Os pensamentos esquerdistas são iguais!

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather

Tenho dois filhos.

O mais moço estuda em uma escola bem ranqueada em muitos segmentos sociais, inclusive nas questões financeiras, talvez, pela aparência se perceba que é bem capitalista, rica e tem acesso a financiamento do BNDES, (banco público) e outros incentivos fiscais existentes. No entanto, sempre tenho dito a meu filho, que a mentalidade dos professores e a maioria dos pais e alunos da escola, não representam ideologicamente “o padrão e o meio em que a escola existe” – o capitalismo, o liberalismo e o mercado. Eles são de esquerda, socialistas, marxistas, comunistas e etc e tal.

Insisto com meus filhos em perceber as diferentes modalidades de pensamentos, reconhecer ideologias: seja ela política, religiosa, espiritualista, econômica, ateia, agnóstica, … etc., e, sou crítico severo desta corrente de pensamento de que advogam que precisamos de mais Estado.

Ontem, 19/10/2016 encontrei com um amigo que partilha das ideias e dos ideais socialistas, comunistas, e de, quanto mais Estado, aliás, sempre melhor. É a visão, opinião e meio em que ele vive. Conversamos basicamente sobre o tema acima citado. E outros temas abaixo comentados


Esta corrente que pensa que deva haver empresas públicas para gerir desde o que o agricultor planta, como ele planta, perpassa, até a gerencia dos grandes bancos e das riquezas de todos os tipos, eu vejo como desnecessário e inviável. Já ocorreram muitas tentativas de fazer funcionar, e nunca, conseguiram. Logo, não presta!

O outro tema do debate foi a corrupção, a prisão dos corruptos, e, a suposta “inocência de Lula”

Necessitamos de mais estatais

Segundo ele, a região e Irecê desenvolveria mais se existisse uma “estatal” capaz de gerenciar as safras, as estradas, as águas… além é claro do que já existe em educação, saúde, segurança, infraestrutura. Para ele, o Estado é o melhor ente capaz de gestão dos recursos de uma sociedade.

Eu discordo! Os bancos privados por exemplo, tem maiores lucros e são mais bem geridos do que bancos públicos. Empresas de saúde privada são mais bem equipadas e tem melhores condições de tratamento do que a estrutura pública. Logo, concordo com a cassada e ex-presidente Dilma, que o maior problema é de gestão de recursos e não a inexistência de recursos e profissionais.

Tanto quanto os empresários e as empresas de agronegócios são mais bem-sucedidos, tem melhores colheitas, tem lucros, tem infraestruturas, escoamento de safra, tecnologias muito melhores e mais eficientes do que o Estado. Mas, este amigo e dezenas de outros, insistem que se deva investir e apoiar mais e mais recursos na “agricultura familiar”. Para mim, quem produz em grandes áreas, grandes safras, mais empregos no campo, deve receber maior incentivo.

Não me é aceitável que prefeituras, estados e união tenham que fazer concursos para contratar motoristas, merendeiras, professores, serviços gerais, contabilistas, médicos, seguranças etc., sendo que, seria melhor se pudesse contratar empresas terceirizadas, restaurantes especializados em alimentação, empresas de segurança… cooperativas diversas.

Para mim tudo deveria ser terceirizado ou completamente privatizado. Não é questão de Estado ser mínimo, deveria ser minimíssimo. Apenas três ou quatro áreas de atuação: saúde, segurança e educação, sem, no entanto, ser um empecilho para a iniciativa privada também nestas áreas.

Sobre a corrupção: a culpa é de FHC!

É estarrecedor que ele ainda culpe o Fernando Henrique pelo que acontece de corrupção no Brasil. Este amigo insiste sempre nas mesmas falas e argumentos.

– Tudo começou lá atrás com FHC que comprou os deputados para aprovar a reeleição.

Fica irritado e chateado com a justiça, com as instituições democráticas, pois, segundo repete ele, todos perseguem Lula, fizeram o impeachment de Dilma e persegue o partido dos trabalhadores por que foram eles quem mais ajudaram os pobres deste país.

Além é claro de pensar que Eduardo Cunha é um bandido da pior espécie e que merece apodrecer na prisão, que Lula sofre perseguição política por parte da Polícia Federal, Ministério Público e a justiça como um todo, e, tudo com a mesma justificativa, “somos todos” uns monstros que não conseguimos aceitar as transformações sociais implantadas por Lula, Dilma e o projeto sociais do PT. E pior: tudo isto é motivado pelo medo de Lula voltar em 2018.

Dei tchau e fui fazer outra coisa além de ouvir as besteiras deste amigo.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *