Projeto Coletoras de Gotas #coletorasdegotas

PROJETO – COLETORAS DE GOTAS
De gota em gota, fazendo a diferença!

O projeto tem como único intuito fazer o bem.

Em outubro de 2013 um grupo de 10 amigas receberam a notícia que uma amiga estava com leucemia e de lá pra cá elas tem procurado diversas formas de tornar a batalha da amiga contra o câncer mais amena. Nessa tentativa acabaram criando o projeto COLETORAS DE GOTAS, sem fins lucrativos, que decidiram fazer o que fosse necessário para que a amiga guerreira pudesse sentir o quanto é importante e querida, para que ela percebesse de uma vez por todas que não estava sozinha nessa batalha.

O objetivo do projeto é alistar o maior número possível de “soldados” para lutar e movimentar positivamente a rotina de pessoas que assim como ela passaram, ou estão passando por situação semelhante.

Através da doação simbólica de gotas de tudo aquilo que julgam essencial, #ALEGRIA, #AMOR, #FÉ, #FORÇA e
#PAZ, para que possam seguir adiante, esperando de alguma forma fazer a diferença.

A missão é provar que apesar de tantas barbáries vistas no nosso dia a dia, existe nesse mundo dezenas, centenas, milhares de pessoas que se movem em prol de uma causa, fazendo o bem sem ver a quem.

Cuidar essencialmente de uma questão que, a cada dia, vem se tornando mais urgente: o cultivo de valores humanos fundamentais como: Amizade, Respeito, Sinceridade e Solidariedade.

O objetivo geral do projeto era colher 5000 gotas no período de 30 dias (1 mês), 20 cestas básicas e/ou alimentos não perecíveis para doação em Associação de Apoio a Criança com câncer.

Foram criadas equipes de

Gotas de Alegria – responsáveis: Nádia Souza e Jéssica Magalhães
Gotas de Amor – responsáveis: Tayane Conrado e Marta Santos
Gotas de Fé – responsáveis: Tatiane Fontana e Pamela Oliveira
Gotas de Força – responsáveis: Kátia Salles e Rita Filardi
Gotas de Paz – responsáveis: Jade Moura e Ana Paula Pires

Cada equipe, definidas por meio de sorteio terá uma meta semanal de 250 gotas.

O que são essas gotas? Como são recolhidas?


São fotos, simples assim, para participar basta escolher uma equipe, tirar uma foto com a gota e enviar via e-mail para atualização do blog coletorasdegotas.wix.com .

#ALEGRIA – coletorasdegotas.alegria@outlook.com
#AMOR –  coletorasdegotas.amor@outlook.com
#FÉ –  coletorasdegotas.fe@outlook.com
#FORÇA – coletorasdegotas.forca@outlook.com
#PAZ – coletorasdegotas.paz@outlook.com

Você ainda pode curtir a comunidade do Projeto Coletoras de Gotas no Facebook.

Este texto, Projeto Coletoras de Gotas #coletorasdegotas foi copiado do blog: 30 e Alguns.

Por que Microsoft é tão demorado para instalar o Internet Explorer?

A Microsoft é certamente ao longo dos últimos vinte anos a maior empresa de software, e por isto, é que certas coisas, certos eventos em seus produtos me deixa perplexo. Eu já escrevi outros textos criticando alguns destes aspectos. E hoje, volto a criticar. É mais do mesmo.

Muitas e muitas vezes tenho que instalar certa versão do navegador da Microsoft, por exemplo: em um computador com Windows XP, Service Pack 3, no máximo o Internet Explorer 8. Nalguns setores de algumas empresas, por, e para compatibilidade de requisitos dos sites tenho que usar o IE 10. Até hoje, 0606/2014 muitos serviços tem, e exige que se acesse o serviço com versões 9 ou 10.

Pois bem! Para ganhar tempo, o que é que os técnicos fazem? Vai ao site da Microsoft e faz o download do navegador. Se você é técnico de informática, certamente já esteve nesta página, abaixo exibido em imagem, para fazer o download de uma versão do navegador.

O que acho estranho, aliás, muito, muitíssimo estranho é ter que fazer o download duas vezes do navegador. O que é que acho estranho, é o seguinte: Para se instalar o Google Chrome, o primeiro arquivo que fará o download do navegador e fará a instalação, é uma arquivo de no máximo 1 Mb. Para instalar o Mozilla Firefox o arquivo também é pequeno. Para instalar o Flash Player. Para instalar o Java também. Mas, o Internet Explorer não! Faz-se o download do “arquivo completo”.

Tenho aqui no computador vários arquivos de instalação do Internet Explorer. É fácil comprovar. Eis uma imagem.

Preciso ter várias versões em vários formatos, pois, a quantidade de máquinas em que tenho que fazer serviços exigem-me muitos destes arquivos. E, em muitos casos, a internet não favorece fazer o download deste arquivo de instalação, alguns podem até achar que estou desatualizado, mas, não! Muitas vezes, a internet, em especial os clientes Velox, tem tido muitas dificuldades por aqui. Então é isto ai. Tenho que ter estes arquivos de instalação para não depender da baixa velocidade de download. E, evidente, ganhar tempo.

Mas que? A Microsoft não me permite ganhar este tempo. Pelo contrário. Me faz é perder o tempo em fazer o download destes arquivos acima. Veja a imagem abaixo o que acontece quando executo estes arquivos de instalação do Internet Explorer. Abaixo a imagem de instalação do Internet Explorer 10.

Depois, de ter feito o download do arquivo de instalação tenho que esperar mais. Não são poucos minutos não. Em alguns casos, mais de trinta minutos. Então eu pergunto: para que Microsoft se tem um arquivo tão grande para baixar se depois, no momento da instalação tenho que esperar mais outros tantos de tempo para se fazer o download do que eu supostamente tinha baixado?

Eu penso, que neste instante, o programa de instalação do Internet Explorer está baixando as atualizações do Windows, e não outros pacotes de instalação do navegador. É política deles fazerem isto. Para instalar o navegador, há uma “sem” número de atualizações a serem realizadas.

Seja como for, isto não me agrada, pois, outros navegadores, como o Mozilla e o Chrome tem pacotes menores para o download, e um tamanho semelhante para o pacote inteiro.

A tática DE SEMPRE de fazer oposição em Irecê.

Ontem estive em uma acalorada conversa com amigos de tendências e ideologias esquerdistas. Estão, em certo grau, desconfortáveis com a administração do Luiz Sobral.

É um povo, que tem uma mentalidade, para mim, estranha, e equivocada. Um dos interlocutores, quis me convencer de que o prefeito Luizinho Sobral está fazendo um péssimo governo por que, já responde a mais de vinte processos no Ministério Público. Como que, se eu não soubesse que esta, exatamente esta, é a técnica e tática de vários partidos de esquerdas. É a tática de querer, tentar dinamitar, fragilizar os adversários com processos. Não é algo novo. Lembrei-me este promotor na imagem abaixo, o Luiz Fernandes.

 

Este homem, por ocasião do governo de FHC processava todo mundo do governo. A impressão que eu tinha era que, bastava ser nomeado, e já era alvo de processos. Tá igual aqui em Irecê. A oposição, basta o prefeito fazer algo, que eles já estão na manhã seguinte na porta do Ministério Público fazendo uma denúncia. Pois, se o prefeito tá fazendo algo, certamente é algo contra a lei. Ainda que seja, apenas, algo contra a vontade e desejo deles.

Quis argumentar que, se responde processo, já é mal governo. Se já tem processo, já é corrupto. Ô tática desonesta de fazer oposição.

Quis argumentar que o grau alto de violência em Irecê, é exclusivamente causado pela desigualdade. O que rebati com algo simples: nem todas, ou, a maioria das pessoas e famílias que estão em desníveis sociais, e que tem grande abismo social, é um bandido, ou tenha optado por conduta criminosa. Pelo contrário! A maioria das pessoas que vivem a margem do que existe, são bandidos ou cometem atos desabonadores, imorais, antiéticos.

Outro ponto debatido foi quanto à imprensa, que segundo os mesmos, está rendida, genuflexa ao prefeito, que, segundo os mesmos, tem pagado, cooptado a imprensa local. Mas, quiseram ignorar que os ex-prefeitos (Zé das Virgens e Joacy Nunes) fizeram igual.

Pois bem! Quanto à imprensa, e as noticias, veja esta imagem abaixo:

O que é que tem esta noticia a ver com o debate político? Simples! O que, ou qual é a importância de haver esta noticia na grade de algum meio de noticia? Para mim, é inócuo. É irrelevante! É curioso saber que existem pessoas que leem tais noticias. É curioso saber que existem pessoas que recebem para escrever tais noticias. É curioso saber que existe pelo menos uma pessoa que acompanhou a vida de Jennifer Lopez de tal forma a saber que ela usou um vestido 14 anos depois.

Enquanto para muitos, isto não é, não ter o que fazer, estas pessoas, tem a fazer isto. Ora! Eu trabalho fazendo algo. Estas pessoas trabalham fazendo isto. Cada um em seu espaço.

Enquanto para alguns amigos isto é uma tentativa da imprensa de desviar a atenção; não publicar conteúdo “relevante”. Para outros é este tipo de informação que é relevante. É este tipo de informação que eles buscam.

E, tudo isto, é permitido num ambiente democrático. Eu aceito, apesar de questionar a mentalidade e atitudes dos amigos esquerdistas. Acho até uma perca de vida dedicar alguns anos, meses, semanas, dias até, a defender certas ideologias. Mas, nada posso fazer, a não ser aceitar que nas democracias, é possível viver e conviver com ideias contrárias. As vezes até ideias tolas.