Preferência para o contrato: homem ou homossexual Mulher, não!

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather

Em prestação de serviço num determinado mercado da região, percebi na empresa algo diferente: a maioria das pessoas trabalhando eram homossexuais. O ambiente de trabalho é produtivo, agradável, limpo, organizado. O atendimento é ágil, direto, franco, sem rodeios e a população demonstra não se importar com a situação do mercado.

Discriminação, preconceito, violência contra homossexuais sabemos que existe aos borbotões Brasil e mundo a fora, mas, iniciativa tal, me fez querer saber os reais motivos dos empreendedores em optarem pela mão de obra de jovens, adultos homossexuais. No transcorrer da semana, com o avanço dos serviços, conversando com as pessoas envolvidas no empreendimento, soube dos reais motivos.

Os donos da empresa tiveram problemas com a justiça do trabalho na contratação de fêmeas. Uma funcionária não veio trabalhar por três semanas. Quando foi dispensada, apresentou atestados médicos e um advogado ganhou na justiça uma gorda indenização por que ela foi demitida estando grávida; e aconteceu duas outras vezes de as funcionárias estarem grávidas, e não poderem ser demitidas e, mais, apresentam muitos atestados médicos no período. Pois bem! Por causa destes históricos, a decisão da dupla empreendedora foi inusitada: não contratam mais mulheres. Curriculum Vitae de mulheres lá, nem é lido! Tem um monte deles num canto da sala. Não fazem entrevistas.

– Só contratamos homens: seja ele heteros ou homossexual. De preferência homossexual, que, cuida do ambiente com carinho, atenção, cuidado, zelo; a maioria tem força e consegue ter desenvolvimento muscular que as mulheres não tem; fazem o trabalho que tem que fazer, seja de homem, seja de mulher. E, não engravidam, não terão licença maternidade, não menstruam, não tem TPM!

Dizem eles!

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *