ACM foi quem “criou” o fundo de combate à pobreza e que financia o Bolsa Família

Hoje eu conversei com uma pessoa que é politicamente, ideologicamente contrário a mim. Conversamos muito. É interessante e instigante, para mim, a existência de pessoas assim. E, o é, por diversos motivos. Pelos liames e as conexões que eles fazem para defender, o que para mim, é indefensável, mas, para eles é indefectível.

Este jovem por exemplo, exultou! Isto mesmo! EXULTOU o nome, do homem, que o STF condenou como o chefe da quadrilha, e que agora debatem, se ele vai passar os dias ali, e a noite lá. Para ele e milhões de petistas e pelegos: O herói, José Dirceu. O perseguido e injustiçado!

Para este mesmo homem, que busca conhecimento, e demonstra inteligência, razoabilidade, a ditadura no Brasil foi mais criminosa e muito mais cruel do que as que ocorreram no Chile, na Argentina, e, “muito mais pior” do que a ditadura cubana. Ele se diz socialista e filiado ao PT. Discorre com facilidade sobre o tema. Diz por exemplo que a subjugação é uma maneira de lutar contra a burguesia. Que adotaram o capitalismo como sendo o meio de implantação do socialismo. Quis, a semelhança de muitos outros “roubar o passado” a favor das ideias socialistas e petistas. Eu disse-lhe, que parte do que ele advogava esta no mínimo equivocada, como por exemplo, o desconhecimento dele, ou má vontade mesmo, em saber que o ACM – o cabeça branca – que esteve engajado em criar os meios e os mecanismos que deram inicio à tudo que hoje é conhecido como dizem os petistas: “o maior programa de transferência de renda do mundo”.

Eu disse-lhe que uma pesquisa simples na internet sobre o tema, traria o nome de ACM como ligado aos projeto de combate à miséria e à pobreza. Eis aqui o link e uma imagem. Como lhe disse: isto faz parte da história, e está registrado. Não tem como mudar.

Imagem 002.png

Eis a fonte aqui.

Quando lhe disse que o ACM foi um dos que participou do que hoje é chamado de Bolsa Família ele disse que não acreditava que eu pensasse isto. Nem é questão de eu pensar. Não há é como negar o fato. Está registrado em jornais da época e até mesmo nos anais do senado. O que está marcado em azul, logo acima, não foi concluído. Agora isto aí foi promessa de Dilma Roussef na campanha de 2010. E, no mesmo ano, o tal Fundo para a Erradicação da Pobreza foi prorrogado, veja que coisa, prorrogado por prazo indefinido. Como é que é isso?

Imagem 003.png

É só buscar na internet e encontraremos inúmeras referências a isto. Mas, para este jovem socialista, o ACM só fez mal à Bahia. Foi, segundo disse ele, o homem que mais matou, e que mandou matar gente aqui na Bahia. Para mim, foi uma informação, como muitas outras: eivada de ódio ao sistema, à “direita”, aos homens que governaram este Estado, e que, não era do PT ou partido aliado. São pessoas que conseguem aumentar os números de mortos da ditadura nacional para parecer que aqui ocorreu um holocausto, e querem diminuir o número de mortos, e refugiados cubanos, só para parecer que Cuba é um paraíso e que lá morreu menos pessoas do que aqui no Brasil.

É incrível como há pessoas que, vivendo sob a atual situação: governo petista, país democrático e capitalista, ainda sonha com um Brasil socialista, com o máximo do Estado; com o Estado tomando conta de tudo. Eis ai, o modelo socialista no que está transformando o país. Só para lembrar as noticias recentes, de que, mesmo o PT mudando o nome de privatização para concessões, há ofertas de concessões, mas, não há quem esteja disposto a aceitar tais coisas. E também, a PB, que como eu alertei aqui no blog primeiro, estava empenhada em divulgar a ANS como espiã da PB para culpar os americanos pelo fracasso dos leilões. Eu avisei antes.

Se é verdade o que ele disse: Dilma. Lula e o PT estão aos poucos transformando o Brasil num país socialista. Bem! Também é verdade de que não está lá dando muito certo.

Por que não votar em Zé

[lomadeewpro category=’3606′ keywords=’hp, epson, samsung, xerox’]

No último texto recebi um comentário e um e-mail. O comentário está no blog o e-mail só irei comentar que a pessoa me aconselhou a não divulgar e escancarar minhas opiniões assim, pois, certamente eu serei prejudicado. E eu pergunto: mais do que já fui? Mais do que já fomos, como família, pai, esposo e cidadão? Então, para completar, escrevo agora os motivos pelos quais eu, minha esposa não votaremos em Zé das Virgens. Não votamos antes, não votaremos nas próximas eleições. O assunto das eleições já está na rua. Os pré-candidatos já estão declarados. As coligações, convites, farpas, adesismos, e tudo mais já podem ser visto na TV, nos rádios, e na Web.

Ontem ouvi uma conversa na praça em que uma das pessoas afirmou o seguinte: “Bateu o desespero em Zé, por que, tá rolando ai, uma pesquisa em que Luizinho tem 3% de vantagem. E a pesquisa não foi divulgada por que é negativa a Zé.” – A outra pessoa respondeu: “Mas, ele tem condições de reverter isto ai. Ele tá asfaltando as principais estradas dos povoados e isto, vai mudar o cenário“. O que provocou outra argumentação do senhor: “Aqui na sede é que decide. Aqui ele tá perdido!”

É o assunto nas redes sociais. Mas, eu não votarei em Zé por alguns motivos. E a maioria dos motivos tem relação com sua equipe de governo, como fui tratado por eles, como eles fizeram questão de perseguir, demonstrar e ferir.

O que o Zé tem com isto? Uai! Foi ele quem nomeou ou foi ele quem aceitou a nomeação deles, logo, tem sim culpa e é em última instância o responsável por vários e dolorosos dias de choro e ranger de dentes.

Uma grande parcela da cidade de Irecê sabe que minha família[bb]passou, e ainda passa, por este problema de saúde. Este ano está uma maravilha. Meu filho recebeu alta médica. Só iremos refazer exames se, e se somente se, existir algo. Mas, a regra é permanecer este ano do jeito que está.

Desde a eleição de Zé que sofremos coação política. Mas, é o Zé quem paga por erros de servidores? Sim! É o prefeito que é mesmo responsável por sua equipe oras! Se nomear quem nomeou para uma função, e nesta função ele destrata o cidadão, é sim, ao menos a culpa política dele não ter, e de não estar rodeado de pessoas que saibam respeitar o cidadão. Se ele age assim, é sob a tutela do mesmo. Apesar de você pensar eu esteja sendo injusto em atribuir a ele a culpa do servidor. Eu, porém penso, que ele está rodeado de pessoas assim, e se não sabe, é incompetente, se sabe e nada faz é permissivo, complacente, conveniente, folgazão. Simples assim.

No departamento de TFD só fomos bem atendidos quando uma determinada pessoa da família Dourado encaminhava a documentação. E mesmo assim, várias vezes, quando lá chegávamos, erámos preteridos. Muitas e muitas vezes disseram-nos: “Não tem nenhuma reserva feita para vocês não, e o ônibus está lotado”

Muitas outras vezes, necessitávamos ir para Salvador e estar lá na Terça-Feira, e, no entanto tínhamos que ir ao Domingo, e várias vezes tiveram que ficar em Salvador a semana inteira até voltar. Em certa viagem, queriam nos levar para Salvador no domingo, sendo que o exame era na sexta-feira. Deveriamos ficar hospedados com todas as despesas por nossa conta. Fizemos as contas. Era mais barato sairmos daqui a quinta-feira. Fazer os exames na sexta-feira e voltar no ônibus das vinte e três. O que fizemos. Quando exigimos o ressarcimento a resposta foi: paga quem pode! Muitas passagens de ida e volta fui eu quem pagou. Devo no cartão de crédito. Devo dois empresários amigos. Devo familiares. Mas, durante todo o período meu filho não ficou sem ir fazer o tratamento em Salvador. Muitas vezes ficamos na “Casa”. Pagamos também as diárias lá. Mas, a propaganda diz que é gratuito. Quem não tem dinheiro, às vezes, nem é bem tratado. Uma ou duas vezes um amigo que trabalha no município ressarciu os valores gastos na viagem com a apresentação das Notas Fiscais.

No momento mais critico quando necessitávamos de fazer vários exames a pessoa responsável pela organização, seleção e encaminho dos pedidos de exames nos disse que cada exame levaria até nove meses, mas, que seria possível, com o pagamento de certa quantia ser atendidos e termos os exames em poucos dias. Levamos o caso ao MP-BA, que encaminho denúncia. Depois soubemos que, pessoas foram chamadas, e foi-lhe perguntado se era verdade. Claro que iriam negar. Esperávamos que se investigassem o esquema. Não soubemos o que resultou.

As demais despesas com transporte, alimentação, exames, remédios foi tudo ajuntado em pastas e tiramos cópias e procuramos a Defensoria pública para entrar com ação. Mas, até ali o poder do prefeito é forte. Aquele que deveria lutar e defender os direitos dos que foram negados disse-nos:

– É uma causa perdida! Vocês vão perder esta causa. Se eu fosse vocês nem perdia tempo com isto. O prefeito vai colocar os servidores para desmentir vocês, e mentir a favor dele.

Olhei para a cara dele, e chamei minha esposa para sair daquela sala. Eu passo por ele na rua, e sinto vergonha de ver este senhor que foi constituído como Defensor Público!

Eu já fiz textos elogiosos ao Zé e sua administração. Até estudei os motivos pelos quais as contas de sua administração fora rejeitada. Há pelo menos um item que a oposição poderia explorar politicamente, mas, eu não irei dizer aqui o que é não. O que tenho que elogiar, elogio. O que tenho que criticar, eu critico.

Zé fez muitas mudanças na cidade. Praças, ruas, avenidas. Não tem como negar. Por exemplo, a Avenida Adolfo Moitinho. O trecho ali próximo da rodoviária. Tá bem feito. A Praça da Igreja Matriz. A Praça da Prefeitura (questionável, mas, fez). Postos de Saúde (PSFs). Quadras. Escolas reformadas e caídas também. Inegavelmente o Zé fez até agora muitas coisas. Mas, o que nos falta é que nos faz ficar contra. De que adianta termos uma praça reformada como a Cleriston Andrade (do São João) se a saúde está do jeito que está?

O nosso desagrado maior é ter ouvido conversas diversas e diretas de pessoas ligadas à administração. Posso elencar: Robéria. Celso Cambui e Jacó. Estes disseram que tomariam as providências. E, passamos o vale da sombra da morte sem que o município cumprisse o seu papel de apoio a nós como a lei exige e aponta como deveria ser.

Não só a nós a saúde foi o ponto fraco da Administração de Zé. Muitas outras famílias foram maltratadas, deixadas a mercês da sorte, do infortúnio, dos desmazelos do setor público da saúde administrada por Zé. Tem família por ai, que não tiveram as oportunidades que fizemos. Teve casos ai, em que, os exames foram liberados depois do óbito, ou seja, não tem como pagar o esquema: Caixão e vela e a sina!

Se a administração de Zé fosse avaliada por diversas melhorias na cidade, ele se reelegeria 10 vezes. No entanto, por causa da saúde ofertada e administrada pela equipe dele, e consequentemente, por ele, bem. Ele não terá nosso voto.

O racha da base aliada envolvem outras questões políticas que não irei comentar. Mas, sabe-se que muitos estão desgostosos com os confrontos, com as humilhações, com as faltas de ações, com as atitudes contrárias as promessas feitas. É possível Zé ser reeleito? Sim! É possível! Nada está perdido. Mas, garanto a todos, não foi eleito com meu voto, e nem será, se for reeleito com o nosso voto. Pessoas[bb]do governo Zé nos maltrataram, e, por tabela, o governo Zé é responsável por tudo que eles fizeram e fazem nos hospitais, nos postos de saúde, e no TFD.

Por causa do que passamos nestes anos todos em relação à Saúde é que não votarei em Zé nas próximas eleições. E antes, eu não votei por quê? Porque Zé é candidato[bb]do PT e isto por si só, já é motivo suficiente para não ter o meu voto. E você não votará em Zé por que?

Governo da Bahia: Os melhores salários para péssimos servidores

[lomadeewpro category=’3482′ keywords=’partidos, politicos, politica, corrupção, Brasil’]

O governo da Bahia, através de insistentes notas sobre a greve dos professores tem revelado um método de combate aos movimentos grevistas e de enfraquecimento dos sindicatos. Está estabelecido o método. Eu já escrevi sobre isto antes, e agora, com um novo elemento, volto ao tema.

Relembrando a greve da PM.

Por ocasião da greve da PM nos meses iniciais de 2012 o governo inaugurou o método. Até então, quase não se sabia, ou quase nunca se usava tal método: a propaganda, as notas, e a divulgação[bb]dos salários como argumento favorável ao governo, bem como, a comparação com os salários de outros Estados. E, agora é a tática do governo dizer que os grevistas estão reclamando sem motivos.

Na ocasião, se divulgou que um Policial Militar, trabalhando para o governo da Bahia, tem salário maior do que outros policiais trabalhando em, por exemplo: São Paulo e Paraná. Curiosamente, subliminarmente, comparativamente[bb]o que o Governo da Bahia faz, é dizer que a PM da Bahia governado pelo PT paga melhor a seus policiais do que os Estados administrados pelos partidos de oposição.

O Governador da Bahia por sua assessoria de imprensa poderia, por exemplo, dizer que a PM da Bahia ganha muito mais do que os brigadianos do Rio Grande do Sul, mas, lá! O governador também é do PT, não vai querer comprar briga, nem fazer comparações com eles, evidente!. Ele quer mesmo dizer que os PM estão ganhando mais do que os Estados de SP e do PR porque são Estados administrados por partidos de oposição, e também, são Estados ricos, com os melhores índices de criminalidade, e assim, joga para a sociedade baiana a ideia de que, a violência na Bahia – das maiores entre todos os Estados – não pode ser contabilizado por que o governo paga pouco aos policiais, e sim, por culpa da própria PM, de seus administradores, seus componentes.

Tá claro e evidente esta mensagem.

A Greve dos Professores.

A greve dos professores[bb]também tem sofrido tal ataque do governo de Jacques Wagner. Durante a programação da TV na Bahia, tem-se repetido insistentemente uma nota dizendo que o salário médio – veja bem, não são todos os professores – é a média dos salários pagos pelo governo da Bahia é de R$ 3.460,00. O governo não informa a população corretamente. Ele usa um subterfugio para obter vantagem. O que informa é que MÉDIA DOS SALÁRIOS é este. Não que TODOS dos professores que trabalham 40 horas recebem este valor.

Assim, a população, começa a questionar a categoria. Se ganham mais de cinco salários mínimos para trabalhar 40 horas semanais por que motivos os professores estão em greve? Que mercenários hein? Mais uma tática do governo, tem sido comparar os aumentos dados a outras categorias. Fulano! Nós acertamos 6%. Cicrano 7%. Beltrano 6.5% Só os professores que querem 22%. Não podem! Não tem como.

Por outro lado, ficamos com as seguintes certezas, se crermos nas propagandas do Governo do PT e do governador Jacques Wagner:

1 – Os altos índices na criminalidade[bb]não são por que o governo paga mau aos policiais. O governo paga melhor do que os Estados mais ricos do país, e que são governados pelos opositores.

Contra argumento: Como é que São Paulo e Paraná, pagando menos a seus PMs conseguem obter melhores indicies de combate a criminalidade e melhores índices na segurança pública? Estranho, pois, ai, cai aquela ideia de que profissionais que ganham mais, sentirão mais valorizados e trabalharão mais satisfeito, produzindo mais. Aplicado na PM da Bahia, não é a regra!

2 – Os baixos índices na educação básica na Bahia é também culpa da categoria dos professores, pedagogos, licenciados. Afinal eles ganham bem, trabalham mal e exigem muito.

As contradições

No site “Politica Livre” leio a seguinte frase: “estamos entre os sete estados que melhor pagam” – Segundo o site, dita pelo governador Jacques Wagner. Por outro lado, a Bahia está entre os piores Estados quando o assunto é Analfabetismo. Com os dados do ano de 2011. Ou seja, a ilação é clara. Pagar melhores salários aos professores não é garantia de que eles trabalharão e apresentarão melhores resultados e melhor qualidade no ensino.

A qualidade da educação é inversamente proporcional ao salário dos professores. O Estado é um dos sete que melhor paga, e é um dos nove com piores índices da educação básica. (Veja aqui: Por que o Brasil não consegue alfabetizá-la?). Inversamente também é a situação da segurança. O Estado paga salário melhor do que São Paulo e Paraná (Oposição) e tem um dos piores índices de mortes, assassinatos, roubos e outros delitos.

Opinião Pública

Outra parte da estratégia do PT no governo do Estado é a manipulação da opinião publica por meio de diversos meios de comunicação, é fazer enfraquecer os movimentos grevistas com a tática de isolamento e sensação de estarem reduzidos a poucos descontentes.

Também na TV, nos jornais, e nas revistas e no website do governo da Bahia temos o seguinte mapa e com esta legenda: “Em 265 municípios baianos, todas as escolas da rede estadual de educação estão funcionando normalmente. Os dados são do dia 06/06/2012”

O governo do PT na Bahia, na pessoa do Jacques Wagner implantou a sua agenda de truculência, de afastamento completo de suas bases, contrário ao que sempre pregou: apoio e governo voltado para o trabalhador, descompromisso com o dialogo. Bem, foi este governo que os professores também se esforçaram para eleger.

É esta a situação!

E a constatação óbvia é:

  • Melhores salários não garantem qualidade, satisfação e bons serviços na segurança pública do Estado Bahia.
  • Melhores salários não garantem qualidade, satisfação e bons serviços na EDUCAÇÃO pública do Estado Bahia.

Afinal, segundo o governo, temos baixíssimos índices na segurança e na educação, com os servidores públicos[bb]com melhores salários.

“Data vênia máxima” o povo baiano votou no partido e votou no governador.

Não acreditem no Hage. Ele desinforma mais do que fala a verdade!

Eu sempre digo: “Falar a verdade é uma virtude. Mentir é indispensável”. Quando uso esta frase, algumas pessoas riem. Outras acham que sou uma pessoa mentirosa. No entanto, todos reconhecemos o valor que tem a verdade, e o valor e a necessidade que é mentir. Mentir não é o pior dos pecados. As vezes, mentir, é uma opção viável a vida, a segurança.  No entanto, existem algumas mentiras perigosas. E, tão ruim quanto mentir, é distorcer informações verdadeiras para que se mude a realidade. Agora a noite, li, num dos feeds de noticias sobre o Brasil esta informação:

“Operações, controladoria, Polícia Federal, é coisa nova. Decreto dando transparência aos convênios é coisa que entrou em vigor em janeiro deste ano. Portal da Transparência, dando conhecimento ao mundo inteiro dos gastos com dinheiro público, é coisa de cinco anos para cá. Nada disso existia, e as instituições vêm criando esses instrumentos e se fortalecendo, aprendendo a trabalhar juntas: controladoria, polícia, Ministério Público, coisa que nunca tinham sido feito antes”. – Hage confirma irregularidade em convênios no Ministério dos Esportes

Qual é o problema nesta informação? Não uma! Algumas informações erradas. O senhor Hage distorce a verdade histórica para justificar o injustificável. Quer inculcar a mitologia de que a corrupção desde o governo Lula é combatida. Que só se sabe da corrupção agora por que Lula e Dilma incentivam o combate. Isto é uma grande mentira. É uma tentativa de mudança da verdade por uma desinformação. Vamos aos “desmentimentos”.

1 – A Corregedoria Geral da União foi criada pela Medida Provisória nº 2.143-31, de 2 de abril de 2001. – É só conferir aqui: História das criações do Ministérios. O que se fez no governo Lula foi tão somente a mudança de nome em 2002. É só ler ai no texto do Planalto.

2 – Operações e Policia Federal. Esta desinformação é como se não existisse no site da PF um link com a história. E também uma listagem de todas as operações conduzidas pela PF desde 2003. E antes de 2003 não existiam Operações da Polícia Federal? Oras bolas! Claro que existiam. E como é que se chamavam? Operações também. Por exemplo, em 2001, teve a operação Cash Net. Logo, antes de Lula a Polícia Federal também realizava operações. E prendiam! Desinformação e mentira.

3 – Sobre as transparência aos convênios, como ele declarou, ser de janeiro deste ano, é outra desinformação. Este senhor não está informado sobre nada é? É só pesquisar e saber que o Portal da Transparência do governo é de 2004. E, sobre os convênios é de 2007. Uma pesquisa simples nos sites do governo se encontram estas informações. É o que está escrito no site: “Informações sobre Convênios registrados no SIAFI e no SICONV firmados nos últimos anos, com descrição sucinta do objeto, datas e valores envolvidos, desde 1º de janeiro de 1996.” – Sobre o Portal Transparência.

Isto aqui: “Nada disso existia, e as instituições vêm criando esses instrumentos e se fortalecendo, aprendendo a trabalhar juntas: controladoria, polícia, Ministério Público, coisa que nunca tinham sido feito antes” – Isto é uma informação caluniosa sobre a história recente do Brasil. Desde 1985 que nosso país vem andando nos caminhos da democracia. É ainda uma democracia com graves vícios, no entanto, é a que temos. Pode ser melhorada. Mas, dando atenção e credibilidade em tais informações é que não avançamos. Não acreditem no Hage. Ele desinforma mais do que fala a verdade.

Governo deu 30 milhões para as ONGs, mas não dá 30 milhões para a Saúde em Salvador

Na tarde desta terça-feira o Ministro Orlando Silva esteve, juntamente com o PC do B, fazendo uma exibição de inocência e boa camaradagem para aparecerem bem nas fotos e nas reportagens dos telejornais e nas revistas. Na minha opinião tudo não passou de uma exibição midiática. A intenção mesmo era de explorar ao máximo midiaticamente o episódio ou o direito jurídico de presunção de inocência.

Enquanto isso, no twitter, inclusive do partido daqui de Irecê pudemos ver como é que planejaram a defesa do ministro. Tentaram hastagar #souorlandosoubrasil. Eu sou brasileiro, mas, não me empolgo com Orlando nem com o PC do B do Orlando, nem com os aliados do partido.

PCdoB defende ORLANDO SILVA

Acima, nesta imagem, se pode ver um twitter do Carlos Alberto. Sem comentários sobre a posição dele, já que são também companheiros no mesmo partido, que agora, vê o ex-correligionário como bandido e inimigo. 

Pois bem. Muitos ainda não conseguem ver o tamanho do rombo que o PC do B e suas ONGs amestradas estão fazendo no país. Vamos então às comparações noticias por noticias. Informação por informação. Do Estadão pego esta informação abaixo, que também foi veiculada na Veja e na Globo. Como dizem eles: “a grande mídia golpista”

Só em 2010, o ministério distribuiu pelo menos R$ 30 milhões a ONGs, muitas delas de dirigentes políticos, a começar por aliados do partido do ministro Orlando Silva, o PC do B. – Esporte tira ONG do programa

Muitos não tem a devida noção do quanto significa 30 MILHÕES dado a estas ONGs. Então abaixo vai algumas noticias do quanto é! 

Em Minas Gerais: 30 milhões para 845 escolas

A partir deste mês, cerca de 800 escolas estaduais já terão recursos disponíveis em suas caixas escolares e até o fim de 2011 outras 845 serão beneficiadas. No total, o PDE vai distribuir cerca de R$ 30,3 milhões para o desenvolvimento de ações nas escolas estaduais de Minas Gerais. Escolas mineiras vão receber 30 milhões

Em Salvador, o setor de saúde

De acordo com a secretaria, o Ministério da Saúde repassa à prefeitura cerca de R$ 24 milhões, e o município gasta R$ 30 milhões com o bloco de média e alta complexidade, que inclui os hospitais filantrópicos. – Falta repasses federais para a Saúde em Salvador

Em Santa Catarina para estradas

O estado de Santa Catarina vai receber R$ 30 milhões para obras de recuperação e reconstrução da infra-estrutura viária de municípios que foram afetados por desastres – 30 milhões para recuperação de estradas

Faça você mesmo uma busca na internet por noticias relacionadas a obras públicas, recursos públicos e então meça. Então faça uma comparação.

  • É coerente destinar 30 milhões para ONGs e não atender a população de Salvador?
  • É compreensível 30 milhões para ONGs e deixar os cidadãos de Santa Catarina sofrerem com as estradas destruídas?
  • É justo 30 milhões para ONGs e 30 milhões para 845 escolas em Minas Gerais?

Como passou no Fantástico no domingo, é crível que se tenham gastado 10 milhões com lanches para as crianças?

Ainda que o ministro Orlando seja inocentado de todas as acusações. Ainda que tudo não passe de uma revanche do policial que foi surpreendido em desvio: 30 milhões para ONGs, enquanto, outros setores público penam por falta de recursos… não é aceitável. Não é compreensível. Não é tolerável.

E, se o PM que denuncia o ministro e o partido, o PC do B, é agora adjetivado de bandido e criminoso… bem! isto não fica nada bem, para eles mesmos, que no minimo reconhece de público e de própria voz, que estão envolvidos e em união com os ditos. Mas, quando foi mesmo que o PM se tornou bandido e criminoso? Era antes da denúncia ou depois das denuncias?

Como é que o povo brasileiro em sua maioria não conseguem enxergar a incapacidade técnica administrativa deste povo e os mantêm na administração por meio do voto?

Atuação da Polícia Federal no Brasil

Estive ao longo da semana preparando meus comentários e analises da situação da corrupção, as investigações da PF, as prisões e as reações aos eventos. No entanto, a nota da Associação Nacional dos Delegados de Policia Federal, é bem ampla e de certa forma reproduz algumas de minhas ideias e opiniões.

Nota de Esclarecimento

Logo

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal vem a público esclarecer que, após ser preso, qualquer criminoso tem como primeira providência tentar desqualificar o trabalho policial. Quando ele não pode fazê-lo pessoalmente, seus amigos ou padrinhos assumem a tarefa em seu lugar.

A entidade lamenta que no Brasil, a corrupção tenha atingido níveis inimagináveis; altos executivos do governo, quando não são presos por ordem judicial, são demitidos por envolvimento em falcatruas.

Milhões de reais – dinheiro pertencente ao povo- são desviados diariamente por aproveitadores travestidos de autoridades. E quando esses indivíduos são presos, por ordem judicial, os padrinhos vêm a publico e se dizem “ estarrecidos com a violência da operação da Polícia Federal”. Isto é apenas o início de uma estratégia usada por essas pessoas com o objetivo de desqualificar a correta atuação da polícia. Quando se prende um político ou alguém por ele protegido, é como mexer num vespeiro.

A providência logo adotada visa desviar o foco das investigações e investir contra o trabalho policial. Em tempos recentes, esse método deu tão certo que todo um trabalho investigatório foi anulado. Agora, a tática volta ao cenário.

Há de chegar o dia em que a história será contada em seus precisos tempos.

De repente, o uso de algemas em criminosos passa a ser um delito muito maior que o desvio de milhões de reais dos cofres públicos.

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal colocará todo o seu empenho para esclarecer o povo brasileiro o que realmente se pretende com tais acusações ao trabalho policial e o que está por trás de toda essa tentativa de desqualificação da atuação da Polícia Federal.

A decisão sobre se um preso deve ser conduzido algemado ou não é tomada pelo policial que o prende e não por quem desfruta do conforto e das mordomias dos gabinetes climatizados de Brasília.

É uma pena que aqueles que se dizem “estarrecidos” com a “violência pelo uso de algemas” não tenham o mesmo sentimento diante dos escândalos que acontecem diariamente no país, que fazem evaporar bilhões de reais dos cofres da nação, deixando milhares de pessoas na miséria, inclusive condenando-as a morte.

No Ministério dos Transportes, toda a cúpula foi afastada. Logo em seguida, estourou o escândalo na Conab e no próprio Ministério da Agricultura. Em decorrência das investigações no Ministério do Turismo, a Justiça Federal determinou a prisão de 38 pessoas de uma só tacada.

Mas a preocupação oficial é com o uso de algemas. Em todos os países do mundo, a doutrina policial ensina que todo preso deve ser conduzido algemado, porque a algema é um instrumento de proteção ao preso e ao policial que o prende.

Quanto às provas da culpabilidade dos envolvidos, cabe esclarecer que serão apresentadas no momento oportuno  ao Juiz encarregado do feito, e somente a ele e a mais ninguém. Não cabe à Polícia exibir provas pela imprensa.

A ADPF aproveita para reproduzir o que disse o ex-ministro Márcio Thomaz Bastos: “a Polícia Federal é republicana e não pertence ao governo nem a partidos políticos”.

Brasília, 12 de agosto de 2011

Bolivar Steinmetz
Vice-presidente, no exercício da presidência

Fonte: #.TkhKx06jSek.twitter" target=_blank>Nota de Esclarecimento