A informática JÁ DEVERIA SER MAIS FÁCIL!

Uma gerente e administradora de clínica me disse esta semana: “A informática JÁ DEVERIA SER MAIS FÁCIL, para todos nós, …, mas, a sensação é que a informática é muito complicada! ” Ela citou para mim a dificuldade que tem em entender as mensagens quando falta internet na empresa!

No Microsoft Edge a mensagem aparece assim:


Seja qual for a mensagem explicativa, ela me disse que não entende o que é que está sendo explicado. Não consegue com as orientações exibidas, resolver os problemas. Disse mais! Quando eu chego, eu resolvo rapidamente!

A informática como muitas outras atividades técnicas exige conhecimentos específicos, detalhes importantes que são adquiridos por informações de cursos, treinamentos, prática e anos de profissão, dedicação, atenção, anotações e experiência de campo.

Esta situação não diferente para as outras profissões, tais como: pilotagens de avião, moto, carros de F1, StokCar, navios, barcos, lanchas… tanto quanto o manuseio de aparelhos de medicina como ultrassons, cardiógrafos, esteiras, espirômetros, etc. A informática tal qual as demais profissões exigem empenho, estudos, cursos, qualificações, trabalho árduo e contínuo.

Como diz o ditado: a grama do vizinho sempre parece mais verde!

Se espalha mundo a fora, que, ao longo das últimas décadas, com a popularização dos recursos tecnológicos, com a ampla divulgação das redes sociais, que, as pessoas já “NASCERIAM” com habilidades específicas para manusear corretamente os apetrechos e bugigangas tecnológicas. Usar é de fato uma realidade. As pessoas usam com facilidade notebooks, celulares, computadores, sabem interagir, espalhar, compartilhar, curtir, ouvir, no entanto, instalar, fazer funcionar, deixar funcionando, realizar reparos, continua exigindo conhecimentos específicos de protocolos, interconexões, configurações, instalações, etc e tal. E já foi pior! Já teve tempo em que a piada era: PLUG AND PRAY!

  

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *