Conheça as mulheres que ganham mais de R$ 6.000,00 de Bolsa Família por ano em Irecê

Na última semana do ano de 2015 fui à cidade de Central, que, dista uns trinta quilômetros de Irecê. No trajeto à Central, o meu amigo Fernando quis argumentar sobre a importância da ajuda que o governo concede aos pobres da região. Quis e insistiu na afirmação de que, a cidade e a região de Irecê é carente e dependente dos recursos do governo federal. Segundo a opinião e ótica dele, a nossa cidade e região, só tem sobrevivido a situação por causa, na ordem abaixo listada:

  1. Salários dos aposentados, por meio do qual, é injetado mensalmente milhares de reais;
  2. Bolsa família, por meio do qual, é injetado mensalmente outra quantidade de reais;

Eu discordei, pois, é uma visão pobre e distorcida da nossa cidade e de nossa região. Porém, é esta visão que políticos de esquerda espalham na cidade e na região, com o fim último de reforçar a dependência da região dos recursos federais, bem como, reforçar a necessidade de continuar a votar na corja que está no poder, como que, se deixarem de votar nesta gente, fosse o último prego do caixão de nossa região.

Nada mais falso e mentiroso. A força motriz econômica da cidade e da região não depende exclusivamente do dinheiro dos aposentados, tão pouco, a cidade e a região é tão dependente do recursos do bolsa família.

É falsa a informação de que dependemos exclusivamente dos rendimentos dos aposentados. Faço trabalho para, pelo menos cinco empresas ligadas ao ramo do empréstimo consignados, e a constatação é de que a classe operária aposentada da região está com pelo menos 35% de sua renda comprometida com diversos empréstimos.

E, pior! Não pagam os empréstimos tomados, e vivem renegociando as dívidas, refazendo empréstimos. Estão endividados, e, outra! Por esta realidade, grande parte dos recursos, nem chegam a região, pois, são descontadas em folha por todos estes grandes bandos, digo, bancos, envolvidos no empréstimo consignado.

Quanto ao Bolsa família, bem, sobre isto posso garantir, que mês a mês, ao contrário do que se esperava, pensava e planejavam, a pobreza não diminui, só aumenta, ou, tem aumentado o assistencialismo. Catástrofe social e pobreza extrema em Irecê que justifique mais de oito mil famílias recebendo Bolsa Família, penso eu, não há.

Os últimos três meses a folha de pagamento do bolsa família em Irecê foram:


8191 famílias em novembro de 2015.


8266 famílias em dezembro de 2015.


8234 famílias em janeiro de 2016.

Milhares de brasileiros suspeitamos que o Bolsa Família não é mais necessário para combater a pobreza, e a extrema pobreza. É fato, que conhecemos pessoas que não necessitam do benefício e recebe, e há, os que necessitam e não recebem. O programa tornou-se mesmo assistencialista, paternalista e transferência de recursos com fins últimos de curral eleitoral.

A Caixa Econômica lista o nome das pessoas que tiveram o Bolsa Família liberado e que os pagou. No site da transparência, se pode obter os nomes das pessoas e os valores que elas receberam mensalmente e no ano. Eu cruzei os dados para saber quem são as famílias que mais recebem e quanto recebem, e quantos filhos tem cadastrado no sistema.

São dados públicos e disponibilizados pelos órgãos e entes governamentais. Eis abaixo, a imagem com as 15 (quinze) beneficiárias mais bem remuneradas pelo Bolsa Família de Irecê no ano de 2015.


Acima está o quanto cada uma destas pessoas receberam do Bolsa Família de Janeiro a Novembro de 2015. A primeira da lista recebeu R$ 617,00 mensais, ai, me bateu a curiosidade para saber quantos filhos esta pessoa tem listado no Cadastro e fui na lista de beneficiários da Caixa Econômica e eis abaixo a listagem:


Maria Zélia teve gêmeos. Aliás, gêmeos na listagem do Bolsa Família, se for verdade, Irecê é um caso de investigação cientifica, para saber por que nasce tantos gêmeos por aqui.

Próxima!


Maria Aparecida não tem nada de mais. Apenas e tão somente gostaria de entender a mistura que há nos nomes das crianças, e, posso deduzir que são filhos de pais diferentes, então, nomes diferentes. E, sim! Ela tem seis filhos. Quem é que confere? A terceira no entanto, é mais do que curioso. Segundo os registro do Bolsa Família, esta senhora teve filho quatro meses após ter parido. Eis abaixo os dados.


A senhora Clemides não tem gêmeos! No entanto, teve o primeiro filho aos 39 anos. Aos 43 anos teve um filho no mês de abril e 125 dias ou quatro meses depois, teve outro filho. Não te deixou impressionado? Ela repetiu o feito! Em 2006 no mês de abril teve um filho. Seis meses depois teve outro. E finalmente em 2010, aos 49 anos de idade teve seu último filho. Exceto, se ela for a avó destas crianças. (???) Se isto não te admira, espanta ou desperta suspeitas, bem, há registros no arquivo de mulheres do ano de 1931, 1932, 1939 tendo filhos com mais de 60 (sessenta) anos, aliás, a que nasceu em 1931 segundo os dados teve filho aos 69 anos de idade. Que assombro!

Valdirene teve gêmeas.


Este caso abaixo apontado eu não sei entender ou não sei uma explicação. Veja por você e se tiver uma ideia me explica!


Eu deduzo que ela tem oito filhos. Não sei o motivo da repetição de Maria Cecilia e de Maria Heloiza. No entanto, se sabe que são gêmeas.

Você pode pesquisar no seu município e constatar por você mesmo como é que o Bolsa Família é utilizado. Há muito tempo que esta coisa deixou de ser um programa de assistência social, de amparo e combate à pobreza e à extrema pobreza. Em uma hora de pesquisa e relacionamento de dados, sem utilização de software, sem cruzamento automático de dados, é possível fazer descobertas desconcertantes em relação ao Bolsa Família.

Nos exemplos acima citados, entre as pessoas que receberam mais de seis mil reais no ano de 2015, a renda mensal destas famílias, apenas do Bolsa Família quase se equipara a de um trabalhador que ganha salário mínimo na carteira, afinal, a diferença é de apenas R$ 108,00 (cento e oito reais). Para um trabalhador tal realidade é desanimadora, pois, percebe-se que o indivíduo que é assistido pelo programa do governo, sem nada fazer, tem renda equiparada à sua que dedica horas diárias, semanais, mensais, e tem que seguir horário, bater ponto, seguir regras, pagar sindicato, INSS, FGTS, e tudo mais. Desanima mesmo tal situação. A impressão que fica, é que, se valoriza mais estas pessoas em detrimento a estas outras.

Finalizando, e retornando ao inicio do texto, meu amigo insistiu para que eu entendesse que este é o melhor caminho: o Estado sustentar estas pessoas pobres, necessitadas. Foi quando passamos por um senhor puxando um enorme carroça com produtos a serem reciclados. E, eu perguntei a ele:

– Você sabe quanto este homem ganha vendendo estes produtos?

Ele quis sair pela tangente puxando o papo da dignidade, da insalubridade, dos perigos de materiais perfurantes, cortantes, a contaminação, e que não era uma atividade salutar…

– Tá! Mas, quanto é que ele ganha ajuntando materiais reciclados? Por que ele prefere catar lixo nas ruas a ser assistido pelo governo?

Ele ficou espantado em saber que um sacolão de latinhas de cervejas quando vendidos nas recicladoras chegam ao valor de cerca de 150,00 e que muitos catadores ajuntam mais de três sacolões por semana, o que, lhes confere renda semanal que até ultrapassa o valor do maior bolsa Família pago em Irecê em 2015.

O catador que passava aqui em nossa rua, disse-me, que prefere ajuntar lixo a depender do governo, que, somente gente preguiçosa – nem todos evidentes – é que insistem em ser assistidas pelo governo. Disse mais! Eu não tenho estudo “seu menino”, mas, ganho o suficiente para pagar minhas contas, comprar tv boa, ter computador em casa, tudo comprado no carnê do Armazém Paraíba; tudo pago com o suor de meu rosto, catando lixo que vocês jogam fora.

Para concluir minha argumentação disse a ele: hoje Nando, pessoas sobrevivem até do lixo que descartamos, e vivem com dignidade, hombridade, trabalho, suor e determinação. Já estamos em uma época, que, quem não saiu da extrema pobreza, bem, eles necessitam de apoio, mas, não do Bolsa Família. Não mais!


“Os alunos não serão prejudicados…”

No Jornal Nacional da rede Globo, passou uma noticia das greves dos professores, se não me engano, no Rio de Janeiro, e uma das entrevistadas, ao defender os grevistas deu uma declaração, que na minha opinião é no mínimos um escracho com os pais, alunos e todos os não participantes da greve.

Segundo a mesma, nenhum aluno será prejudicado por que os professores estão em greve a mais de dois meses. Ah! tá! Na minha opinião é que vivemos nestes dias em que os pais, não vai às portas das escolas para reclamar, para protestas contra os tais grevistas. Eu me lembro do dia que voltamos do portão da escola com um bilhete a nossos pais, em que se explicava os motivos pelos quais não teriamos aulas aqueles dias. Minha mãe e quase todas as mães do bairro desceram avenida abaixo e foram lá protestar contra a greve dos professores, que durou, somente aquele dia.

Hoje não! Quem tem direito a greve, fazem-na, prejudicando a todos nós, e fazem como esta senhora. Na TV, nas rádios e para blogues dão entrevistas dizendo tais coisas absurdas. “Ninguém será prejudicado” – Pode ser que irão, como sempre facilitar mais ainda a vida dos alunos, passar pesquisas, fazer atividade extra-classe, entre outras atividades. No mínimo o prejuízo de conteúdo já está garantido. O mais é só contar.

Por fim vem o ministro do STF e garante salário para todos os que não estão trabalhando… bem, ai a festa está garantido. Está cada dia pior este país, em que, os grupelhos ganha seus rendimentos sem suar. Sei que há professores que merecem melhorers salários e melhores condições de trabalho, disponibilidade de recursos diversos. Por outro lado, jamais vivemos tal época, em que por mais que existam meios e condições de se ensinar, transmitir conhecimento, fazer com que se saiba ler, escrever, interpretar, contar, calcular, saber geografia, filosofia, ciências … e no entanto, é de espantar a quantidade de jovens que saem das escolas sabendo menos do que minha mãe que estudou até a quarta série do ensino fundamental.

Lamentável.

ACM foi quem “criou” o fundo de combate à pobreza e que financia o Bolsa Família

Hoje eu conversei com uma pessoa que é politicamente, ideologicamente contrário a mim. Conversamos muito. É interessante e instigante, para mim, a existência de pessoas assim. E, o é, por diversos motivos. Pelos liames e as conexões que eles fazem para defender, o que para mim, é indefensável, mas, para eles é indefectível.

Este jovem por exemplo, exultou! Isto mesmo! EXULTOU o nome, do homem, que o STF condenou como o chefe da quadrilha, e que agora debatem, se ele vai passar os dias ali, e a noite lá. Para ele e milhões de petistas e pelegos: O herói, José Dirceu. O perseguido e injustiçado!

Para este mesmo homem, que busca conhecimento, e demonstra inteligência, razoabilidade, a ditadura no Brasil foi mais criminosa e muito mais cruel do que as que ocorreram no Chile, na Argentina, e, “muito mais pior” do que a ditadura cubana. Ele se diz socialista e filiado ao PT. Discorre com facilidade sobre o tema. Diz por exemplo que a subjugação é uma maneira de lutar contra a burguesia. Que adotaram o capitalismo como sendo o meio de implantação do socialismo. Quis, a semelhança de muitos outros “roubar o passado” a favor das ideias socialistas e petistas. Eu disse-lhe, que parte do que ele advogava esta no mínimo equivocada, como por exemplo, o desconhecimento dele, ou má vontade mesmo, em saber que o ACM – o cabeça branca – que esteve engajado em criar os meios e os mecanismos que deram inicio à tudo que hoje é conhecido como dizem os petistas: “o maior programa de transferência de renda do mundo”.

Eu disse-lhe que uma pesquisa simples na internet sobre o tema, traria o nome de ACM como ligado aos projeto de combate à miséria e à pobreza. Eis aqui o link e uma imagem. Como lhe disse: isto faz parte da história, e está registrado. Não tem como mudar.

Imagem 002.png

Eis a fonte aqui.

Quando lhe disse que o ACM foi um dos que participou do que hoje é chamado de Bolsa Família ele disse que não acreditava que eu pensasse isto. Nem é questão de eu pensar. Não há é como negar o fato. Está registrado em jornais da época e até mesmo nos anais do senado. O que está marcado em azul, logo acima, não foi concluído. Agora isto aí foi promessa de Dilma Roussef na campanha de 2010. E, no mesmo ano, o tal Fundo para a Erradicação da Pobreza foi prorrogado, veja que coisa, prorrogado por prazo indefinido. Como é que é isso?

Imagem 003.png

É só buscar na internet e encontraremos inúmeras referências a isto. Mas, para este jovem socialista, o ACM só fez mal à Bahia. Foi, segundo disse ele, o homem que mais matou, e que mandou matar gente aqui na Bahia. Para mim, foi uma informação, como muitas outras: eivada de ódio ao sistema, à “direita”, aos homens que governaram este Estado, e que, não era do PT ou partido aliado. São pessoas que conseguem aumentar os números de mortos da ditadura nacional para parecer que aqui ocorreu um holocausto, e querem diminuir o número de mortos, e refugiados cubanos, só para parecer que Cuba é um paraíso e que lá morreu menos pessoas do que aqui no Brasil.

É incrível como há pessoas que, vivendo sob a atual situação: governo petista, país democrático e capitalista, ainda sonha com um Brasil socialista, com o máximo do Estado; com o Estado tomando conta de tudo. Eis ai, o modelo socialista no que está transformando o país. Só para lembrar as noticias recentes, de que, mesmo o PT mudando o nome de privatização para concessões, há ofertas de concessões, mas, não há quem esteja disposto a aceitar tais coisas. E também, a PB, que como eu alertei aqui no blog primeiro, estava empenhada em divulgar a ANS como espiã da PB para culpar os americanos pelo fracasso dos leilões. Eu avisei antes.

Se é verdade o que ele disse: Dilma. Lula e o PT estão aos poucos transformando o Brasil num país socialista. Bem! Também é verdade de que não está lá dando muito certo.

A espionagem a presidente Dilma, me pareceu uma reportagem de retaliação e revanche

Meu amigo Eddie foi quem me disse que iria passar uma reportagem no Fantástico sobre Snowden, a agência de espionagem americana. Fiquei de olho nas chamadas do programa nos intervalos. Mas, nada vi. Durante o programa o Tadeu fez a introdução afirmando que a reportagem iria tratar do assunto; eu fiquei esperando algo que a reportagem não trouxe: provas da espionagem.

O pior cenário é como o mundo está hoje. A partir do momento que a reportagem foi ao ar, para quem assistiu, já está caracterizado a espionagem, já se espera a reação da presidente Dilma, ação do Ministro da Justiça, ações das embaixadores, cobranças de explicações, e, o governo americano “terá” que provar que não fez, o que foi dito que fez.

Não vi na reportagem, e se tem documentos que provam tal ação, a espionagem, o que é que espionaram, o que conseguiram, que informações obtiveram? Nosso país, não tem nenhum meio de proteger as autoridades nacionais, afinal, há grandes empresas nacionais responsáveis pelas tecnologias de comunicação, internet, telefonia, e são aptas e habilitadas para oferecer serviços de criptografia, e telecomunicação segura, oras!

Segundo a reportagem do Fantástico, “a coleta de dados é feita pelo monitoramento de números de telefone, e-mails e o IP”.

Ah! Tá! Isto quer dizer que os americanos são mais poderosos dentro do Brasil, e ou que, as empresas que prestam serviços a presidência não tem proteção e meios de fazer com que números de telefone, e-mails e ips sejam protegidos? Sei não! A infraestrutura nacional é de responsabilidade de nossas empresas. Caberia a estas empresas, que prestam serviços de telefonia, e internet, proteger a presidente, os ministros, os juízes … oferecendo-lhes meios de conversas protegidas por criptografia de conexões, conexões seguras, informações sigilosas, transferências de dados seguras.

Depois de assistir à reportagem, a impressão que me ficou, foi a de uma reportagem revanchista e de retaliação ao que aconteceu com brasileiro detido na Inglaterra, pois, o co-autor da reportagem passada no Fantástico, é o namorado do David Miranda, o que foi detido.

Acreditar na reportagem leva-nos a pensar e odiar os americanos do norte, pensar que somos fracos e desprotegidos, que a qualquer momento, os americanos tem acesso a todo tipo de conteúdo que trafegam na internet e nos nossos aparelhos de telefones. Se os americanos podem ser tudo isto, mas, somos tão fracos em tecnologias a ponto de não haver ou de inexistir condições de proteção a nossas autoridades? Bem! Ai já é demais. Mas, foi a impressão que me ficou. A de que somos totalmente vulneráveis à NSA e aos meios que os americanos do norte usam para obter toda e qualquer informação do país.

Já antevejo para amanhã, segunda-feira dois de setembro, Dilma dizendo que conversou com o Ministro Cardoso, que vai dizer que falou com o ministro Amorim, que conversou com os analistas e que pediram explicações ao embaixador americano, e que, isto é inadmissível, que é uma afronta, que os americanos do norte passaram dos limites.

E tudo isto, por acreditarem piamente na Globo. A mesma Globo que é demonizada, e chamada de manipuladora. Nestes momentos, é vista como fonte segura de informação, que a Globo não iria mentir, ou errar em apresentar uma reportagem sem checar a veracidade das informações.

Outro apagão: “foi uma queimada numa fazenda no interior do Piauí” Diz o ministro!

Ficamos sem energia por longas horas. Os prejuízos se acumularam nesta tarde de quarta-feira. Estava em atendimento a lista de clientes. Tive que parar e voltar para casa. Nada mais pude fazer. A energia só voltou às 18:05. Ai vem o Ministro Lobão, e mais uma vez, a culpa é de um elemento externo. Uma queimada nalguma fazenda do interior do Piauí. Ah! Tá! Tudo explicado.

As clinicas médicas que ficaram sem poder atender os pacientes diversos? Só para ter ideia do prejuízo, todas as clinicas ficaram sem poder fazer os atendimentos agendados para esta tarde. E, os pacientes de amanhã, não poderão ser penalizados e terem seus exames e consultas agendadas para outra data, o que muitas clinicas farão será o arranjo de encaixar os que não foram atendidos hoje, serem atendidos amanhã, atropelando e aumentando o fluxo de atendimento

E, as empresas que trabalham com empréstimos consignados? Centenas de contratos deixaram de ser confirmados, outros deixaram de ser envidados, outros deixaram de ser processados, organizados. Caos total nas empresas.

O comércio? O comércio também sofreu com mais este apagão. Os supermercados tiveram que atender e funcionar de forma manual. No entanto, nem tudo funciona mais de forma manual, como por exemplo, vários itens que necessitam ser pesados e que tem o preço gerado por balanças eletrônicas, e que, não usam mais balanças analógicas.

As lojas de roupas, utensílios domésticos, e varejo em geral, fizeram atendimentos e vendas de forma improvisadas, pois, já estamos acostumados ao uso dos equipamentos eletroeletrônicos. Nem todos estão preparados para voltar a trabalhar como se trabalhava em décadas passadas.

Aqui em casa também fomos atingidos. Eu por não ter como fazer os atendimentos, nem concluir os que estavam sendo realizados. Minha esposa não pôde terminar de lavar as roupas da casa. Meu filho Pedro foi dispensado da escola por falta de condições mínimas em sala de aula.

Bem! Como disse o ministro: foi uma queimada numa fazenda no interior do Piauí. Tá explicado!