Brasil: Um país de exclusão.

Leio neste instante pelo site de noticias do Agência Brasil – Empresa Brasil de Comunicação a noticia de que somente os brasileiros beneficiários do Bolsa Família poderão enviar cartas sociais. Veja abaixo a introdução a noticia:

Sabrina Craide
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A partir desta segunda-feira (12), apenas os beneficiários do Programa Bolsa Família e seus dependentes poderão utilizar o serviço de Carta Social, que permite o envio de correspondências simples por R$ 0,01. Segundo os Correios, a mudança tem objetivo de facilitar o acesso aos serviços postais às camadas menos favorecidas da população.

A norma foi definida pelo Ministério das Comunicações em dezembro do ano passado. Na ocasião, o ministro Paulo Bernardo explicou que as regras foram alteradas porque o benefício estava sendo usado por pequenas empresas, o que distorcia a finalidade da Carta Social. “Então, fizemos uma restrição no uso, para que ele seja utilizado pelo público para o qual foi idealizado” – Portagem de carta a R$ 0,01 .

Observo aqui a exclusão: “Antes da mudança, a Carta Social podia ser utilizada por qualquer pessoa física[bb], desde que o endereçamento fosse manuscrito e respeitando os mesmos limites de peso e de postagens por dia”

Este governo que continua a dividir o povo brasileiro[bb] em grupos, facções, castas, segmentos, e insiste em que certas categorias podem usar tal recursos, e que outras não pode, você pode isto, e você não pode

Tá no texto “… fizemos uma restrição no uso, para que ele seja utilizado pelo público para o qual foi idealizado”. No entanto, eu pergunto: Há o uso maciço deste recursos pelas pessoas mais pobres do Brasil[bb]ou é mentira de que os pobres brasileiros não tem mais acesso as tecnologias: e-mail, chat, mensagens instantâneas, redes sociais…

Cada dia que passa o governo desmente a si mesmo.

[lomadeewpro category=’93’ keywords=’samsung, sony, nikon, pixel, mptudo’]

Brasil! Quem somos os excluídos?

[lomadeewpro category=’3737′ keywords=’externo, terabyte, gigabyte, samsung, hitachi’]

Nesta sexta-feira passada 09/03/2012 me aconteceu algo para terminar a semana totalmente apoquentado. É que as vezes fico insatisfeito em pertencer ao grupo de pessoas totalmente excluido de direitos. As vezes penso que para a categoria de pessoas ou famílias a que pertencemos, só temos deveres.

Neste Brasil em que ser minoria, ter tido um ta-ta-ta-ta-tataravó que foi vendido como escravo em algum país da África, ter nascido com um gene que ficou confuso com o que seria neste mundo, e, neste caso, fez alguém nascer com uma fisiologia, e com outro aparência, não gostar ou não ter condições de ter um trabalho, não ter condições de ter uma renda maior, … etc é critério para se ter direitos especiais além do que as leis estabelecem… ai criam novas leis dando-lhes mais direitos.

[bb]

Pois bem! Adiante. Aconteceu que estando eu na fila da loteria para pagar algo, me chega um cidadão, vai se abeirando, chegando perto, boa conversa, com as mãos cheias de papeis… e zap! Tomou a vez na fila. Eu reagir.

– Senhor! Agora é a minha vez! A fila é ali!

– Eu tenho mais de 61 anos de idade. Eu tenho direitos garantidos! Me respondeu alto e grosseiramente.  Ele estava apenas se aproveitando, tal qual várias mulheres que pegam crianças de vizinhas e amigas para poderem não pegar filas. E, aqui já existe até a criança de aluguel para fila. É só olhar e ver como o esquema funciona.

Eu não queria debater com ele. Nem quis ficar no lenga-lenga. Do disse e me disse. Mas, ele não se contentou ter o direito assegurado e respeitado. Ficou esmoendo. Ai, é muito para minha pouca paciência. Eu então disse-lhe:

– Este país, senhor, tá assim! Cheia de minorias com muitos direitos. E pessoas como eu, que não sou jovem para o governo amparar, não sou negro, nem descendente de quilombola, não sou homossexual, não sou amigo de politicos, não voto no PT, nem na base aliada dele, não tenho direitos, só tenho deveres. Tenho que pagar minhas contas, pegar fila, não ter saúde, nem segurança, nem saúde…

Ele saiu de lá, e veio pedir desculpar e me estendeu a mão. Não adianta! Minha mãe já dizia isto de mim desde que eu era um moleque, não sei fingir simpatia.

– Baixe sua mão! Eu não quero apertar sua mão não senhor! E da próxima vez, o senhor apresente sua RG para ter seu direito assegurado, por que sem RG, o senhor não vai na minha frente, porque o senhor não tem aparência, nem jeito, nem educação de alguém com esta idade.

E já saíndo, vim para casa. A verdade é esta. Eu pertenço a uma classe social excluida e sem direitos. Não sou baixa renda. Não sou negro. Não sou quilombola. Não sou indio. Não tive familiares torturados na ditadura, não sou homossexual, não sou mulher, não idoso, não sou protegido do ECA,  e um tanto de NÃO SOU… o que sou mesmo é excluído, por que cada um deste grupos ao serem-lhe assegurado direitos, beneficios, reconhecimentos, etc, me excluem. A mim, só me resta o cumprimento da lei, e tão somente!

Como uma orda de babacas, idiotas, resignados vivemos cumprindo a lei, e ainda sendo achacados de que cometemos pequenas corrupções como cortar fila, comer no supermercado … e que por isto, não temos moral de reclamar dos demais. Mais exclusão e discriminação sobre nós.

A pior semana do ano terminou.

Esta semana não me foi grande coisa. Para nós ela começou com a morte de Drashi Borges na madrugada de domingo 04/03/2012.

Na segunda-feira tivemos o desfecho trágico da história de Julia. E soubemos da história macabra, mal explicada, tenebrosa. Tá na internet a história.

Não esperava terminar esta semana de forma diferente de como terminou, ou seja, do jeito que começou: desgostosa, triste e acabrunhada. Neste ano de 2012, esta foi a pior semana que tivemos. O bom é que terminou. A nossa pior semana, não se compara à pior semana de outras familias.

Como usar o gotoxy() no Dev C++

Recebi o projeto do professor para ser entregue na próxima terça-feira, ou seja, adeus fim de semana de namoro e tranquilidade. Bem, o objetivo é outro. É que até hoje nunca consegui usar a função gotoxy(x,y) nos programas compilados pelo DEV C++. Fui buscar respostas na internet, e eis que deparo com o seguinte tópico em um site de programação. Revoltado com a situação ele explica o que acontece com ele assim:

#include <iostream.h>
#include <conio.h>
int main()
{
gotoxy(1,1); // Not important where
cout << “Hello world.”;
} // end main()

Retorna o erro seguinte: error: `gotoxy’ undeclared (first use this function).

Eu usei gotoxy de CONIO. h em outros compiladores sem qualquer problema.

O que está acontecendo aqui? Verifiquei o CONIO. h e ele tem essa única linha: void gotoxy #int x, int y #;

# Aviso padrão:

Note que eu ainda sou um programador iniciante e meu maior obstáculo foi,  pessoas assumindo que sabem mais do que eu.

Por favor, não responda como alguém que disse algo como:”tente SetConsoleCursorPosition  # GetStdHandle # STD_OUTPUT_HANDLE #, # COORD # {x – 1, y – 1} #;”

Você só vai ter um olhar vazio volta.

Também, dizendo-me para obter um novo compilador, vá comprar um livro ou tentar algumas outra biblioteca; Isso não é uma solução que fará com que eu conceda  crédito por sua resposta.

Eu posso fazer o BASICO sem um engate. Pequenos problemas na estrada de c++ tornam-se obstáculos intransponíveis, porque as pessoas não estão dispostas a dar respostas simples que existem.

Eu não quero ser rude, mas esta é a única maneira que eu posso usar para obter respostas de programadores experientes. #

Então tá dito para todos! Eu li aqui: Expert Exchange – Prorgramming C

Para você que não consegue usar a função gotoxy(x,y). Para você que sempre que vai usar a função gotoxy() e recebe como resposta do compilador a informação:

error: `gotoxy’ undeclared (first use this function)

A solução é esta que apresento aqui, e logo abaixo:

1 – Faça o download deste arquivo: conioc.zip.

São apenas três arquivos:

O arquivo conio.c: coloque ele na pasta C:\Dev-Cpp\include
O arquivo conio.h: coloque ele na pasta C:\Dev-Cpp\include
O arquivo libconio.a coloque na pasta C:\Dev-Cpp\lib

Com isto você poderá usar as seguintes funções:

textcolor(), textbackground(), clrscr(), gotoxy() […] Use o seguinte também: #include<conio.c>

S.O.S Drashi Borges

Eu não tenho lembranças de eventos, atos, ações, palavras, atitudes que eu tenha feito que me faça vergonha. Mas, uma única atitude eu gostaria de mudar e conto o que aconteceu.

Eu tinha um cachorro que era muito legal. Quando chegou em casa, ficamos vários dias discutindo qual seria o nome. Como não chegamos a um acordo, o chamativo CHÔLIN, pegou e permaneceu. Ele sempre me acompanhava. Numa quarta-feira, no centro de Nanuque, um homem quis apropriar-se dele, alegando que era o cachorro dele que estava desaparecido. Eu fiz a proposta:

– Segura ele! Eu vou embora. Quando eu estiver longe o senhor solta. Se ele for o cachorro do senhor, o senhor leva.

Ele não ficou com o homem. Ele correu e me ofereceu dinheiro pelo cachorro. Eu recusei. Afinal, nenhum dinheiro comprar amor e sentimentos nobre, seja por coisa, bicho ou gente. Aconteceu que no dia seguinte eu impedi Chôlin de ir comigo, pois fiquei com medo daquele homem roubá-lo. No entanto, quando cheguei em casa no final da tarde, haviam envenenado o meu cachorro. Quando cheguei, e o peguei no colo, ele morreu. Foi uma das partes tristes de minha infância.  Se pudesse, eu mudaria o fim desta história.

Recentemente, Kaio encontrou na rua um cãozinho abandonado. Recém nascido. Logo perto estava quem o abandonou. Justificou que ele só dava  trabalho. Kaio o acolheu. Doente. Fraco. Débil. Com cuidado, banho, alimento o bicho reergueu-se.

No entanto, nesta semana, um frango assado que pedimos para o almoço de terça-feira nos provocou mal. Eu e Kátia estivemos muito mal. Eu fui para o hospital. Passei uma manhã sendo medicado no HRI. Drashi não teve nossa resistência.

Está a beira da morte. Ontem, Kaio, com a cara e coragem o levou a clínica veterinária. Ficará internado até terça-feira. O médico veterinário disse que se ele passar por estes dias, escapa.

Além dele, nossas atenções estão voltadas para Kaio que ficou bastante abalado pela situação. Ontem esteve bastante triste com a informação do veterinário que foi categorico em não prometer nada mais do que: vou cuidar dele. Se vai viver eu não sei. Farei o que existir de ação possível na medicina veterináia e tudo que puder fazer, será feito.

É isto! Com meu filho está acontecendo algo parecido que aconteceu comigo. A diferença é tão somente a idade entre nós. Me aconteceu algo parecido quando eu tinha uns onze anos.

[lomadeewpro category=’3606′ keywords=’hp, samsung, brother, laser, office, cartuchos, toner’]

Windows 8 Consumer Preview: Requisitos do Sistema

Já estou fazendo o download do Windows 8 Consumer Preview. Recentemente baixei e instalei o Windows 8 Developer. E gostei! Além de gostar, escrevi vários textos explicando minhas experiências com o sistema. Tá tudo ai no blog.

Windows 8: Consumer Preview

 

O que me anima com o novo Windows é a regressão da exigência de hardware. Até o lançamento do Windows 7, a máxima, e a verdade divulgada era esta: Novos hardwares exigem mais do Sistema Operacional ou Sistema Operacional exige hardware mais poderoso. Quaisquer outras variantes dando a ideia.

No anuncio do Windows 8 quanto a exigência de Hardware é animador saber que muitas pessoas poderão usar o Novo Sistema sem ter que comprar um novo computador. Eis os requisitos anunciados:

Requisitos do sistema

O Windows 8 Consumer Preview funciona muito bem no mesmo hardware que executa o Windows Vista e o Windows 7:

  • Processador: 1 gigahertz (GHz) ou superior
  • RAM: 1 gigabyte (GB) (32 bits) ou 2 GB (64 bits)
  • Espaço no disco rígido: 16 GB (32 bits) ou 20 GB (64 bits)
  • Dispositivo gráfico Microsoft DirectX 9 ou superior

Requisitos adicionais para usar determinados recursos:

  • Para utilizar a interface touch, é preciso ter um tablet ou monitor touch
  • Para acessar a Windows Store e para baixar e executar aplicativos, é preciso ter acesso à Internet e uma resolução de tela mínima de 1024 x 768
  • Para ajustar aplicativos, é preciso ter uma resolução de tela mínima de 1366 x 768

Desde o Windows 7 que a Microsoft tem feito assim. Agora é só esperar e ler os comentários dos linuxistas do tipo: “Isto já existe no Linux e melhor”, “A Microsoft não criou, copiou” … e por ai!

[lomadeewpro category=’77’ keywords=’samsung, android, tablet, dual chip, nokia, mobile, celular, smartphone, comunicação’]