“O computador está do mesmo jeito de antes, nem parece que você fez nada! ”.

Paulatinamente estou “pulando fora” da área técnica de informática. Estou tendo melhor renda com outros tipos de suporte: escritório, contábil, tecnológico em áreas específicas como segurança, disponibilidade de serviço, segurança da informação. Estou deixando um pouco de lado o formatar computadores, instalar sistema operacional! Para os clientes, certas empresas continuarei fazendo. Não pretendo mais fazer serviços para o cliente final, do tipo pessoa física!

Os motivos são muitos! Entre os principais, o mais agudo e contundente seja o conflito direto com o cliente. Especialmente o tipo de cliente que me chega argumentando: “O cliente sempre tem razão! “, mas, ele, mente, oculta, omite informações para querer ter razão.

É comum haver conflitos e diferenças. No entanto, clientes que fazem coisas equivocadas após a entrega do serviço e retorna reclamando horrores, são os piores! Um exemplo básico e recorrente! Por exemplo, pego o tema: – Qual é o melhor antivírus?

O cliente leu boa reputação sobre um determinado antivírus e ele discorda da opinião do técnico que instalou uma opção que ele não conhece. Se o cliente quisesse uma solução diferente que compre a sua solução de segurança e dê ao técnico para instalar. O problema ocorre quando o cliente não compra por uma solução paga de antivírus, e, depois reclama de qualquer uma das versões grátis que o técnico escolhe, opta e instala em seu computador.

Se, tem uma versão grátis de antivírus de sua preferência, não custa, ao solicitar o serviço, informar sua preferência, e, ou, perguntar ao técnico que lhe atende: “Você instala qual antivírus grátis no serviço? ”

Esta semana, dois notebooks me retornaram à bancada. Não que eu tenha feito um serviço ruim, mau acabado, sem qualidade. Não! Não foi! Os clientes optaram por uma versão grátis de antivírus, mas, recusaram o antivírus que instalei! Quiseram o AVAST Grátis! E, ao tentar instalar o antivírus de sua preferência, removeu o antivírus que instalei e destruiu a configuração do sistema, e o contaminou com diversos programas inúteis e aproveitadores.

O pior! Me chega aqui com o argumento mais “safado” que existe! “O computador está do mesmo jeito de antes, nem parece que você fez nada! “. Olhei o computador, e lá está vários softwares, estranhos e desnecessários para qualquer usuário. Lá estava uma lista das piores e estranhas opções de segurança, navegadores de internet irrelevantes, diversos links: “continuação de instalação do: SKYPE, ADOBE, JAVA, AVAST” sendo que, ao entregar-lhe o equipamento lhe disse:

– Foi instalado os drivers de som, vídeo, rede e os demais drives da placa mãe. Instalei o Adobe Reader DC, a versão mais nova! O Java é a versão atual! Instalei também os navegadores Google Chrome e o Mozilla Firefox versão recente, e também, um Software de Escritório (Editor de texto, Planilha Eletrônica, Apresentação Multimídia). Se precisar de algum outro software, diga-me que instalo para você! – Instalo por padrão os softwares mais utilizados e necessários para o cotidiano da maioria dos usuários que acessam bancos, órgãos governamentais, faculdades.

Mas, que? Não!

A pessoa tem que se aventurar e destrói suas horas de trabalho! Se eles pagassem todas as vezes que atrapalhou e estragou… não me importaria! Mas, não! Voltam com a cara cínica “e exigindo” que refaçamos o serviço, pois, chegam a nos acusar de não termos feito um serviço qualificado! Isto tem me cansado! Por isto uma de minhas metas é abandonar esta área de serviço e especializar em outras.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *