“Os alunos não serão prejudicados…”

No Jornal Nacional da rede Globo, passou uma noticia das greves dos professores, se não me engano, no Rio de Janeiro, e uma das entrevistadas, ao defender os grevistas deu uma declaração, que na minha opinião é no mínimos um escracho com os pais, alunos e todos os não participantes da greve.

Segundo a mesma, nenhum aluno será prejudicado por que os professores estão em greve a mais de dois meses. Ah! tá! Na minha opinião é que vivemos nestes dias em que os pais, não vai às portas das escolas para reclamar, para protestas contra os tais grevistas. Eu me lembro do dia que voltamos do portão da escola com um bilhete a nossos pais, em que se explicava os motivos pelos quais não teriamos aulas aqueles dias. Minha mãe e quase todas as mães do bairro desceram avenida abaixo e foram lá protestar contra a greve dos professores, que durou, somente aquele dia.

Hoje não! Quem tem direito a greve, fazem-na, prejudicando a todos nós, e fazem como esta senhora. Na TV, nas rádios e para blogues dão entrevistas dizendo tais coisas absurdas. “Ninguém será prejudicado” – Pode ser que irão, como sempre facilitar mais ainda a vida dos alunos, passar pesquisas, fazer atividade extra-classe, entre outras atividades. No mínimo o prejuízo de conteúdo já está garantido. O mais é só contar.

Por fim vem o ministro do STF e garante salário para todos os que não estão trabalhando… bem, ai a festa está garantido. Está cada dia pior este país, em que, os grupelhos ganha seus rendimentos sem suar. Sei que há professores que merecem melhorers salários e melhores condições de trabalho, disponibilidade de recursos diversos. Por outro lado, jamais vivemos tal época, em que por mais que existam meios e condições de se ensinar, transmitir conhecimento, fazer com que se saiba ler, escrever, interpretar, contar, calcular, saber geografia, filosofia, ciências … e no entanto, é de espantar a quantidade de jovens que saem das escolas sabendo menos do que minha mãe que estudou até a quarta série do ensino fundamental.

Lamentável.

Economia: Veja o Brasil e os EUA na mesma página

Este é daqueles post sarcástico. Veja por você mesmo a situação da economia brasileira, que faz parte do tal BRICS, e, que está no MERCOSUL, e que tem Dilma como presidente, Guido Mantegna como o todo poderoso. A crise mundial ainda afeta, evidente, o mundo! Há crescimento raquítico mundo afora. No entanto, o Brasil, que tem grande potencial patina em várias áreas. Não tem investimento, não se aprofunda em reformas necessárias. Só tem dinheiro para copa de 2014, direcionado para construção de estádios, 1000.G para o período da copa, aeroportos e tudo mais.

Sim! eis a imagem da página em que a Economia brasileira aparece lado a lado com a economia dos Estados Unidos.

brasil-eua

O texto tem este título: Economia dos EUA cresceu a um ritmo de 2,4% no primeiro trimestre. Eis o link ai no texto, mas, pode ser que ao chegar lar, o quadro à esquerda tenha mudado.

Esta semana, aliás, ontem, dia 29/05/2013, meu amigo Eddie Santana me contou sobre um dialogo que teve com um cliente sobre o valor de um serviço. Eis o dialogo:

Cliente: Seu serviço está caro hein? No ano passado, você me cobrou R$ 20,00. O que justificou aumentar para R$ 30,00?

Eddie: Ah! isto ai, foi antes de um quilo de farinha custar mais que um quilo de feijão. E quando o que a gente ganhava dava para pagar as contas do mês.

Não estáÉ isto ai! A inflação está sendo ensinada a esta geração que não sabiam o que era, nem como se vivia antes das mudanças na economia feitas por Itamar Franco, FHC e pela equipe do Banco Central na década de 90.

Quando se misturam politica, religião e teses teologicas… tudo se complica!

A frase nem foi tuitada esta semana, no entanto, retornou ao foco e aos comentários políticos por que o o Pastor Feliciano foi indicado, e hoje, 07/03/2013 foi confirmado como presidente da Comissão de Direitos Humanos.

Sobre a frase: “Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé” … bem! O que posso dizer é que estudei isto quando estudei teologia no IAENE, lá nos anos 89 a 92. E o que é que há de estranho na frase do Feliciano? Para mim nada! Afinal esta tese estudei na matéria do curso chamada: Teologia Sistemática. Tivemos que analisar várias interpretações e varias teses sobre a dita Maldição que Noé lançou sobre Cam o seu filho, e que é pai de Canaã. Para não restar dúvidas eis o que diz o texto em Gênesis. Nem vou entrar no fato de o Marco Feliciano ter errado quanto a descendência e formação de nações.

Um dia Noé bebeu muito vinho, ficou bêbado e se deitou nu dentro da sua barraca. Cam, o pai de Canaã, viu que o seu pai estava nu e saiu para contar aos seus dois irmãos. Então Sem e Jafé pegaram uma capa, puseram sobre os seus próprios ombros, foram andando de costas e com a capa cobriram o seu pai, que estava nu. E, a fim de não verem o pai nu, eles fizeram isso olhando para o lado. Quando Noé acordou depois da bebedeira, soube do que Cam, o filho mais moço, havia feito. Aí Noé disse o seguinte: “Maldito seja Canaã! Ele será escravo dos seus irmãos, um escravo miserável.” E Noé disse mais: “Bendito seja o SENHOR, Deus de Sem, e que Canaã seja seu escravo. Deus faça com que Jafé tenha domínio sobre muitas terras, e que os seus descendentes morem nos acampamentos de Sem. E que Canaã seja escravo de Jafé.”

No curso de teologia em que participei, a tarefa passada pelo professor de Teologia Sistemática era sabermos quantas e quais eram as principais teorias e interpretações. Conhecer. E  saber suas origens. Saber explicar e saber esclarecer sobre tais temas. E, de onde saiu a ideia de que os Africanos são amaldiçoados? De uma má interpretação de texto, de uma confusão de ideias e associação errônea de fatos e eventos, como por exemplo, associar maldição com cor de pele, e associar “escravo miserável” com a escravidão que existiu. Ou seja, tudo sem ligação e sem explicações lógicas e plausíveis.

A posição do Marco Feliciano estava lá entre as teses estudadas. E, pelo que lembro, a teoria de que o continente africano seja amaldiçoado por Noé, não tem base bíblica, teológica, cristã, clerical, nem nenhuma outra base no texto. Assim, afirmo, que o Marco Feliciano está apenas tomando como verdade uma tese, afinal, desta mesma situação há outra tese e outras especulações como por exemplo: Noé ficou irritado e amaldiçoou Cam por tê-lo visto nu?

Alguns mais, como posso dizer, criativos, de imaginação fértil diz que ai existe de fato uma relação homossexual e que o que Cam fez, foi não apenas ter visto Noé nu. Afirmam  que “vê nu” é uma metáfora, para relação sexual homossexual. Esta semana isto voltou ao noticiário e ao debate por que o Marco Feliciano que é pastor, e que, ao que me parece assimilou apenas uma das várias teses sobe a maldição de Noé, foi nomeado presidente da CDH (Comissão de Direitos Humanos).

Também não me foi estranho o comportamento de outros grupos: protestaram e brandiram contra o pastor deputado e suas teses e posições teológicas. O acusou de homofóbico e racista. Para mim isto é fumaça. Não vi tais movimentos protestando contra o Renan Calheiro. Pelo contrário, muitos deles estavam lá apoiando-o. Não os vi deitados nos corredores, como fizeram hoje. Veja aqui.

deitados

Não vi tais movimentos protestarem contra João Paulo Cunha, José Genuíno (condenados pelo STF)  na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara e também do Paulo Maluf; muito menos vi, li ou ouvi algum deles dizendo que agora o Brasil ficará capenga quanto à Constituição, Justiça e Cidadania, e não há noticias deles fazendo tais eventos de protesto. Afinal, se, por causa da nomeação e confirmação do Marco Feliciano para a CDH indica morte e dificuldades para os grupos GLSBT e negros e outros grupos minoritários também é verdade os demais que sofreremos muito mais, como já estamos sofrendo faz mais de dez anos.

Estamos nas mãos destes grupos que defende minorias e ideias estrambólicas tanto quanto a posição do Marco Feliciano. Não vejo muita diferença entre um extremo e outro extremo. Parece-me, e não há respeito às opiniões, as expressões. Querem impedir, cercear os direitos dos outros. Se tornam arbitrários, totalitários, e cassam os direitos dos outros. Tem o direito de protesto, de reivindicar, reclamar, espernear, mas, sem tolher o direito dos demais.

Fica-se com a impressão de que a Comissão de Direitos Humanos seguirá as teses teológicas do Marco Feliciano. Se sim, bem! Ai, teremos problemas. Pois, como teólogo, ele defende teses não comprovadas, teses que não tem comprovação e sabe-se que alguém para provar uma argumentação tendenciosa usou tal história para justificar ideias e atitudes torpes. Foi numa época, em que, para se ter razão e adeptos bastava dizer: assim diz a Bíblia, mesmo que a Bíblia nada diga a respeito. Como é o caso, de confundir e iladir que “escravo miserável” seja igual a ser negro, nascer na África. E vou além. Recentemente, um outra pessoa, não famosa, nem politica, me disse o seguinte: “Quando uma pessoa ruim morre, como por exemplo, um assassino, um estuprador – ele reencarna nalgum país da África” – Que ideia torpe e idiota. Mas, vou dizer que isto nasceu e está na Bíblia? De jeito algum! Mas, sei, que este sujeito, pensa assim, e que ele lê a Bíblia. Mas, sem relação entre os fatos.

Resumindo: está cada vez mais difícil acreditar, aceitar, entender, se interessar pela política. E quando se acha um pastor, deputado, teólogo que resolve misturar Politica e Religião… bem! ai, é que tudo fica mais complicado.

Prefeito eleito de Irecê 2013: Luizinho Sobral

A primeira pesquisa eleitoral registrada e divulgada em Irecê, apontava para vitória de Luizinho Sobral com 52,5% na modalidade espontânea. Nas urnas, o número não foi confirmado, mas, a vitória foi confirmada.

Nunca omiti minhas convicções políticas. Se é do PT, tenho sido contra! É que nunca concordei como eles administram a coisa pública. E espero que o Luizinho Sobral faça uma boa administração, pois, senão, na próxima eleição, votaremos em outro candidato.

A partir de 01 de Janeiro de 2013, Irecê, terá novo prefeito. Terá nova administração. Foi assim que o povo quis. Vamos ver se acertamos no voto.

Politica: O tiririca estava errado!

Na campanha para deputado o palhaço nacionalmente conhecido como Tiririca fez graça e foi eleito com o bordão:

– Vote no Tiririca, pois, pior do que tá não fica!

Eis que hoje recebo por e-mail a campanha da candidata a vereadora: a Mulher Pêra. Eis abaixo a imagem:

Não é gozação de minha parte. A imagem acima eu copiei do site da candidata aqui: Mulher Pêra. E tem também as propostas da candidata que são estas abaixo.

E aquele ZERO no lugar central, de fato, é sugestivo ao eleitor! E as propostas listas então! Um zelo!

 

Diferenças entre inteligentes e ignorantes com iniciativas!

Não é um texto inédito. Eu já o havia recebido antes. Mas, esta versão do texto foi ligeiramente modificado para as eleições municipais que ocorrerão daqui a alguns dias. Eu reproduzo abaixo.

Dizem que Napoleão Bonaparte classificava seus soldados em quatro tipos:

  1. Os inteligentes com iniciativa;
  2. Os inteligentes sem iniciativa;
  3. Os ignorantes sem iniciativa e
  4. Os ignorantes com iniciativa.
  • Aos inteligentes com iniciativa, Napoleão dava as funções de comandantes gerais … estrategistas.
  • Os inteligentes[bb]sem iniciativa, Napoleão deixava-os como oficiais para receberem ordens superiores … para cumpri-las com diligência.
  • Os ignorantes sem iniciativa, Napoleão os colocava na frente da batalha[bb]buchas[bb]de canhão, como dizemos.
  • Os ignorantes com iniciativa[bb], Napoleão os odiava e não os queria em seus exércitos.

 

  1. Um ignorante com iniciativa é capaz de fazer besteiras enormes e depois dissimuladamente, tentar ocultá-las.
  2. Um ignorante com iniciativa faz o que não deve, fala o que não deve, até envolve-se com quem não deve e depois diz que não sabia.
  3. Um ignorante com iniciativa faz perder boas ideias, bons projetos, bons clientes, bons fornecedores, bons homens públicos.
  4. Um ignorante com iniciativa produz sem qualidade, porque resolve alterar processos definidos e consagrados.
  5. Um ignorante com iniciativa é, portanto, um grande risco para o desenvolvimento e o progresso de qualquer empresa e governo.
Não precisamos deles, nem Napoleão os queria. Você identifica em sua vida, em sua empresa e no governo os quatro tipos de soldados de Napoleão? E o que faz com cada tipo?

Você sabe livrar-se dos ignorantes com iniciativa? Faltam meses para as eleições municipais!

Este é o momento certo de aprender a fazer tais diferenças.

[lomadeewpro category=’3482′ keywords=’politica, tucanos, petralhas, partidos, eleições’]