Eleição 2016 em Irecê: Luizinho Sobral será reeleito? Elmo Vaz será eleito? Dorinha Lélis surpreenderá?

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather

Hoje um amigo me perguntou e pediu-me a participação em um tipo de “bolão” sem compromisso ou aposta. A proposta é simples: embasado em informações sobre a política da cidade de Irecê, cada um dos participantes anota o seu nome ao lado do nome do candidato a vereador e a prefeito com os respectivos números de votos, que se pensa, terá o candidato.

A minha base para os candidatos a prefeito em Irecê, é uma informação simples, faço a divisão do total de votos em 3 partes; sendo que, as duas partes iguais são divididas entre os antagonistas principais; a última parte é dividida entre outros candidatos; nulos, brancos e abstenções. Para exemplificar o que penso é só olhar como ficou formatado o resultado das eleições municipais de 2012. Veja a imagem abaixo.

Fonte: http://g1.globo.com/ba/bahia/apuracao/irece.html

A compreensão é simples.

Em Irecê, nas eleições de 2012, tinha 43.802 eleitores. Este número é o total de inscritos no tribunal regional eleitoral de Irecê. Ou seja, em 2012, Irecê tinha 43.802 pessoas aptas a votarem. Não entro em outros méritos e debates.

43.802 dividido por três dá: 14.600. Assim, o que penso, é que, do total geral de eleitores, os dois principais candidatos receberam pelo menos, cerca de 14.600 votos.

Com base nos números de 2012:

  • 14.600 votaram em Luizinho Sobral;
  • 14.600 votaram em Zé das Virgens;

Os outros 14.600 ficou assim dividido:

  • 8163 não compareceram para votar;
  • 1823 anularam o voto;
  • 653 votaram em branco;

Luizinho Sobral e Zé das Virgens disputaram então os 3961 votos restantes:

  • 2138 votaram em Luizinho Sobral + 14600 = 16.738 votos
  • 1375 votaram em Zé da Virgens + 14600 = 15.975 votos

Ou seja, o candidato que conseguiu a sua cota de votos, mais, a maior parte desta terceira parte dos eleitores, venceu! Isto é até obvio, porém, a disputa é no terceiro lote de eleitores. É aquele eleitor que diz não se envolver, diz não gostar de política; aquele que diz que os políticos são todos iguais… etc. É ele quem vai lá e decide para um lado ou para outro. Nas últimas eleições em 2012, Luizinho Sobral obteve a maioria dos indecisos e indefinidos.

Nestas eleições de 2016, acontecerá novamente? Pode não obter, como pode também, obter todos os indecisos e indefinidos. Tanto Luizinho Sobral, quanto Elmo Vaz terão esta cota de votos, pois, pelo que se percebe, são os dois principais candidatos que disputam. A candidata Dorinha Lélis, concorre, porém, é do senso comum, que é, desde o início da corrida eleitoral, a terceira colocada. Como em política, nada é o que parece, a Dorinha Lélis pode muito bem ser a que disputará o cargo com o atual prefeito que tenta a reeleição e não Elmo Vaz!

Em Irecê, podem verificar as eleições anteriores, sempre há uma grande percentagem de abstenções, em 2012, foram quase 20%. Há cerca de 6% de nulos e cerca de 2% dos votos brancos.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *