Adão Braga Borges nasceu em Nanuque, Minas Gerais. Morou na Vila Esperança na Av. W1, que hoje é denominada de Av. Anhanguera. Meus pais ainda lá moram. Atualmente mora em Irecê. Casado. E segundo diz a esposa, acompanhada de testemunhas, sou pai dos dois filhos dela. Sou grato por ter isto. Trabalho com informática. Manutenção. Instalação. Configurações. Estudo informática no IFBA.

Adão Braga Borges nasceu em Nanuque, Minas Gerais. Morou na Vila Esperança na Av. W1, que hoje é denominada de Av. Anhanguera. Meus pais ainda lá moram. Atualmente mora em Irecê. Casado. E segundo diz a esposa, acompanhada de testemunhas, sou pai dos dois filhos dela. Sou grato por ter isto. Trabalho com informática. Manutenção. Instalação. Configurações. Estudo informática no IFBA.

Se o assunto principal da vida fosse fila, eu diria que sou um sujeito de má sorte, apesar da resistência!

Nas muitas filas que eu pego no dia-a-dia tenho que enfrentar e confrontar os direitos daqueles, que me parecem terem mais direitos do que eu; tanto quanto, suspeito que exista aproveitamento por parte de “certa casta” da sociedade sobre as pessoas “sem certos direitos”. É que há aproveitadores em todos os níveis de nossa sociedade. Quanto ao direito de “certas pessoas” conhecidas como prioridades, que tem prioridade, as vezes eu faço encrenca na fila para não ceder e permitir tais direitos. A falta de educação é um fator que faz com que eu indague ao cidadão que tem prioridade na fila. Já me aconteceu algumas vezes, em que a falta de educação do prioritário me fez reagir.

A primeira vez: O idoso mal-educado. A loteria tem uma placa indicando: FILA ÚNICA! Tem um caixa especialmente para os prioritários, que estava fechado! Quando chegou a minha vez, um homem entrou na minha frente. O interpelei. Ele disse que era a vez dele porque ele tinha prioridade. Concordei com ele e disse: Sim! O senhor tem prioridade, mas, o senhor não foi educado não? Ao senhor nunca foi ensinado a falar com as pessoas, disse-lhe!

Tem duas coisas aqui no evento: 1) a falta de educação da pessoa idosa em apenas pensar que lhe é direito 2) falta de comprovação de idade. Pela aparência, não se via a idade de 60 anos naquele homem. Disse-lhe: Dá próxima vez, o senhor traz a RG para se ver a sua idade, senão, o senhor não vai passar na frente! Ele ficou bravo! E, eu fiquei resmungando na fila. Quando terminou o atendimento veio me pedir desculpar e quis apertar minha mão… eu, sim! Sou mal-educado, pedi para ele se afastar!

Segunda vez: O idoso que não era idoso. No domingo passado (04/02/2018) estava na fila do Supermercado Barbosa, em Irecê, quando um senhor veio empurrando o carrinho de compras para cima de mim e de outras pessoas na fila! As pessoas saíram da frente dele! Eu lhe perguntei: Opa! O que foi senhor? Ele disse: Esse caixa é preferencial! Sim – Concordei com ele e respondi: A preferência e prioridade AGORA É MINHA! Em seguida, fui colocando os produtos no balcão do caixa.

O referenciado, começou um “miniescândalo”. Falando alto, exigindo direitos, verbalizando opiniões, criticando pessoas e atitudes. Disse que era a vez dele, porque ele era idoso, que se deveria respeitar a lei, que o supermercado deveria proteger o direito dele; falou com a mulher no caixa para intervir… depois começou a me indagar o porquê de eu não respeitar o direito dele, de eu não respeitar a lei! Eu perguntei: Qual é a sua prioridade senhor? Ele não respondeu! Apenas apontou para a placa, igual a imagem abaixo!


Olhei para a placa e perguntei a ele: Qual é a sua preferencial? Ele respondeu: Sou idoso! Então exigi: Cadê a RG do senhor? – Enquanto isto fui passando os produtos. Ele me propôs: Se eu te mostrar minha RG e provar que tenho mais de 60 o que você vai fazer? Eu disse a ele: Não vou fazer nada! Vou terminar de passar minhas compras e vou para minha casa, o senhor, da próxima vez que chegar, peça licença, converse com as pessoas na fila, explique sua preferência e prioridade, não chega empurrando não!

Kátia entrou no debate e disse algumas outras verdades, as pessoas da fila tomaram partido. Gerou uma celeuma e quando as pessoas da fila perceberam o truque que ele estava aplicando quis tirar ele da fila…, eu paguei as compras e vim embora!

Terceira vez: Eu! Utilizando o caixa preferencial do BB. Cheguei no Banco do Brasil numa segunda-feira. Necessitava fazer um depósito urgente! Para tal, observei todas as filas dos caixas automáticos. A menor fila era a fila dos preferenciais e prioritários.

Me aproximei da atendente do Banco do Brasil e perguntei a ela: Eu posso ficar na fila preferencial e se chegar alguém eu cedo a vez até chegar a minha vez?

Eu corria o risco de ficar mais tempo na fila do que pegar qualquer outra fila naquele instante, mas, era uma aposta! Se ocorresse o surgimento de prioritários e preferenciais, eu iria desistir da fila! Um senhor que estava ao lado, começou a gritar comigo e com a atendente do Banco do Brasil. Disse-nos que ele não estava cortando fila, que estava no lugar do sogro, que estava sentado nos bancos ali próximo… o homem fez um escarcéu! Apontou o dedo para mim, fez gestos para a atendente do BB.

Olhei para ele e com a minha educação característica disse: cuide da sua vida senhor; faça o que você veio fazer; não se intrometa, nem ache que estou comentando do senhor. Eu fiz uma pergunta para ela que não lhe diz respeito! Não quero saber nada do senhor, nem do seu sogro! Agradeci a atendente, continuei na fila! Depois que ele fez as atividades e mais duas pessoas prioritárias foram atendidas fiz o que fui fazer no Banco do Brasil. O referido senhor ao terminar as atividades, passou por mim e disse: desculpe eu pensei que o senhor estava reclamando de mim! Bateu no meu ombro e saiu!

Quarta vez: interrompendo os aproveitadores de deficiência!
Outra vez na loteria. Depois de esperar umas 15 pessoas na minha frente, no meu momento, antes da pessoa à minha frente ser atendida, uma aleijada, aliás, uma deficiente física, ou melhor, uma mulher com necessidade especial, pois, a perna esquerda era menor do que a direita, chegou no caixa, pediu permissão à pessoa da vez, perguntou à caixa: aqui paga estes boletos? Com a afirmativa, ela chamou um homem que estava na calçada da lotérica. Eu fiquei observando! Assim que a pessoa que estava sendo atendida saiu do caixa e, antes dela chegar ao caixa, eu entrei e apresentei minha demanda, que era pagar a NF da Coelba e fazer uma aposta lotérica! Foi o suficiente para a “aleijada” exigir seus direitos de prioridades e de preferências.

– Eu disse a ela: agora é minha vez! A senhora não deu uma boa tarde, não disse nada para ninguém da fila, chegou, perguntou, chamou este senhor, pegou os documentos deles, e quer passar na minha frente? Na minha frente não passa não!

A mulher do caixa interveio e me disse: Senhor, ela é preferencial, não vou atender o senhor!

Eu disse: tudo bem! O caixa vai ficar parado, até ela mostrar o documento dela, e que, os documentos que serão pagos estão no nome dela! Perguntei a ela diretamente: Os boletos estão no seu nome? Isto que a senhora vai pagar é seu? Ela argumentou que o homem era o seu representante legal! Eu argumentei! Como ele não tem deficiência, tem que pegar fila!

Ficamos em um impasse. O caixa não me atenderia e eu não cederia a vez. Houve uma vaia generalizada! As pessoas da fila perceberam o truque de ambos. Ela tinha deficiência na perna esquerda, mas, o homem era inteiramente capaz. O homem cedeu e disse: Deixa esse ignorante passar! Como se fosse eu o aproveitador! Fui chamado para o caixa ao lado e fui atendido, mas, não cedi ao truque!

Conclusão!

Se o assunto principal da vida fosse fila, eu diria que sou um sujeito de má sorte, encrenqueiro e que o pior sempre acontece quando estou em uma fila! Estes eventos, entre outros, sempre me acontecem quando estou na fila. Uma vez, só para terminar, estava na Caixa Econômica, somente para trocar as letras de acesso. O meu número era o XXX157 o último número chamado era o XXX154, ou seja, faltavam 3 números. No entanto, fui atravessado por 5 preferenciais. Duas grávidas, um deficiente, um idoso, uma jovem com criança de colo, que tenho certeza, não era a mãe, mas, estava usando uma criança para ter preferência sobre mim!

Como verificar se meu processador é vulnerável às falhas Spectre e Meltdown?

Desde a virada do ano que as falhas existentes nos processadores Intel fazem parte das notícias importantes na área de tecnologia. Apenas uma das empresas que presto serviços, o proprietário solicitou de imediato as medidas cabíveis, que eu realizei ontem. As demais, se quer, solicitou uma verificação. Como eu sempre digo em um tipo de gracejo: “Eu gosto é quando quebra! ”

Figura 1: Processador Vulnerável ao Spectre

Há, já disponível várias ferramentas de verificação.

Abre aspas

Utilizando a solução da Ashampoo Specter Meltdown CPU Checker, você recebe em minutos a informação sobre seu processador sobre a situação quanto às falhas Meltdown e Specter! Com o Ashampoo Specter Meltdown CPU Checker, você pode determinar com o clique de um botão, se seus sistemas são vulneráveis.

Ashampoo Specter Meltdown CPU Checker faz isso para você e verifica os dois potenciais vetores de ataque. Se o seu sistema for afetado, o programa oferecerá mais informações sobre como proteger seu computador. Ashampoo Specter Meltdown CPU Checker não requer registro ou instalação para funcionar.

Outras dicas importantes

Instale sempre as atualizações mais recentes do Windows. Se você desativou as atualizações automáticas, reative-as nas configurações de atualização do Windows através do painel de controle. Importante: alguns programas anti-vírus impedem a instalação de atualizações do Windows. Se você tiver algum problema, talvez seja necessário desativar temporariamente ou desinstalar os programas afetados.

Atualizar seus navegadores

Especialmente a vulnerabilidade Specter pode ser explorada através de navegadores de Internet. As atualizações do navegador podem impedir isso. Os usuários de navegadores baseados em Chromium (como o Chrome, o Opera ou o Vivaldi) devem permitir o isolamento do site de acordo com o Google. Para fazer isso, digite “chrome: // flags / # enable-site-by-process” na barra de endereços do seu navegador e clique em “Habilitar”. Em seguida, reinicie seu navegador. O Mozilla Firefox inclui uma correção para tornar o uso da exploração mais difícil a partir da versão 57.

Atualizar sua BIOS

Alguns fabricantes de BIOS começaram a fornecer correções para evitar os ataques. Visite o site do fabricante da BIOS para obter detalhes.

Atualize seu driver de gráficos.

Os fabricantes de placas gráficas estão atualmente investigando se as atualizações do driver podem impedir potenciais ataques. Visite o site do fabricante da sua placa gráfica para obter detalhes.

Manusear sites (desconhecidos) e anexos de e-mail com cuidado.

Para explorar as vulnerabilidades, os atacantes devem levá-lo a executar o código do programa em seu computador. Uma abordagem comum é usar anexos de e-mail mal-intencionado ou sites comprometidos. Tenha muito cuidado ao abrir anexos ou sites desconhecidos.

Fecha Aspas

Fonte/Autoria do texto: Ashampoo.

Navegador Brave: controle os anúncios e propagandas indesejadas e perturbadoras!

Ontem à noite meu filho caçula veio ao meu cafofo onde trabalho e passo a maior parte de minha vida perguntar como é que se pode entrar em sites sem ser incomodados por propagandas, anúncios, cliques, pop-ups, etc e tal. Para mim é até uma questão moral, pois, nos meus blogs utilizo sistema de propagandas, divulgações e meios de o blog se manter. Ele já conhece e utiliza o sistema Adblock. “O Adblock é uma extensão filtradora de propagandas para o Firefox, Chrome, Opera, Microsoft Edge, Internet Explorer, Yandex e Maxthon” – Wikipédia.

No entanto disse-me ele: Os sites que visito exibem mensagens do tipo: “Você usa o Adblock! Então você não tem permissão e não é bem-vindo em nosso site”…. Ou seja, criaram o detector do Adblock, e estão bloqueando quem utiliza o Adblock! Neste caso, para este caso, disse a ele: Eu utilizo seis navegadores. Isto mesmo! Eu tenho instalado em meu PC, 6 (SEIS) navegadores diferentes. Para o caso específico dele, apresentei o navegador BRAVE.

Eu uso o Brave para sites que apresentam insistentes, constantes, e muitas vezes irritantes meios de promoções e propagandas. Noutros sites uso outros navegadores. Afinal, eu reconheço a necessidade de se poder captar recursos por meio de cliques, porém, sem apelos e sem perturbar o visitante. Pois bem! O navegador Brave é um navegador novo no mercado, mas, tem suas qualidades.


Quando entro em um determinado site, blog, serviço em que sou BOMBARDEADO além do necessário, fecho o site e abro ele no Brave… Faça o download e teste o Brave! Vale o download e é compensador acessar sites de downloads, torrents, youtube, Facebook e verificar o tanto e o quanto de anúncios, propagandas se recebe por meio dos navegadores. Utilizo os navegadores para atividades diferentes. Uso O Microsoft Edge, Opera, Chrome, Iexplorer, Brave e Mozilla. O Brave utilizo para o youtube e sites de torrents, séries e filmes.

Faça testes

Veja na imagem abaixo o site do www.baixaki.com.br. No ícone do Escudo do Brave você tem acesso ao que controle do que se quer permitir em certos sites ou não. Por padrão, o Brave bloqueia Anúncios e Rastreadores. Bloqueia também Atualizações de HTTPS. Tentei bloquear Scripts, mas, o Facebook por exemplo, se nega a funcionar sem ele.


Faça seus testes e use o Brave para descobrir as vantagens de utilização do mesmo. Mas, quando for visitar o blog de Adão Braga – Serviços, faz favor de desativar os escudos do Brave!


 

Excel: Obter um número de recibo único e não repetido!

Presto serviços diversos na área de tecnologia. As empresas exigem de mim, pelo menos um recibo para que eu receber a grana devida. Eu fiz uma planilha para a emissão dos referidos serviços. Para registrar os números dos recibos usei uma função do Microsoft Excel com a intenção única de NUMERAR cada recibo. Usei a função =ALEATÓRIOENTRE(n inferior; n superior) e para referência dos números use: 0 e 100.000. Estava muito bem, quando uma gerencia reclamou de um número repetido. Tive que emitir outro recibo com outro número aleatório.

Não tem auto incremento no Excel

Desde então estava procurando uma maneira de o Microsoft Excel fazer auto incremento em um número em determinada célula. No entanto, “isto não é possível”. Não de maneira fácil e simples. Existe na internet vários exemplos, por meio de VBA, por meio de macros, para aumentar um número. Este não é o meu problema, e, este texto não vai mostrar como obter um número sequencial em uma determinada célula. A ajuda do Microsoft Excel informa que o Excel não tem função ou meios disponíveis para fazer auto incremento e numeração como se exige. Se você quer isto, MIGRE sua planilha para o Microsoft Access que lá tem auto incremento.

O que satisfaz a minha necessidade é ter um número ÚNICO, mas, não em sequência. Os recibos não têm que ter uma sequência do tipo: 1,2,3,4,5.6 | 100,101,102, etc e tal. Eu necessito apenas que os recibos não repitam os seus números. Assim, depois de muita leitura de tutoriais, explicações, criações em português, inglês e outras línguas (A extensão de traduzir do Microsoft Edge é uma maravilha) … NÃO CONSEGUI uma solução. Mas, as muitas leituras me deram ideias. Dentre as muitas ideias, uma resolveu meu problema.


Observe na imagem acima o número apontado pela seta.

AS FÓRMULAS!

 

Para obter este número, não utilizei programação VBA, apenas duas funções do Excel.

Na coluna E3 digitei: =AGORA(). A função AGORA é útil quando você precisa exibir a data e a hora atuais em uma planilha.

Na Coluna E4 digitei: =TEXTO(E3;”ddmm.aaaa.hms”). A função TEXTO permite que você altere a maneira de exibir um número aplicando formatação a ele com códigos de formatação. Isso é útil quando você deseja exibir números em um formato mais legível ou deseja combinar números com texto ou símbolos.

É um número ÚNICO! Ele representa o dia 30, o mês 12, o ano 2017, os minutos 18 e o segundo 9. Pronto! Meu problema está resolvido. Tenho um número ÚNICO DE RECIBO todas as vezes que vou imprimir. Não tem como repetir. Se repetir o dia e o mês, o ano não se repetirá. Se você necessitar imprimir muitos recibos, poderá apertar F9 para atualizar os segundos, e você vai poder imprimir até 60 recibos. 1 para cada segundo! Se necessitar de mais, continue apertando F9… muda de minuto, mude de hora e você terá muitos recibos a serem impressos com números UNICOS em um dia!

Você pode usar combinações do tipo: =TEXTO(E3;”dm.aa.hms”) que apresentará o número: 3012.17.4258. O número é dividido assim, 3012.17 é o dia 30 de dezembro de 2017. Os quatro últimos números, 4258 significa que se trata dos 42 minutos e dos 58 segundos.

Vida de técnico é assim: quando existe faz, se não tem, tem que inventar, criar, incrementar, inovar, RESOLVER! Pelo menos!

A informática JÁ DEVERIA SER MAIS FÁCIL!

Uma gerente e administradora de clínica me disse esta semana: “A informática JÁ DEVERIA SER MAIS FÁCIL, para todos nós, …, mas, a sensação é que a informática é muito complicada! ” Ela citou para mim a dificuldade que tem em entender as mensagens quando falta internet na empresa!

No Microsoft Edge a mensagem aparece assim:


Seja qual for a mensagem explicativa, ela me disse que não entende o que é que está sendo explicado. Não consegue com as orientações exibidas, resolver os problemas. Disse mais! Quando eu chego, eu resolvo rapidamente!

A informática como muitas outras atividades técnicas exige conhecimentos específicos, detalhes importantes que são adquiridos por informações de cursos, treinamentos, prática e anos de profissão, dedicação, atenção, anotações e experiência de campo.

Esta situação não diferente para as outras profissões, tais como: pilotagens de avião, moto, carros de F1, StokCar, navios, barcos, lanchas… tanto quanto o manuseio de aparelhos de medicina como ultrassons, cardiógrafos, esteiras, espirômetros, etc. A informática tal qual as demais profissões exigem empenho, estudos, cursos, qualificações, trabalho árduo e contínuo.

Como diz o ditado: a grama do vizinho sempre parece mais verde!

Se espalha mundo a fora, que, ao longo das últimas décadas, com a popularização dos recursos tecnológicos, com a ampla divulgação das redes sociais, que, as pessoas já “NASCERIAM” com habilidades específicas para manusear corretamente os apetrechos e bugigangas tecnológicas. Usar é de fato uma realidade. As pessoas usam com facilidade notebooks, celulares, computadores, sabem interagir, espalhar, compartilhar, curtir, ouvir, no entanto, instalar, fazer funcionar, deixar funcionando, realizar reparos, continua exigindo conhecimentos específicos de protocolos, interconexões, configurações, instalações, etc e tal. E já foi pior! Já teve tempo em que a piada era: PLUG AND PRAY!

  

Gerenciador de janelas da área de trabalho desabilitado

A reclamação do cliente foi a seguinte: Desde ontem que as janelinhas dos programas só me apresentam uma lista, e antes, aparecia as janelinhas pequenininhas. Quando olhei o computador entendi a reclamação.


Figura 1: Exibição em miniatura utilizando o Aero

Este recurso existente no Windows 7 é possível, desde que: os drives da placa de vídeo estejam instalados. Se necessário tem que atualizar o driver da placa de vídeo para versão mais recente disponível para Windows 7.

Para ligar e desligar o Gerenciador de janelas da área de trabalho

Os drivers estavam atualizados, então, fui aos SERVIÇOS do Windows 7. Utilizei as teclas de atalho: Windows+R. Executei o comando services.msc. Na lista de serviços, localizei o serviço “Gerenciador de Sessão do Gerenciador de Janelas da Área de Trabalho”. Desativei o serviço e iniciei de novo. Em “Tipo de Inicialização” altere para opção “Automático”.

Mas, este não era o problema. O problema era um programa que estava na inicialização do Windows 7, que modificava as configurações do vídeo. Neste caso, fiz o seguinte: utilizei as teclas de atalho: Windows+R. Executei o comando msconfig. Na guia inicializar desabilitei os programas.


A dica é: Se o problema não é o Gerenciador DESABILITADO, pode ser um programa interferindo na configuração.