Economia: Veja o Brasil e os EUA na mesma página

Este é daqueles post sarcástico. Veja por você mesmo a situação da economia brasileira, que faz parte do tal BRICS, e, que está no MERCOSUL, e que tem Dilma como presidente, Guido Mantegna como o todo poderoso. A crise mundial ainda afeta, evidente, o mundo! Há crescimento raquítico mundo afora. No entanto, o Brasil, que tem grande potencial patina em várias áreas. Não tem investimento, não se aprofunda em reformas necessárias. Só tem dinheiro para copa de 2014, direcionado para construção de estádios, 1000.G para o período da copa, aeroportos e tudo mais.

Sim! eis a imagem da página em que a Economia brasileira aparece lado a lado com a economia dos Estados Unidos.

brasil-eua

O texto tem este título: Economia dos EUA cresceu a um ritmo de 2,4% no primeiro trimestre. Eis o link ai no texto, mas, pode ser que ao chegar lar, o quadro à esquerda tenha mudado.

Esta semana, aliás, ontem, dia 29/05/2013, meu amigo Eddie Santana me contou sobre um dialogo que teve com um cliente sobre o valor de um serviço. Eis o dialogo:

Cliente: Seu serviço está caro hein? No ano passado, você me cobrou R$ 20,00. O que justificou aumentar para R$ 30,00?

Eddie: Ah! isto ai, foi antes de um quilo de farinha custar mais que um quilo de feijão. E quando o que a gente ganhava dava para pagar as contas do mês.

Não estáÉ isto ai! A inflação está sendo ensinada a esta geração que não sabiam o que era, nem como se vivia antes das mudanças na economia feitas por Itamar Franco, FHC e pela equipe do Banco Central na década de 90.

Educação de Cuba, a atual situação. Não é melhor nem na AL!

Tem uma lista que rola por ai sobre os tipos de amigos que se tem. São muitos tipos, e, são vários tipos de imagens que fazem para ilustrar os tipos de amigos. Bem! Eu tenho alguns amigos, que são iludidos com o marxismo, com o comunismo e com Cuba, mas, nenhum deles trocam esta região semiárida com muitas dificuldades com

Que eu me lembre, a última pessoa com quem conversei sobre Cuba foi meu amigo Henrique que tem e mantém o site voltado a noticias e informações sobre as novidades da tecnologia, o techmania.com.br. E o que conversamos foi sobre muitos assuntos, e sobre Cuba, que ele não quer ir para lá viver, me disse que lá tem a melhor educação do mundo, quase 100% das pessoas sabem ler, escrever e tem bom nível de escolaridade.

Agora a pouco, faz mesmo poucos minutos, li no twitter o seguinte:

educacuba

Duas informações importante. A informação de quem vive e mora em Cuba. E, o ranking das universidade da América Latina. É só clicar e acompanhar. Pelo visto há informações divergentes ai, não é? Mas, só os bitolados pelas ideologias outras par não perceber o visível e obvio. Mas evidente que isto tudo é culpa dos americanos e do embargo econômico imposto à ilha dos irmãos Castros.

A verdade é esta. A universidade de La Habana caiu do posto 54 para o 81 no ranking. 54 já não era uma ótima posição, e ter caído então! Falta agora os meus amigos dizerem o que sempre dizem: “é culpa duzamericanos ora!”

Mas, a verdade nua e crua, é que, Cuba, não tem a melhor educação nem na América Latina, quanto mais, a melhor do mundo!

Dilma não perdoou dívidas dos agricultores da região por causa de FHC, diz politico.

Nestas terça-feira, 28/05/2013 um certo politico foi entrevistado pela equipe do Jornal do Meio Dia da Irecê Líder FM. O tema da entrevista chegou até o antigo lengalenga sobre os agricultores endividados da egião de Irecê, que, por sinal, algumas vezes, já ouvi dizer que está relacionado com o número elevado de suicídio da região. Não sei se é verdade e se há relação de causa e efeito.

Algumas frases do referido “personagem” que, quis explicar, os quês e os porquês de o governo Federal, na pessoa da Dilma Rousseff foi capaz de perdoar milhões de dólares de alguns países do continente africano, e, não perdoa os agricultores regionais. Por que, benevolência para estes países mal pagadores, e a intransigência com os agricultores endividados. Eis abaixo o que anotei da entrevista.

1 – Os países vão poder comprar mais.

Segundo disse o entrevistado e que eu entendi, o governo brasileiro, na pessoa da presidente Dilma, foi generoso com os países africanos no intuito de favorecer e fortalecer o comércio com os tais países. Ou seja, o Brasil vendeu, não recebeu, perdoa a dívida para poder vender mais. Isto foge à lógica do mercado. Eis a conversa oficial aqui: Brasil perdoa dívida de países africano…

2 – Culpa de FHC

Não é piada não! Nem é chacota. O entrevistado disse em claro e bom tom, que as dívidas dos agricultores enrolados com o sistema financeiro, os endividados, não puderam ser perdoados por que são dívidas de governos anteriores, e os governos anteriores foram, as duas vezes Lula, e duas vezs FHC. Como Lula não entra na conta, evidente que ele falava dos dois mandatos do FHC.

3 – Documentos ainda em papéis.

Isto mesmo! Segundo o mesmo, a documentação dos agricultores ainda são do tempo do papel, e como não estão digitalizados, não podem ser perdoados. E insistiu na ideia de que o perdão dos países africanos é dívida pequena, e que a dívida dos agricultores está na casa dos bilhões.

A dívida pequena dos outros pode, mesmo que sejam muitos, mas, as dívidas pequenas de muitos brasileiros não, por que são pequenas dívidas muitos pequenos agricultores.

Ah! entendi!

Mais uma vez, é aquela tirada sarcástica do Adão Braga: agradeço aos 50%+1 que elegeu esta corja que ai está, faz mais de uma década, colocando-nos a pagar as bondades e as suas manifestações pessoais de apoio a todo tipo de canalhices.

4 – Políticos regionais incapazes.

Segundo disse o entrevistado da Rádio Irecê Líder FM, vários homens ligados a política e empresários influentes da cidade de Irecê e da região já tentaram barganhar e resolver a questão da dívida. Segundo, entendi, eles procuraram intermediar junto ao governo meios de renegociar a dívida, obter um abatimento, quiçá, um perdão, mas, até o momento, tudo em vão, ou pela ineficácia, pela desarticulação, desembaraço, incapacidade, ineficiência, inexpressividade dos tais, ou, mesmo insensibilidade do governo para com os devedores regionais. Ele até citou nomes, porém, para mim, foi só uma lista dos já acima adjetivados.

Existe vida virtual, inteligente e ampla fora das redes sociais!

Na semana passada encontrei com uma amiga que reclamou não me encontrar online, e que, não me vê mais no Facebook, nem no Skype, nem outros lugares na internet. E, posso dizer, que passo muito tempo conectado. Eu passo muitas horas do dia conectado em algum tipo de serviço, algum tipo de atividade ligada a download, e-mail, upload, conexões, redes e etc. No entanto, não uso com frequência as redes sociais.

Eu encontro mais vida pulsante fora das redes sociais. É fora das redes sociais que encontro o conteúdo e as informações que necessito. Aliás, é algo que muito me irritou nas redes sociais foi a repetição das informações. Acontecia, e ainda é assim, uma noticia que foi destaque nas primeiras horas do dia, as vezes tinha que vê-la se repetir por dezenas, centenas de vezes. Não que isto seja irrelevante. Mas, ler, acompanhar, identificar o mesmo conteúdo é muito chato, e me faz ficar assim, afastado do ambiente. Uma piada é repetida até que decidimos ignorar. Uma imagem é compartilhada e reprisada por todas as demais pessoas de minha lista. Como isto é chato e desanimador.

Quando digo que existe vida virtual, inteligente e ampla fora das redes sociais, quero enfatizar que o conteúdo que se repete aos montes nas redes sociais, podem ser encontrados, e melhor, pode ser recebido na minha caixa de e-mail por meio de newsletter, bem como, pode ser acompanhada por feeds.

Minha vida diária e virtual inclui ler os blogs registrados na minha lista de feeds. Como acontecem várias atualizações, revisito-os com frequência e me mantenho informado sobre as noticias. A parte pior, é que, quando chego no twitter, tudo que li nos feeds de noticias, lá estão sendo replicados. Quando abro o meu e-mail lá está o aviso do twitter: fulano, beltrano, cicrano tem twiters interessantes, clique aqui para acompanhar; bem como, os avisos do Google+ que insiste em querer me notificar que cicrano de tal, beltrano e fulano publicaram. Não quero saber. As redes sócias não me são atrativas.

 

Uma ótima fonte de informação são as newsletters. E tenho-as aos montes. Só de tecnologia são pelo menos quatro. Olhar Digital. INFO Online. Microsoft: Segurança e TechNet. Há também as newsletter de política, os feeds tecnológicos, blogs pessoais, noticias em geral, os de concursos públicos, e também os referentes a justiça. Assim, me mantenho informado sobre vários assuntos, e, permaneço longe do conglomerado e enfadonho ambiente que é, que se tornou, que são as redes sociais.

Por outro lado, procuro muito por links e conteúdos que nem sempre aparece nas redes sociais como por exemplo, séries, filmes, animações e músicas. Tudo isto eu encontro fora das redes sociais, e é aqui fora, que pretendo me manter, pois, aqui, fora das redes sociais, existem muito mais vida e muito mais conteúdo do que dentro das mesmas.

Na minha opinião, as redes sociais são papagaios ou qualquer outro tipo de animal que aprendeu a REPETIR a fala humana, mas, comunicar ideias, criar um ambiente propício a troca de conhecimento e a perpetuação das ideias, as redes sociais não conseguem fazer.

Aqui em casa, felizmente, conseguimos unir vida social, vida familiar, cotidiano familiar com a vida social virtual. Existe vida fora das redes sociais. E eu, garanto: muito mais pulsante do que lá dentro, que só repete, se multiplica os compartilhamentos, e não me intimidam os que pensam que estou errado, que o bom é estar conectado nas redes, saber o que os amigos estão fazendo, o que estão comento, onde estão, como foram, como chegaram… bem! Isto não me atrai. Alguns até já me disseram que as redes sociais são grandes meios de divulgação de ideias, de conteúdos, de promoções, de propagandas, de interação, de novas possibilidades.

redessociais.

Eu continuo a preferir a vida virtual, inteligente, e ampla que existe. E, por outro lado, como escrevi acima, a maioria dos conteúdos que nas redes sociais vem em forma de links e de comentários outros, eu recebo nas newsletters e também na minha lista de feeds. E isto me basta.

Como excluir as senhas que o Windows grava no computador?

Esta semana tive que alterar minhas senhas dos serviços da internet. E, tive que lidar com a situação no meu computador, que, o Windows tem um serviços de Gerenciador de Credenciais que grava e mantém “sob sigilo” as senhas utilizadas.

O Gerenciador de Credenciais ajuda a armazenar credenciais, como nomes de usuário e senhas em um único local conveniente. Essas credenciais, que você usa para entrar em sites ou em outros PCs de uma rede, são salvas em pastas especiais do PC. O Windows pode acessar essas pastas com segurança e usar suas credenciais armazenadas para fazer seu logon automaticamente em sites ou outros PCs.

Depois de trocar todas as senhas, fui ao Gerenciador de Credenciais e limpei todas as senhas gravadas. E fiz isto, porque, a cada site que eu tinha que entrar, o Internet Explorer avisava que a senha não conferia com a senha gravada.

 

Você pode chegar ao Gerenciador de Credenciais, pelo menos, de duas maneiras fáceis. Uma usando o Internet Explorer. Outra usando o Painel de Controle.

  • Usando o Painel de Controle.

Você abre o Painel de Controle no Windows 7 assim: Clica no botão iniciar, aponta para Painel de Controle; Clica em Painel de Controle. No Windows 8, você aperta a tecla Windows + X, clica em Painel de Controle. Em qualquer um deles, você pode usar a tecla Windows + R, digitar CONTROL e clicar em OK. Destas maneiras acima descritas, qualquer uma delas você vai abrir o Painel de Controle do Windows.

Abaixo, uma imagem apresentando o Painel de Controle na forma padrão.

painel

 

Para acessar o Gerenciador de Credenciais, clica em Contas Usuários e Proteção p/ Família. Feito isto, você terá esta tela

gerenciador

Com este clique você vai chegar ao aplicativo em que todas as senhas permanecem gravadas. Veja  o que existe no meu computador nesta imagem abaixo em que aponto as informações das contas gerenciadas, e os números indicam o que pode ser feito.

contas

Sem muitas explicações. Só mesmo a imagem é suficiente, mas, insisto em explicar. 1) aponta  uma conta cadastrada, é um e-mail do domínio adaobraga.com.br. 2 e 3) é funcionalidade do gerenciador. Você clica nestas setas circuladas e as informações são expandidas ou contraídas. 4) – Se você clicar em Mostrar, vai pedir para você digitar a senha de um usuário Administrador do computador. Se clicar no item 5, você tem que confirmar a exclusão, e também, informar a senha de usuário administrador.

Neste serviço, você pode ver as senhas gravadas, e também excluir as senhas.

Usando o Internet Explorer.

Você também pode chegar a este recurso utilizando o Internet Explorer. Para isto, clica em Ferramentas, e depois em Opções da Internet. Siga a imagem abaixo.

iexplorer

Se você clicar no item 5, você tem a opção de EXCLUIR todas as senhas gravadas no seu computador. O gerenciador de credenciais permite dois tipos de gerenciamento;

1 – Gerenciamento Web

2 – Gerenciamento Windows

Fácil! Siga esta dica sempre!

O fim do Bolsa Família e a Caixa Econômica auxiliando

Sobre o Bolsa Família eu já imaginava que isto não iria acabar tão cedo e não vai parar de aumentar, ainda que o governo insista em dizer que já “acabou com a miséria neste país”. Como diz alguns: Eita Miséria! Depois do burburinho e das acusações levianas, das trocas de farpas, já se começa a querer desdizerem o que já foi dito, e que, agora, ninguém sabe de onde veio, com que intuito foi lançado, nem há culpados. Só fatos.

No site da Caixa já está estes avisos abaixo em imagens.
bf1
E o segundo quadro tem este outro aviso:

bf2

Isto vai ser igual aos escândalos passados[bb]dos aloprados, que ninguém sabe de onde veio o dinheiro, ninguém quem pagariam, a quem interessava, quem fez o que, nem quando… ou, todos sabemos, mas, não há provas; há evidências, mas, não há atos de oficio; todos sabemos os culpados, mas, não temos como incriminá-los, pois nos falta, o ônus das provas.

Eita povo safado, mau caráter, descarados, inimputáveis, acima do bem e do mal e que quando caírem, eu vou rir muito.

Até agora, não li nada explicando[bb]como foi que surgiu o boato. Mas, já vejo que estão usando a internet para desmanchar o tal, como se, só neste meio é que existissem os meios, o modo, o jeito certo de fazer o que foi feito. Se, os que foram para as agências da CEF, foram por terem sabido pela internet, pelas redes sociais, por que recebem bolsa-família? Eu sempre acreditei que o beneficio fosse para auxiliar pobres, extrema pobreza, erradicar a miséria.

E, quem tem acesso a internet, redes sociais, tem celular, motos, carros… não faz parte da lista dos critérios para receber o auxilio miséria. Por outro lado, este boato revela bem, com que tipo de gente está cadastrado e recebe estes auxílios, não é? No mínimos desinformados, para economizar[bb]substantivos e adjetivos.