Conheça as mulheres que ganham mais de R$ 6.000,00 de Bolsa Família por ano em Irecê

Na última semana do ano de 2015 fui à cidade de Central, que, dista uns trinta quilômetros de Irecê. No trajeto à Central, o meu amigo Fernando quis argumentar sobre a importância da ajuda que o governo concede aos pobres da região. Quis e insistiu na afirmação de que, a cidade e a região de Irecê é carente e dependente dos recursos do governo federal. Segundo a opinião e ótica dele, a nossa cidade e região, só tem sobrevivido a situação por causa, na ordem abaixo listada:

  1. Salários dos aposentados, por meio do qual, é injetado mensalmente milhares de reais;
  2. Bolsa família, por meio do qual, é injetado mensalmente outra quantidade de reais;

Eu discordei, pois, é uma visão pobre e distorcida da nossa cidade e de nossa região. Porém, é esta visão que políticos de esquerda espalham na cidade e na região, com o fim último de reforçar a dependência da região dos recursos federais, bem como, reforçar a necessidade de continuar a votar na corja que está no poder, como que, se deixarem de votar nesta gente, fosse o último prego do caixão de nossa região.

Nada mais falso e mentiroso. A força motriz econômica da cidade e da região não depende exclusivamente do dinheiro dos aposentados, tão pouco, a cidade e a região é tão dependente do recursos do bolsa família.

É falsa a informação de que dependemos exclusivamente dos rendimentos dos aposentados. Faço trabalho para, pelo menos cinco empresas ligadas ao ramo do empréstimo consignados, e a constatação é de que a classe operária aposentada da região está com pelo menos 35% de sua renda comprometida com diversos empréstimos.

E, pior! Não pagam os empréstimos tomados, e vivem renegociando as dívidas, refazendo empréstimos. Estão endividados, e, outra! Por esta realidade, grande parte dos recursos, nem chegam a região, pois, são descontadas em folha por todos estes grandes bandos, digo, bancos, envolvidos no empréstimo consignado.

Quanto ao Bolsa família, bem, sobre isto posso garantir, que mês a mês, ao contrário do que se esperava, pensava e planejavam, a pobreza não diminui, só aumenta, ou, tem aumentado o assistencialismo. Catástrofe social e pobreza extrema em Irecê que justifique mais de oito mil famílias recebendo Bolsa Família, penso eu, não há.

Os últimos três meses a folha de pagamento do bolsa família em Irecê foram:


8191 famílias em novembro de 2015.


8266 famílias em dezembro de 2015.


8234 famílias em janeiro de 2016.

Milhares de brasileiros suspeitamos que o Bolsa Família não é mais necessário para combater a pobreza, e a extrema pobreza. É fato, que conhecemos pessoas que não necessitam do benefício e recebe, e há, os que necessitam e não recebem. O programa tornou-se mesmo assistencialista, paternalista e transferência de recursos com fins últimos de curral eleitoral.

A Caixa Econômica lista o nome das pessoas que tiveram o Bolsa Família liberado e que os pagou. No site da transparência, se pode obter os nomes das pessoas e os valores que elas receberam mensalmente e no ano. Eu cruzei os dados para saber quem são as famílias que mais recebem e quanto recebem, e quantos filhos tem cadastrado no sistema.

São dados públicos e disponibilizados pelos órgãos e entes governamentais. Eis abaixo, a imagem com as 15 (quinze) beneficiárias mais bem remuneradas pelo Bolsa Família de Irecê no ano de 2015.


Acima está o quanto cada uma destas pessoas receberam do Bolsa Família de Janeiro a Novembro de 2015. A primeira da lista recebeu R$ 617,00 mensais, ai, me bateu a curiosidade para saber quantos filhos esta pessoa tem listado no Cadastro e fui na lista de beneficiários da Caixa Econômica e eis abaixo a listagem:


Maria Zélia teve gêmeos. Aliás, gêmeos na listagem do Bolsa Família, se for verdade, Irecê é um caso de investigação cientifica, para saber por que nasce tantos gêmeos por aqui.

Próxima!


Maria Aparecida não tem nada de mais. Apenas e tão somente gostaria de entender a mistura que há nos nomes das crianças, e, posso deduzir que são filhos de pais diferentes, então, nomes diferentes. E, sim! Ela tem seis filhos. Quem é que confere? A terceira no entanto, é mais do que curioso. Segundo os registro do Bolsa Família, esta senhora teve filho quatro meses após ter parido. Eis abaixo os dados.


A senhora Clemides não tem gêmeos! No entanto, teve o primeiro filho aos 39 anos. Aos 43 anos teve um filho no mês de abril e 125 dias ou quatro meses depois, teve outro filho. Não te deixou impressionado? Ela repetiu o feito! Em 2006 no mês de abril teve um filho. Seis meses depois teve outro. E finalmente em 2010, aos 49 anos de idade teve seu último filho. Exceto, se ela for a avó destas crianças. (???) Se isto não te admira, espanta ou desperta suspeitas, bem, há registros no arquivo de mulheres do ano de 1931, 1932, 1939 tendo filhos com mais de 60 (sessenta) anos, aliás, a que nasceu em 1931 segundo os dados teve filho aos 69 anos de idade. Que assombro!

Valdirene teve gêmeas.


Este caso abaixo apontado eu não sei entender ou não sei uma explicação. Veja por você e se tiver uma ideia me explica!


Eu deduzo que ela tem oito filhos. Não sei o motivo da repetição de Maria Cecilia e de Maria Heloiza. No entanto, se sabe que são gêmeas.

Você pode pesquisar no seu município e constatar por você mesmo como é que o Bolsa Família é utilizado. Há muito tempo que esta coisa deixou de ser um programa de assistência social, de amparo e combate à pobreza e à extrema pobreza. Em uma hora de pesquisa e relacionamento de dados, sem utilização de software, sem cruzamento automático de dados, é possível fazer descobertas desconcertantes em relação ao Bolsa Família.

Nos exemplos acima citados, entre as pessoas que receberam mais de seis mil reais no ano de 2015, a renda mensal destas famílias, apenas do Bolsa Família quase se equipara a de um trabalhador que ganha salário mínimo na carteira, afinal, a diferença é de apenas R$ 108,00 (cento e oito reais). Para um trabalhador tal realidade é desanimadora, pois, percebe-se que o indivíduo que é assistido pelo programa do governo, sem nada fazer, tem renda equiparada à sua que dedica horas diárias, semanais, mensais, e tem que seguir horário, bater ponto, seguir regras, pagar sindicato, INSS, FGTS, e tudo mais. Desanima mesmo tal situação. A impressão que fica, é que, se valoriza mais estas pessoas em detrimento a estas outras.

Finalizando, e retornando ao inicio do texto, meu amigo insistiu para que eu entendesse que este é o melhor caminho: o Estado sustentar estas pessoas pobres, necessitadas. Foi quando passamos por um senhor puxando um enorme carroça com produtos a serem reciclados. E, eu perguntei a ele:

– Você sabe quanto este homem ganha vendendo estes produtos?

Ele quis sair pela tangente puxando o papo da dignidade, da insalubridade, dos perigos de materiais perfurantes, cortantes, a contaminação, e que não era uma atividade salutar…

– Tá! Mas, quanto é que ele ganha ajuntando materiais reciclados? Por que ele prefere catar lixo nas ruas a ser assistido pelo governo?

Ele ficou espantado em saber que um sacolão de latinhas de cervejas quando vendidos nas recicladoras chegam ao valor de cerca de 150,00 e que muitos catadores ajuntam mais de três sacolões por semana, o que, lhes confere renda semanal que até ultrapassa o valor do maior bolsa Família pago em Irecê em 2015.

O catador que passava aqui em nossa rua, disse-me, que prefere ajuntar lixo a depender do governo, que, somente gente preguiçosa – nem todos evidentes – é que insistem em ser assistidas pelo governo. Disse mais! Eu não tenho estudo “seu menino”, mas, ganho o suficiente para pagar minhas contas, comprar tv boa, ter computador em casa, tudo comprado no carnê do Armazém Paraíba; tudo pago com o suor de meu rosto, catando lixo que vocês jogam fora.

Para concluir minha argumentação disse a ele: hoje Nando, pessoas sobrevivem até do lixo que descartamos, e vivem com dignidade, hombridade, trabalho, suor e determinação. Já estamos em uma época, que, quem não saiu da extrema pobreza, bem, eles necessitam de apoio, mas, não do Bolsa Família. Não mais!


Critério para participar do SISUTEC 2013

criterio-sisutec.png

Tem gente que lê isto acima e vai pensar que eu estou inventando isto. Veja aqui neste link: Inscrições para últimas vagas no Sisutec vão até o dia 16 de setembro. Ao invés de exigir dos alunos que alcance uma determinada nota para entrar no programa de qualificação, faz-se o contrário. Não é necessário ter boa nota na redação. Não faz muito tempo o contrário era exigido; faz pouco tempo em que, para cursar qualquer tipo de curso, vestibulares, e etc, era necessário ter média superior a seis, nas matérias bases: matemática, português, história, ciência, geografia, línguas, etc.

O que há de semelhante entre o Avast Antivirus e a presidente Dilma?

É só um  gracejo! Para alguns uma comparação irrelevante e sem sentido. Mesmo assim, faço-a no intuito de registrar a comparação. Veja bem o que une ambos.

O governo Dilma está sob forte critica e constante movimentos de descontentes. E o que anda fazendo a presidente? Não muita coisa para resolver as questões. Sei que na semana passada, no blog do planalto, ela desandou a listar milhares disso e daquilo. Veja abaixo a lista dos números e explicações que a presidente deu num dos programas: Café com a presidente

  • 1,250 milhão de jovens estão fazendo os cursos técnicos oferecidos pelo Pronatec;
  • Cursos de qualificação profissional, que já receberam 2,750 milhões de matrículas
  • O Pronatec alcançou a marca de 4 milhões de matrículas em cursos técnicos e de qualificação profissional
  • 572 mil pessoas que recebem o Bolsa Família ou que estão inscritas no Cadastro Único do governo já se matricularam para fazer um curso de graça
  • Vamos ter 208 novas escolas até o final de 2014. Dessas novas escolas, nós já temos 94 funcionando.
  • Uma outra coisa muito importante, Max, o Senai está construindo 53 novas escolas por meio de um financiamento do BNDES.

Você pode encontrar mais aqui: Café com a presidenta

É típica a atitude deste povo que está no poder apresentar números e mais números, como que, insistindo na tese de que não se sabemos comparar quantidade versus qualidade. Propor projetos, fazer reuniões, dar declarações estapafúrdias.  Veja na lista, que até número de matriculados é contado como vantagem.

Na turma de informática do IFBA, campus Irecê, nos últimos anos tem tido em média 40 alunos matriculados, e o número de concluintes? Da primeira turma, o total de alunos concluintes são 8. Da segunda turma, 5. Isto mesmo! Se é esta a tendência, dos 2,5 milhões… é só fazer o calculo para saber: 5% a 10% do número concluirão o curso.

Tá! E onde entra o Avast?

Sim! O Avast! Entra agora. Veja se não é uma ação semelhante! Tive que desinstalar o Avast Antivírus de um computador infectado com o vírus Sality.xx. E, no instante da desinstalação, eis a tela de apelo que me apareceu:

avast e dilmaNão é uma graça! O computador está infectado. O antivírus (versão gratuita) não deu conta do serviço, e agora que vou removê-lo, o mesmo, me mostra números. Números Avast! Eu queria que você eliminasse os vírus, não lê números estatísticos.

Menos Dilma! Menos Avast! Façam mais!

O caos tomando conta do país, e Dilma? Diz o marqueteiro, que ela estará ótima em 4 meses

Imagem 008Esta foi a imagem que me apareceu no aplicativo de noticias do Windows 8 esta manhã de quarta-feira sobre politica Nacional. Agora, nove horas de pois de ler a noticia resolvi comentar.

Vejo nesta matéria a mesma Dilma de antes das manifestações e das reclamações em praças, e em frente aos estádios, as vaias nos jogos, o quebra-quebra geral por aqueles que aproveitam tais eventos para fazer o que gostam e fazem com prazer: destruir, depredar, e ainda mais, ocultados pelas multidões, e acobertados pelos movimentos.

Pois bem! Acontece que a ela nunca me convenceu de ser o que a propaganda diz que ela é. O PT nunca me foi um partido político de confiança e que representasse meus ideias republicanos e democráticos. E a matéria ilustrada pela imagem acima pode ser lida aqui neste link: Dilma se recupera em 4 meses.

Isto ai, é a preocupação deste povo.

  • O país indo a bancarrota;
  • O descalabro social aumentando;
  • O descontentamento com os serviços públicos aumentando;
  • A inflação acima do previsto;
  • Tendência de aumentar o desemprego;
  • Indústria indo para o buraco;
  • Grandes empresários indo à falência;
  • Corrupção ativa, passiva, políticos usando e abusando das benesses do tesouro;
  • O PIB uma merreca;
  • Reclamação pelas obras da copa, e falta de obras essenciais ao povo;

Só para listar estes ai. E o que é que a presidente eleita fez?

  1. Propôs uma constituinte exclusiva – Avisaram e reclamaram do destrambelho, voltou, desdisse o que disse, e disse outras coisas – sem relação alguma com as reclamações de nós brasileiros, evidente que deve pensar: são os outros que não votaram em mim.
  2. Listou umas coisas a serem feitas pelo congresso, que, cá para nós, foi, e é uma tentativa, de dizer à população: “estou tentando mudar as coisas” – Mas, o que, em que, ou, qual é a relação dos itens propostos para o plebiscito com as reclamações das ruas?
  3. A real mesmo, é que a matéria é verdadeira. Enquanto o Brasil reclama de tudo isto acima listada, e muito mais, a presidente faz o que ninguém pediu, tomou posição que não resolverá nenhuma das coisas reclamadas e reivindicada;
  4. Por fim, ela e sua equipe estão mesmo é preocupados com a imagem, com a queda nas pesquisas, na recuperação de sua popularidade, e, que quer, em breve posar de solucionadora do caos social, com propostas equidistantes.

No fim das contas, a ideia que fica para mim, que quem governa o país, é o marketing e a propaganda. É que tenho dito desde o governo Lula: eles são ótimos em propaganda e marketing.

Se ela vai estar bem na fita em quatro meses, eu não duvido não! Faz pouco que eles afirmaram que “fariam o diabo”… sei lá o que farão neste período! Sei que é bem capaz de inventarem um monte de coisas, alavancarem números, promoverem percentuais, liberarem verbas.

Só não sei como é que irão melhorar de fato: educação, saúde, infraestrutura, segurança, combate às drogas, melhorar a economia, baixar a inflação, aumentar o PIB… é bem possível que se faça anistia das dívidas de todos os brasileiros endividados, dê desconto de 50% para todos os aposentados que estão com a corda no pescoço com tantos descontos na aposentadoria, dê casas, carros e mobílias.

Ah! mas, parte desta lista foi alvo de protestos… Eu não duvido que consigam, mas, estou achando tudo muito difícil e muito próximo. Em quatro meses? Vamos esperar!

Mas, que as propostas de reforma politica nada tem a ver com os alvos dos protestos, isto não tem!

Propostas do Governo aos prefeitos e governadores para melhorar o transporte público e privado

Depois de tantas reivindicações por melhorias no transporte público, na saúde, na infraestrutura, na educação, reclamação direcionadas aos poderes legislativo e executivo tem tomado corpo e forma.

Eis abaixo algumas ideias que estiveram em pauta na reunião entre a presidente e os prefeitos e governadores.

Que tal começarmos por  este projeto concebidos em filmes de sucessos. transportes-quinto-elemento
Esta imagem acima é do filme: O quinto elemento. E, foi debatido entre eles as possibilidade de se implantar nas grandes cidades e capitais, tal modelo. Assim os carros pequenos transitariam nas pistas de cima, liberando as pistas terrestres para ônibus, metrôs, caminhões e outros veículos grandes.

O debate foi acirrado! Afinal, haverá grande custo para se produzir os carros com tais capacidades, e, terá que mudar a legislação para habilitação, pois, agora, terão que ter CNH e licença para voar. Por outro lado, haverá incentivos fiscais para a indústria automobilística, para as ciências e tecnologias para se começar logo a produção de carros com tais condições, bem como, a Petrobrás, já está empenhada em fornecer um combustível próprio, afinal, será um grande problema sair por ai vasando óleos e combustível.

Os cientistas presentes se comprometeram a construir pistas eletromagnéticas. Como vimos nos filmes de ficção:  Minority Repor além de pistas como esta abaixo na imagem, lembrar que, os carros saem das garagens dos edifícios na horizontal.

 

minority-report

O filme Total Recall também aposta neste conceito de transporte para o futuro. Veja o conceito na imagem abaixo.

total-recall-concept-art-7

O empecilho de todas estas propostas futuristas, é que, todos elas privilegiam o  transporte individual e não o transporte coletivo. E, o governo da presidenta está procurando soluções para o  transporte coletivo, então, apontaram para ela estes exemplos, que, na prática não será realizado, afinal, como  está escrito nas diretrizes do seu governo: “Será continuado o programa que objetiva dotar as cidades de transporte coletivo eficiente, expandindo o metrô nas principais cidades do País.” – No entanto, como não havia programa a ser continuado, nada foi feito.

E o governo continuará a procurar nos conceitos e na inspiração de filmes a solução para o problema do transporte público nas grandes cidades. Ao menos temos uma certeza: está procurando no ambiente correto: em filmes de ficção cientifica e futuristas.

 

DF – onde bebê nasce no chão, festeja estádio de mais de 1 bilhão.

A imagem abaixo foi o destaque no Esportes Bing. Eu estou reproduzindo a imagem abaixo, com os créditos encontrado, bem como, este link para você ler o texto: DF – onde bebê nasce no chão, festeja estádio de mais de 1 bilhão.
futebolesaude
Mauro Cezar Pereira, blogueiro do ESPN.com.br – espn.com.br – ‎segunda-feira‎, ‎28‎ de ‎janeiro‎ de ‎2013
Reproduzo com a mesma indignação. Sem surpresas. Afinal, o que esperar destes homens que lutaram pelo comunismo, quiseram implantar o comunismo no Brasil, e hoje, dizem que são os heróis da nossa democracia?
E, o pior, é que obtiveram a maioria dos votos válidos nas eleições!