de pelo menos dezoito horas, incluindo o download de mais de 2,5 gigabyte de dados e em seguinda, a instalação, estou com o novo sistema operacional. No entanto, continua com vários erros e problemas que eu já havia apontado em textos anteriores.

Um dos problemas é a incompatibilidade do novo sistema com vários mecanismos de segurança, como por exemplo, o ssh2 Class do Bando do Bradesco. Eis a mensagem que aparece na barra de avisos do Internet Explorer 11, que vem como padrão do Windows 8.1bradesco

Pois bem! Eu penei até encontrar meios de arrancar os itens de segurança do Banco Bradesco do Windows 8, especificamente do Internet Explorer 11. Mas, conseguir após várias tentativas.

1 – Tentei a opção Ferramentas / Opções da Internet / Avançadas / Redefinir, mas, não foi suficiente para excluir o complemento de segurança do Bradesco.

2 – Tentei o Regsekker e fiz a procura pelo Bradesco e mesmo tendo encontrado várias linhas no registro, também não foi suficiente para remover o ssh2 Class de Banco Bradesco S.A.

3 – Tentei localizar e excluir manualmente utilizando o comando Regedit do Windows, mas, não consegui encontrar os itens…

Enfim! Fiz várias coisas que não resolveu. O que resolveu foi estes passos abaixo.

a) – Ativa a exibição da barra de Menu do Internet Explorer. Para utilizar o menu Ferramentas. Clique na parte de cima do navegador com o botão direito e clique em Barra de Menu. Veja a imagem e o texto abaixo.

exibir-barra-menus

b) – Você também pode usar o botão Ferramentas / Gerenciar Complementos.

c) – Clique no complemento com o nome Banco Bradesco S.A com o botão direito. Clique em Mais informações.

mais-informacoes

Você vai  ter outra tela com estas informações abaixo:

chave-registro

Copie a Identificação da Classe. É só selecionar. Copiar. Abrir o Regedit. Apertar CTRL+F localizar esta chave: {2E3C3651-B19C-4DD9-A979-901EC3E930AF} – Veja se é igual à chave existente em seu computador. Depois de encontrar a primeira referência no registro. Deleta a chave. Aperte F3 para localizar a próxima. Faça isto, até não existir mais a tal chave no registro.

Depois disso, reinicie o seu computador. Exclua a pasta marcada e apontada na imagem acima.

Pronto! Seu internet explorer estará livre deste complemento incompátivel. Só que agora é esperar uma nova versão de segurança do Bradesco para usar com o Windows 8.1 e com o Internet Explorer 11.

Golpe na internet. Tem gente que cai em cada tipo!

maisgolpe.png

Eita! Que povo criativo e imaginação fértil hein! Eu sei que a NSA e espionagem está em alta no contexto, bem como o tal Embargos Infrigentes, e o rancor ao Celso de Melo… mas, veja bem, quem foi que teve acesso a meu e-mail? Como é que vincularam meu e-mail a meu cpf? Para qualquer clique em qualquer dos links fui direcionado para o download de um arquivo do tipo executável.

Golpe desta natureza tem por obtjetivo infectar o computador da vítima para obter informações especiais. São espertos o suficiente para levar a pessoa a cometer os erros básicos: crê, clicar, instalar, e depois, ignorar todas estas ações. Uma grande parte das pessoas caem nestes golpes por vários motivos, tais como: medo de estar sendo investigado pela policia; crença de que está é possível saber tudo pela internet; e desconhecimento da internet, e, dos direitos e dos seus deveres.

Observo que há um grande esforço, por exemplo, do CGI.BR em disponibilizar uma CARTILHA DA SEGURANÇA NA INTERNET, mas, ainda é alto o número de pessoas que ignoram, ou simplesmente não atentam para tais dicas. Muitas pessoas, até, se julgam espertas demais para cair em golpes.

Antivirus: novas funções para o software antivirus.

Que eu me lembro e tenho conhecimento o Eset Nod32 antivírus foi o primeiro a ter a função de verificar as atualizações disponibilizadas para o Windows. Até escrevi um texto explicando como desativar a função que deixava o software alaranjado. Meu Nod32 está laranja o que fazer?.

Pois bem! Não é que outros softwares antivírus estão indo na mesma direção? E, a preocupação é também com a segurança. É uma nova função para o software antivírus, mas, também necessária, uma vez que milhares de usuários não tem o hábito de atualizar seus softwares; milhões nem se quer sabe da necessidade; porém, também é verdade que agregar mais esta função ao antivírus será útil para estes usuários.

Veja o caso do AVAST.

Esta é a janela em que o Software Antivírus AVAST lista os muitos software que necessitam de atualização. A função não está ainda bem funcional, uma vez que, alguns destes links vão para outra páginas, que certamente confundirá os usuários. O software foi capaz de identificar software defasado e necessitado de atualização, mas, incapaz no momento de guiar até a base original de atualização.

Eu louvo a iniciativa, e, torço para que haja evolução a ponto de que cada usuário saiba manusear tais ferramentas, pois, com os softwares devidamente atualizados, menos brechas existirão para serem exploradas. Não faz muito tempo os antivírus não traziam firewall, não tinha anti-malware, anti-spam, entre tantas funções agregadas.

Agora é só evoluir mais esta iniciativa.

O Java encontrou componentes da aplicação que podem indicar um problema de segurança…

Faz algum tempo que a plataforma Java vem passando por mudanças, porém, somente de uns meses para cá que os usuários passaram a reclamar das insistentes alertas de segurança, tal como esta no  texto e imagem abaixo sobre  os problemas de segurança.

O Java encontrou componentes da aplicação que podem indicar um problema de segurança Entre em contato com o fornecedor da aplicação para garantir que não tenha sido violada. Impedir que componentes possivelmente inseguros sejam executados?

Muitos usuários não percebem que apareceu algo na barra de tarefas do Windows alertando sobre a necessidade de clicar, para avançar na aplicação. A reclamação é constante: “ah! trava ai! Não vai para frente não!”.

Outros usuários, clica no SIM! No entanto, SIM, é a resposta para a pergunta: “impedir que componentes possivelmente inseguros sejam executados?”

Ou seja, ele concorda em BLOQUEAR a execução do aplicativo Java, e depois, não saberá por que motivo o site da Caixa, do Banco do Brasil, da Receita Federal, da Secretaria da Fazenda, o site de serviços da prefeitura… entre tantos outros, parou de abrir no seu computador.

Existe uma solução. Siga este passo a passo para abrir o Painel de Controle do Windows, e depois, abrir o Painel de Controle do Java.

Para todos os Windows: 7, 8, XP, Vista, ME, 95, 98,  2008 server… faça assim:

  • Use a tecla Windows + R;
  • Digite Control.exe
  • Clique em OK.
  • O Painel de Controle vai abrir. Clique no Icone do Java;
  • Vai abrir o Painel de Controle do Java

 Se quiser e souber, abra o painel de controle diretamente.

Se você fez corretamente estes passos acima, você vai ter uma tela com o Painel de Controle Java. Então, é só clicar em Avançado e fazer estas mudanças que mostro na imagem abaixo:

Saiba do que se trata cada opção da marcação em vermelho e com as setas vermelhas.

Ativar – exibir aviso se necessário

Esta é a definição default. Quando um possível risco de segurança é encontrado, uma caixa de diálogo é acionada. Clicar em Sim bloqueia possíveis componentes inseguros de serem executados e pode encerrar o programa. Quando o usuário clica em Não, a aplicação ou applet continua a execução com proteções (pacotes ou recursos que são encontrados posteriormente com os mesmos nomes, mas têm diferentes níveis de confiança.

Ativar – ocultar aviso e executar com proteções

Esta opção suprime a caixa de diálogo de aviso. O código executa como se o usuário tivesse clicado em Não por meio da caixa de diálogo de aviso.

Ativar – ocultar aviso e não executar código não confiável

Esta opção oculta a caixa de diálogo e se comporta como se o usuário tivesse clicado em Sim na caixa de diálogo.

Desativar verificação

Esta opção não é recomendável. Esta opção não permite que o software verifique os códigos confiáveis e não confiáveis mistos, deixando o usuário executar código possivelmente não seguro sem proteções.

Eu tenho usado a opção marcada em AZUL. Se, e quando não resolve, uso a ultima opção, que está explicado em vermelho.

O que há de semelhante entre o Avast Antivirus e a presidente Dilma?

É só um  gracejo! Para alguns uma comparação irrelevante e sem sentido. Mesmo assim, faço-a no intuito de registrar a comparação. Veja bem o que une ambos.

O governo Dilma está sob forte critica e constante movimentos de descontentes. E o que anda fazendo a presidente? Não muita coisa para resolver as questões. Sei que na semana passada, no blog do planalto, ela desandou a listar milhares disso e daquilo. Veja abaixo a lista dos números e explicações que a presidente deu num dos programas: Café com a presidente

  • 1,250 milhão de jovens estão fazendo os cursos técnicos oferecidos pelo Pronatec;
  • Cursos de qualificação profissional, que já receberam 2,750 milhões de matrículas
  • O Pronatec alcançou a marca de 4 milhões de matrículas em cursos técnicos e de qualificação profissional
  • 572 mil pessoas que recebem o Bolsa Família ou que estão inscritas no Cadastro Único do governo já se matricularam para fazer um curso de graça
  • Vamos ter 208 novas escolas até o final de 2014. Dessas novas escolas, nós já temos 94 funcionando.
  • Uma outra coisa muito importante, Max, o Senai está construindo 53 novas escolas por meio de um financiamento do BNDES.

Você pode encontrar mais aqui: Café com a presidenta

É típica a atitude deste povo que está no poder apresentar números e mais números, como que, insistindo na tese de que não se sabemos comparar quantidade versus qualidade. Propor projetos, fazer reuniões, dar declarações estapafúrdias.  Veja na lista, que até número de matriculados é contado como vantagem.

Na turma de informática do IFBA, campus Irecê, nos últimos anos tem tido em média 40 alunos matriculados, e o número de concluintes? Da primeira turma, o total de alunos concluintes são 8. Da segunda turma, 5. Isto mesmo! Se é esta a tendência, dos 2,5 milhões… é só fazer o calculo para saber: 5% a 10% do número concluirão o curso.

Tá! E onde entra o Avast?

Sim! O Avast! Entra agora. Veja se não é uma ação semelhante! Tive que desinstalar o Avast Antivírus de um computador infectado com o vírus Sality.xx. E, no instante da desinstalação, eis a tela de apelo que me apareceu:

avast e dilmaNão é uma graça! O computador está infectado. O antivírus (versão gratuita) não deu conta do serviço, e agora que vou removê-lo, o mesmo, me mostra números. Números Avast! Eu queria que você eliminasse os vírus, não lê números estatísticos.

Menos Dilma! Menos Avast! Façam mais!