Diferenças entre inteligentes e ignorantes com iniciativas!

Não é um texto inédito. Eu já o havia recebido antes. Mas, esta versão do texto foi ligeiramente modificado para as eleições municipais que ocorrerão daqui a alguns dias. Eu reproduzo abaixo.

Dizem que Napoleão Bonaparte classificava seus soldados em quatro tipos:

  1. Os inteligentes com iniciativa;
  2. Os inteligentes sem iniciativa;
  3. Os ignorantes sem iniciativa e
  4. Os ignorantes com iniciativa.
  • Aos inteligentes com iniciativa, Napoleão dava as funções de comandantes gerais … estrategistas.
  • Os inteligentes[bb]sem iniciativa, Napoleão deixava-os como oficiais para receberem ordens superiores … para cumpri-las com diligência.
  • Os ignorantes sem iniciativa, Napoleão os colocava na frente da batalha[bb]buchas[bb]de canhão, como dizemos.
  • Os ignorantes com iniciativa[bb], Napoleão os odiava e não os queria em seus exércitos.

 

  1. Um ignorante com iniciativa é capaz de fazer besteiras enormes e depois dissimuladamente, tentar ocultá-las.
  2. Um ignorante com iniciativa faz o que não deve, fala o que não deve, até envolve-se com quem não deve e depois diz que não sabia.
  3. Um ignorante com iniciativa faz perder boas ideias, bons projetos, bons clientes, bons fornecedores, bons homens públicos.
  4. Um ignorante com iniciativa produz sem qualidade, porque resolve alterar processos definidos e consagrados.
  5. Um ignorante com iniciativa é, portanto, um grande risco para o desenvolvimento e o progresso de qualquer empresa e governo.
Não precisamos deles, nem Napoleão os queria. Você identifica em sua vida, em sua empresa e no governo os quatro tipos de soldados de Napoleão? E o que faz com cada tipo?

Você sabe livrar-se dos ignorantes com iniciativa? Faltam meses para as eleições municipais!

Este é o momento certo de aprender a fazer tais diferenças.

[lomadeewpro category=’3482′ keywords=’politica, tucanos, petralhas, partidos, eleições’]

O momento do voto

Eu e Kátia já votamos. As sessões em que votamos estavam com poucos eleitores, mesmo assim, havia sessões com filas enormes. Os motivos foram muitos e diversos.

Motivo 1

Uma eleitora que não viu a imagem do seu candidato fechou a sessão até que o juiz eleitoral acompanhado de três policiais militares chegou para resolver a situação.

Motivo 2

Noutra sessão teve um eleitor que fez questão de impedir outro de votar sem apresentar um documento “OFICIAL” com foto. Teve um inicio de tumulto. Gritos, alteração de humores, e finalmente o cumprimento da lei.

Motivo 3

Uma fiscal resolveu ligar o celular dentro da sessão, a menos de quatro metros de distância da cabina com a urna. Ai, dona Kátia abriu o verbo.

– Ei querida, você não pode usar celular aqui dentro não. Se eu como eleitora não posso trazer e deixar ligado, você que é fiscal de sessão é que não pode mesmo.

– Eu liguei agora!

– Não me importa a hora que você ligou. Você não pode é ligar!

Quando o clima estava esquentando o responsável pela sessão pediu a fiscal para desligar o celular ou sair do ambiente.

Antes do voto

Antes de entrar para votar ocorreu um dialogo interessante no pátio da escola e lá estava eu, olhando, testemunhado e agora registrando.

– Quem é seu Deputado Estadual?

– Luizinho Sobral.

– Ah! Ele não tem voto pra se eleger não. Ele não vai ganhar de jeito nenhum.

– É nele que eu voto. Em candidato do PT querida,  vota quem ganha bolsa família, pessoas que nem sabe digitar a senha do cartão do bolsa família, imagine se vai saber esse tanto de número.

A mulher calou a boca num instante. E, a outra mulher saiu rebolando, como que fazendo pouco caso. Depois, ela levantou-se, visivelmente envergonhada. Não sei se o semblante dela expressava essa vergonha por ser bolsista ou pela reação da outra mulher. O fato é que ela ficou desconcertada.

Eu já votei! Agora, torço para haver segundo turno ao menos para presidente

Certas mentiras todos sabem, e várias verdades são esquecidas

O filho mais velho de minha esposa, que insiste em afirmar que eu sou o pai, as vezes me questiona sobre certas objetos e para que serviram. Ainda ontem, ali no portão havia uma fita cassete no chão. Ele pegou e me perguntou o que era aquilo e para que servia. Ele ficou admirado em saber um pouco sobre o uso da fita cassete.

Há tantos objetos que caíram em desuso, e que, quem nasceu por exemplo em 1995, o caso dele, não sabe o que é e para que existiu. Nestes últimos 25 anos não só objetos sumiram. Já existe uma geração que não sabe o que é muitas coisas, objetos e desconhece por completo palavras e costumes. Há uma história recente brasileira que ainda não é bem escrita e lembrada.

Em 1988 eu vivia os meus 20 anos. E eu trabalhava para uma família lá em Nanuque. Minha carteira de trabalho era assinada pela Prefeitura Municipal. E eu recebia mensalmente meu salário na boca do caixa da prefeitura. E abaixo, mostro a realidade salarial, e por tabela, a situação econômica do país em 1988.

fevereiro-1988

Em primeiro de fevereiro de 1988 foi feita a mudança no salário que eu receberia no mês. O valor de CR$ 5.280,00 (cinco mil e duzentos e oitenta cruzados) foi o salário do mês 02, que eu recebi em 01/03. Não imaginem que eu ganhava bem. Não mesmo! Este era o salário mínimo daquele mês.

marco-1988

Já em 01 de março de 1988 meu salário foi reajustado para CR$ 6.240,00 ( Seis mil duzentos e quarenta cruzados) Um aumento de 18,18%

abril-1988

Já no mês seguinte, Abril de 1988 o reajuste foi menor. Isto quer dizer que naquela época a inflação tinha sido de 16,35%.

Estes reajustes salariais não apenas aumentavam os salários, eles também indicava de quanto havia sido a inflação no mês. No mês de maio de 1988, tive um aumento de 20,00% .

Vejam que o setor responsável por manter as atualizações em carteira tinham trabalho de sobre hein? Enquanto isto, os salários compravam cada vez menos. Para simplificar e não ter que inserir tantas imagens, abaixo uma só imagem de uma planilha que ilustra aquela época em sete meses do ano de 1988.

aumento-salarial

Meu filho quando viu os números disse-me:

– Paiiiinho! tu ganhava muito mais naquele tempo do que hoje! – Ele ficou impressionado com os valores: cinco mil, seis mil, sete mil, oito mil, dez mil, doze mil, quinze mil… etc. Até é possível pensar isto mesmo!

Em tão pouco tempo tamanha diferença de informações. Em tão pouco tempo tantas transformações. Em tão pouco tempo tantas histórias diferentes e esquecidas, modificadas, atropeladas.

Quem nasceu no ano 2000 por exemplo, nem sabe que um dia eu e milhões de brasileiros dormíamos com o dinheiro de comprar dez pães na manhã seguinte, e voltava da padaria com apenas oito.

Mas, a realidade hoje é outra. Não me admiro em ouvi comentários desproporcionais sobre certas questões. Estava eu passando por perto do ginásio de esportes e ouvi alguns alunos conversando sobre alguma coisa, e então, um disse zoando  e em tom de seriedade e de repreensão ao amigo:

– Deixa de ser idiota! Bethovem é o nome de um filme que tem um cachorrão que só faz merda nos três filmes. Já passou várias vezes na Sessão da Tarde!

Então tá!

Neste cenário, é até difícil explicar para, pelo menos duas levas de gente, que a inflação pode voltar, que a carestia ameaça, que a estabilidade econômica só aconteceu com o plano real, que o Brasil não foi inventado em 2003. Mas, estas mesmas leva de gente sabe explicar direitinho o que foi que aconteceu nestes 25 anos.

Certas mentiras todos sabem, e várias verdades são esquecidas, sepultadas, e ou são roubadas e atribuídas a outrem!


Não se vota bem se não souber ler a situação atual!

Estou com a visão turvada literalmente. Não enxergo com facilidade literalmente. Os exames de vista só daqui a mais alguns dias. Por enquanto, estou me virando com um velho óculos que me salva nos momentos críticos e de necessidade extrema. O fato é que a capacidade de enxergar a pequenas distância não me é mais possível sem o auxilio de lentes externas.

Faz pelo menos três dias que me esforço estudando e lendo até entender o 10º Balanço do Governo Federal, em que há diversas informações dos investimentos do mesmo aqui na Bahia, e mais especificamente na região de Irecê.

E por que faço tal estudo? Simplesmente para ter argumentos, e conhecer o que de fato se faz por aqui os governos em todas as suas esferas, e assim, poder avaliar o desempenho de cada um dos entes federativos.

O Jacques Wagner resolveu neste último ano de governo e de eleição fazer algumas melhorias nas estradas da região. Algumas já foram remendadas. A BR que passa aqui em Irecê tem passado mudanças, e tem melhorado o trafego de veículos na região. A critica anterior perdeu o sentido, uma vez que vieram ampliando os serviços, que segundo informações haviam sido concluídos, e estava apenas na fase anterior a conclusão, houve apenas paralisação das obras. Uma pena as eleições serem de quatro em quatro anos. Se fosse a cada dois anos, haveriam mais obras e mais empenho. Talvez!

Neste texto vou avaliar o que entendi e pude ler no 10º Balanço do Governo sobre o PAC  na Bahia. Clique com o botão direito do mouse e clique em Salvar Como para fazer o download, e ou, clique e espere o documento abrir no seu navegador.

Além desta avaliação, estou ajuntando umas conversas e investigações sobre os cursos que o governo tem propalado em todos os meios de comunicação de massa da região sobre o PROJOVEM. Por enquanto, além dos R$ 100,00 mensais que cada matriculado recebe, não tenho ouvido elogios ao conteúdo de alguns cursos.

No10º Balanço do Governo sobre o PAC  na Bahia, a primeira citação a Irecê se encontra na página 12 e assim aparece:

  • TIPO: Petróleo e Gás Natural
  • SUBTIPO: Pesquisa Exploratória
  • EMPREENDIMENTO: Bacias Sedimentares do Irecê-Lençóis
  • Investimento Previsto 2007-2010  6,0
  • Investimento Após 2010: 3,0
  • Estágio: Ação Preparatória.

No10º Balanço do Governo sobre o PAC  na Bahia, a segunda citação a Irecê e também a região se encontra na página 18 e assim aparece no mapa ilustrativo:

pac-na-regiao-de-irece

Sobre esta obras obtemos estas informações na página 20:

  • TIPO: Recursos Hídricos Irrigação
  • SUBTIPO: Perímetro de Irrigação
  • EMPREENDIMENTO: Baixio de Irecê – Implantação
  • Investimento Previsto 2007-2010: 410,3
  • Investimento Após 2010:  –
  • Estágio: Em obras.

No10º Balanço do Governo sobre o PAC  na Bahia, a terceira citação a Irecê se encontra na página 24 e assim aparece:

  • Município Beneficiado: Irecê
  • Proponente: Embasa
  • Tipo: Ampliação do SAA na sede municipal
  • Data da Seleção: jan-08
  • Investimento Previsto 2007-2010: 31.578,9
  • Estágio: Ação Preparatória

No 10º Balanço do Governo sobre o PAC  na Bahia, a terceira e a quarta citação a Irecê se encontra na página 35 e assim aparece:

Terceira citação:

  • Município Beneficiado: Irecê
  • Proponente: Município
  • Tipo: Esgotamento sanitário
  • Data da Seleção: nov/07
  • Investimento Previsto 2007-2010: 36,5
  • Estágio: Ação Preparatória

Quarta citação:

  • Município Beneficiado: Irecê
  • Proponente: Município
  • Tipo: Melhorias habitacionais
  • Data da Seleção: nov/07
  • Investimento Previsto 2007-2010: 157,5
  • Investimento Após 2010:  –
  • Estágio: Ação Preparatória

No 10º Balanço do Governo sobre o PAC na Bahia, a quinta e a sexta citação a Irecê se encontra na página 51 e assim aparece:

Quinta  citação:

  • Município Beneficiado: Irecê
  • Proponente: Estado
  • Tipo: Provisão Habitacional – Loteamento Nobelino Dourado
  • Data da Seleção: set-07
  • Investimento Previsto 2007-2010: 1.070,2
  • Investimento Após 2010:  –
  • Estágio: Ação Preparatória

Sexta  citação:

  • Município Beneficiado: Irecê
  • Proponente: Município
  • Tipo: Provisão Habitacional – Nova Irecê
  • Data da Seleção: jan-08
  • Investimento Previsto 2007-2010: 549,5
  • Investimento Após 2010:  –
  • Estágio: Em Obra

A sétima citação é a construção de uma nova IFBA. As obras estão acontecendo aqui perto. E posso ir, e já passei por perto. O que no documento aparece no segundo triangulo vermelho abaixo, ou seja, NOVAS UNIDADES COM OBRAS EM ANDAMENTO.

pac-na-regiao-de-irece-IFBA

Estágio: Em Obra

Isto está na página 64. Na página 66 temos mais uma tabela informando de investimentos do Governo Federal na região e Irecê é a referência. Pode-se verificar o seguinte:

pac-na-regiao-de-irece-cidadania
Estas foram todas as referências relevantes e que apontam investimento do Governo Federal aqui na Bahia, e que, Irecê e ou cidade da região é citada tendo Irecê como referência.

Minhas criticas:

Segundo a tabela acima, o governo diz ter investido os seguintes valores na região de Irecê: 40,34% Concluído e 59,66% em 2010. Eu porém questiono. Se ele aplicou 40,34% em 2008 e 2009, como é que fará para aplicar o restante em apenas um ano? É possível? Sim! É possível! Mas, como é que fará? Não tenho a mínima ideia, e duvido que acontecerá.

De todas a citações a Irecê e Região, oito ao total, apenas três se diz: EM OBRAS! Ou seja, se oito são 100%, 3 é igual a mais de 27% e menos de 28%.  Isto tudo serve para efeito de informações, porém, não se deve computar Ações preparatórias como ação concluída, e ou, aceitar estas informações como que se o Governo já estivesse iniciado as obras e estando-as já em andamento. Não mesmo!

O sistema Adutor de Cafarnaum, não é uma obra iniciada neste governo de Jacques Wagner. Foi ainda do tempo do velho ACM. Esta foi mais uma ETAPA do projeto!

Analisando estes balanços se entende porque se criticam tanto o tal PAC 1 e também o PAC 2. Se entende o porque se diz que o PAC é um apanhado de obras que estavam em execução e reuniram num só programa.

O Baixio de Irecê – Ainda que tenha o nome Irecê no projeto, o projeto é tocado lá pras bandas de Xiquexique e chega até Itaguaçu. E o projeto é dividido em nove etapas, a saber:

  • Etapa 1 com 4.723 ha (em implantação);
  • Etapa 2 com 5.288 ha (em implantação);
  • Etapa 3 com 4.834 ha (em projeto);
  • Etapa 4 com 4.480 ha (em projeto);
  • Etapa 5 com 6.137 ha (em projeto);
  • Etapa 6 com 6.315 ha (em projeto);
  • Etapa 7 com 6.542 ha (em projeto);
  • Etapa 8 com 7.640 ha (em projeto);
  • Etapa 9 com 12.700 ha (em projeto).

As informações acima foram atualizadas  22/04/2010 16:49 pela CODEVASF. As vezes se ouve por aqui que o projeto já está em fase final, o que não é verdade, ou a CODEVASF está mal informada sobre o projeto de sua responsabilidade.

Provisão Habitacional – Loteamento Nobelino Dourado – Com a proposição feita pelo Estado e as casas tendo sido construída, pelo menos 103 unidades foram invadidas. A confusão foi, e ainda é grande. Há acusação entre as partes. O movimento envolvido acusa o prefeito eleito de ter usado as unidades como moeda de troca, e que, os que ali estão tem o direito de ocuparem pelo menos por dois motivos:

  • Estão cadastrados no programa e devem receber as casas;
  • Houve um segundo item: promessa politica.

Por outro lado, há denuncias de que casas foram distribuídas para pessoas ligadas a partidos políticos, a pessoas influentes, e estas obtém lucro sobre a provisão Habitacional. Veja o vídeo aqui nestes vídeos abaixo:

Como tenho dito, reafirmo: O governo é muito bom em propaganda e marketing. Faz pouco, mas propaga muito. Para quem quer aproveitar o momento politico e também se divertir, clique aqui e descubra num jogo de memória as promessas que o Governador Jacques Wagner fez e não cumpriu, e ou, que se apropriou das obras alheias. O link é este: FORA WAGNER. Clique na imagem abaixo para ampliar e ver as obras que a Bahia perdeu nesta administração.

obras-wagner

Não se vota bem se não souber ler a situação atual!

Analisando os fatos e os dados existentes, se fez investimentos aqui. Isto não se nega. As mais de seis mil famílias beneficiadas pelas bolsas do governo, os aposentados, e outros investimentos possibilita o comércio se virar na circulação do que aqui chega. Mas, há tanto a se fazer, e quase nada tem ido avante. Isto é fato!

As vezes o que pesa nem é o que foi feito, mas, o que deixou de ser realizado. Afinal, o que foi realizado foi pouco em relação ao que deixou-se de acontecer. Faltou administração! Porém, o povo vota mais naqueles que agem às vésperas das urnas do que naqueles que agem durante todo o mandato.

É esperar pra ver! Ainda que não vote, estou torcendo para Dilma ser eleita e que Jacques Wagner seja reeleito. Os motivos? Digo depois!


Se o voto é secreto porque os dados dos eleitores não o são?

Quem me lê aqui, ali, e acolá sabe que sou chegado a uma Teoria de Conspiração. Além disso, sou chegado a questionar o comportamento tecnológico e como se tratam as informações pelos serviços do governo.

Hoje vos apresento uma ligação estranha e como o acesso a dados sobre os cidadãos brasileiro, em especial os pobres, é facilitado.

1 – O TSE.

O Tribunal Superior Eleitoral oferece a possiblidade de se consultar a situação do título de Eleitor. É solicitado dos consultantes algumas informações. Você escolhe consultar por dois tipo de dados: a) por nome do eleitor; b) por número do título.

2 – A CAIXA ECONOMICA FEDERAL.

A Caixa Econômica Federal disponibiliza a lista de todas as famílias que recebem o auxilio da bolsa família de todo o Brasil, separado por UF e município.

O que é que farei agora, é o seguinte: Vou pegar nomes e datas de nascimento na lista disponibilizada na Caixa Econômica Federal e consultar no site do TSE para saber se é possível obter informações sobre o eleitor.

A) – Imagem da Lista:

lista-da-bolsa-familia

Pego o primeiro nome e a data de nascimento do ABEDIAS BISPO DOS SANTOS nascido em 31/01/1958. Antes porém, corrigi o nome para ABDIAS que é a forma bíblica na língua portuguesa.

Com estas duas informações vou ao site do TSE e, eis o resultado:

O NOME CERTO: Abdias e não ABEDIAS

Fazendo um pouco mais de malabarismo, sem nenhum truque ou uso de software de invasão, apenas, usando aquelas outras informações que escrevi no passado como Gerador de CPF: Para que serve? Você pode descobrir nomes de outras pessoas, suas datas de nascimento e assim sua situação no TSE.

Pra que é que serve isto? Não sei! Não tenho a mínima ideia de como se possa aproveitar tais informações. Mas, sei por exemplo que posso saber informações de pessoas públicas:

titulo-sergio-cabral titulo-lula
Titulo de eleitor de Sérgio Cabral Título de Eleitor de Lula.

Também posso saber de mais coisa sobre desconhecidos. Por exemplo, vou pesquisar no google por filetype:pdf data de Nascimento. (Clique e veja). Eu escolhi este aqui:

desconhecido

E fui ao TSE e está lá a situação do eleitor Gustavo Mauricio Gonzaga. Se o voto é secreto porque os dados dos eleitores não o são?

“O PT é um perigo para o país”

Abaixo duas respostas que faço questão de destacar que o Ferreira Gullar deu ao “O TEMPO ONLINE” Não é só porque a opinião dele converge com a minha que a publico, é um pouco além: É VERDADE o que ele afirma. Abre aspas:

Neste ano temos eleição presidencial. Você está animado?

Ah, vai ser uma batalha. Os dois candidatos estão empatados. Espero que o Serra ganhe. Será um absurdo se o Lula, que empurrou a Dilma garganta adentro do PT, vá empurrar agora garganta adentro do país só pela vontade exclusiva dele. Acho que nem a Dilma é a favor disso.

Mas o governo Lula não teve nenhum mérito?

Não é que não teve nenhum mérito. O principal problema do Lula é ele não reconhecer o que ele deve aos governos anteriores. Tudo dele é “Nunca na história deste país…”. Ele se faz dono de tudo o que ele combateu.

Por que o Brasil passou pela crise da maneira que passou? Porque havia o Proer (programa de auxílio ao sistema financeiro). Mas o PT foi para a rua condenar o Proer dizendo que o governo FHC estava dando dinheiro para banqueiro.

E a Lei de Responsabilidade Fiscal? O PT entrou no STF contra a lei. Ainda está lá o processo do PT para acabar com a Lei de Responsabilidade Fiscal. O PT era contra o superávit primário,era contra tudo. Quer dizer, tudo o que eles estão adotando e que se constitui a infraestrutura da política econômica eles combateram. Agora o cara não reconhece isso: ele diz que fez tudo.

O Lula é, de fato, uma pessoa desonesta. Um demagogo. E isso é perigoso. Está arrastando o país para posições que são realmente inacreditáveis. O cara se tornar aliado do Ahmadinejad, o presidente de um país que tem a coragem de dizer que não houve o Holocausto? Ele está desqualificando mundialmente porque está negando um fato real que não agrada a ele. Então não pode. O Brasil vai se ligar a um cara desse?

É um oportunismo e uma megalomania fora de propósito. É um desastre para o país. Eu espero que a Dilma perca a eleição. Não tenho nada contra ela, mas contra o que isso significa. O PT é um perigo para o país. O aparelhamento do Estado, o domínio dos fundos de pensão… Um sistema de poder que vai ameaçar a própria democracia. As pessoas têm que tomar consciência.

Fecha Aspas. Tá dito, tá registrado e também repetido. Clique aqui: O PT é um perigo para o país