Em busca da inocência perdida

Como é que se lembra das coisas que aconteceram? Não me preocupa isto. Sei que tenho muitas lembranças da infância, da juventude, da adolescência e menos dos dias vividos na última década.

Quando ouvi a primeira vez a voz de Bryam Adams, e o vi na TV num vídeo clipe, foi, talvez a primeira vez que questionei se a vida era ou não justa. Para comigo, tenho certeza que não era. E, que me lembre, com Bryam Adams foi a primeira vez que desejei ter a aparência, a voz e tudo que outra pessoa possuía. Pura inveja ou admiração? Nunca quis fazer tal diferença.

O fato é que olhava para o espelho e perguntava: Porque não nasci mais bonito? O fato é que desde aquela época e muito antes, a aparência, o sucesso, a fama é também sinônimo de bênçãos, ser abençoado, ter sido agraciado, e que a vida é mais fácil para uns do que para outros.

bryam-adams

Eu sempre achava as músicas do Bryan Adams bonitas, e procurava traduzi-lás para saber sobre o que ele cantava, e isto fazia com a admiração aumentasse. As músicas eram lindas de todas as formas que se pudesse ouvir. Mesmo que ele não fosse o autor das letras, assim mesmo era lindo ouvi-ló.

Mas tarde, por ocasião da morte de Kurt Cobain, passei a questionar se eles estavam contentes com o que tinham, se eram felizes com o que se tornaram. No entretanto, ainda assim, a venda de uma vida feliz com a cara de Bryan Adams, Bon Jovi, Kurt Cobain, ou seja, a felicidade, o sucesso, a fama tem a cara de jovens brancos, olhos claros, talentosos e ricos. Isto enchiam-nos de alegria, mesmo quando não eramos nem tinhamos nada disso.

Havia alegria, mesmo que não fossemos iguais a eles, havia em nós a alegria de saber que existia tais belos, tais talentos para alegrar e satifaszer nós outros que nada tinhamos e nada eramos em comparação a eles, mesmo que injusto, assim é a vida, assim é a existência. A morte de Michael Jackson, para esta geração foi, talvez mais uma chamada para a realidade de que a vida acaba, mesmo para eles. Isto as vezes pode levar alguns a certo desespero, a certas angústias. Eu, por outro lado, entro em reflexão. Tal qual agora.

Minha vida já teve um pouco de tudo, e de tudo um pouco. Fé. Religião. Politica. Amor. Desamor. Encanto. Desencanto. Ilusão. Desilusão. Alegrias. Tristezas. Músicas. Agouros. Já fui de um extremo a outro, e penso que a vida permite tais mudanças.

Ainda hoje, lembrei-me de que dos meus hoje, 42 anos, dezessete anos, eu li a Bíblia todos os dias e sentia-me o mais feliz dos cristãos, bem como já me senti o mais injustiçado e esquecido pelo Pai Nosso.

Certo tempo depois passei a persegui um meio inexistente: desejei muitas vezes voltar a ser o menino que como dizia Cazuza, sonhava em mudar, transformar o mundo. Este período, eu chamei de: em busca da inocência perdida, e por fim me desiludir com tal ideia, e soube que nunca se consegue voltar a ser como se era antes de saber como é o bem e como é o mal. Nunca se pode.

Os livros que li, aprendi o que pude, não releio livros. Os filmes que vi aprendi a ver as ideias de outras pessoas. Os filmes, consigo revê-lós. Consigo aprender novas coisas com eles. Aprendi a interpretar ideias e a estudar as pessoas.

Já aprendi muito, porém, eu tenho vontade de mais. Eu quero iniciar e terminar um curso superior. Eu quero criar, iniciar, desenvolver e tocar até os últimos dias de minha vida, um projeto de informática que foi idealizado há pelo menos quinze anos. Apesar de pouco dormir, continuou a sonhar.

Meus ídolos continuam a surgir e a irem. Eu sei quando morrerei, e por enquanto nada disso me preocupa. A vida continuará. Tenho apenas algo que não posso evitar: a solidão que me aguarda.

Nem sempre se consegue todas as resposta. Por exemplo, nunca soube se o Bryan Adams é um moço feliz com a vida e as escolhas que fez. Eu sou com as minhas!

Nova versão do AVAST 5!

Recentemente a versão 5 do AVAST chegou ao mercado. Até então, eu sempre fui negativo a este antivírus. A versão paga até poderia ser boa opção, mas a versão grátis … não merece adjetivos, além de RUIM. Não detectava os vírus, e quando detectava não os removia.

Porém, a nova versão tenho testado há cerca de trinta dias. Estou satisfeito com as mudanças. Eis abaixo até o momento algumas melhorias que faço elogios:

1 – O Registro. Era ruim ter que ir ao site do AVAST e preencher o tal formulário, digitar o CAPTCHA, receber o e-mail, copiar o código e inserir no lugar certo. Nem todos sabiam seguir todos os passos exigidos.

 registro

A nova versão, você clica em Manutenção. Abaixo surgirá a opção REGISTRO. Com uma conexão de 100 k, o registro é feito em trinta segundos. Você responde umas perguntas básicas e pronto, seu AVAST está devidamente registrado, e com validade de um ano, a contar da data do registro.

2 – Ação e Cores. A ação do AVAST em detectar, remover e verificar a situação do software está mais eficiente e atrativa. Ao encontrar problemas com os recursos do sistema, ele muda de cor, e emite alertas.

AVAST - inseguro-1

3 – Detecção e Remoção. Testei o novo AVAST em computadores diversos, e com alguns tipos de vírus. Ele detectou e remover satisfatoriamente os vírus e outras ameaças nos computadores, nos pendrivers e nos cartões de memória das máquinas digitais e de celulares.

4 – Notificações. Ficou encantador as notificações do novo AVAST. Para cada ação concluída ou iniciada uma voz feminina agradável entra em ação e diz:

  1. As atualizações foram instaladas;
  2. O escaneamento foi concluído;
  3. Foi encontrada uma ameaça;
  4. Uma ameaça foi removida
  5. … etc..

5 – Configurações.  As configurações do novo AVAST 5 é bem mais simples e acessível. Na parte superior da tela, junto aos botões do Windows (Minimizar, Restaurar/Maximizar e Fechar) está CONFIGURAÇÕES.

configurar-avast

Ele segue o padrão  de guias semelhante ao Office 2007 quando se aperta a tecla ALT as teclas de atalho surgem. Veja na imagem, que para acessar o centro de ajuda = C, para configurações ALT + O. Facilidades para todos os usuários, principalmente os iniciantes.

6 – Escanear. A ação de procurar por vírus e outras pragas ficou mais fácil. O AVAST 5 permite os seguintes tipos de ESCANEAMENTO em sua máquina:

escanear

Há várias outras melhorias, e que você poderá conferir ao fazer o download desta nova versão do AVAST. Vale cada minuto de espera pelo DOWNLOAD. 

Doravante, eu indico a versão 5 do AVAST! Finalmente fizeram um versão grátis que satisfaça aos usuários domésticos.

Chauí desmente Lula e diz que há presos políticos em Cuba

Hoje recebi um e-mail da Revista Veja me convidando para entrar em seu acervo digital no ano e no dia em que eu tinha certa idade. Pois bem, lá fui eu. Cai na  Veja número 931 de 9 de julho de 1986. Nas páginas amarelas tem-se a entrevista com a intelectual petistas Marilena Chauí. Abaixo imagens copiadas por print screen deste link: Acervo Digital VEJA.

filosofa-chaui

Li a entrevista e olhei a revistas digital no todo. Da entrevista, veja esta opinião dela em 1986.

Sobre os presos politicos em Cuba: “Quando Lula fala, o mundo se ilumina” – Disse ela. Agora que o iluminador do mundo comparou presos políticos em Cuba com presos comuns, delinquentes no Brasil, descubro nesta visitação digital ao passado, que Lula, está hoje, iluminando as idéias do passado desta mais renomada e famosa filosofa brasileira.

chaui X Lula

Sobre campanha política: Também se pode descobrir na tal entrevista, com quem o PT aprendeu a fazer campanha política antecipada, bem como dizer que fez o que não fez, que concluiu o que não começou. Veja este recorte abaixo:

campanha-antecipada

O passado ilumina nosso presente, e ensina a evitar erros. Olhar para trás nem sempre é dolorido. Quem não aprende com o passado, está fatalmente destinado a errar no presente, e também no futuro.

Uma nova ONU, segundo Lula e companheiros!

Eu também gosto de ler Histórias em Quadrinhos. Gosto das tramas, das sagas e da maneira como os criadores vêem o mundo, profetizam tecnologias, usam e abusam de clones, e também exploram e colocam em choque diversos conceitos morais, éticos e espirituais.

Nas HQ há também os conflitos políticos e os conflitos de poderes. Para combater os crimes no mundo, Superman ajunta com vários heróis e criam, com o patrocínio das empresas do Bruce Wayne uma estação espacial para a Liga da Justiça.

Com a idéia de que a Liga da Justiça não é uma instituição democraticamente eleita pelos humanos para tal função, Lex Luthor reúne os contrários a Liga da Justiça e acomunados, criam outra liga, (Legião do Mal) que combate a Liga da Justiça, inclusive arregimenta para eles e divulga entre os humanos comuns e sem poderes, a idéia de que a Liga da Justiça não é confiável, e há diversos elementos para tal.

legiao-do-mal

É uma ficção não é? Uma ficção das boa! Mas, o que vemos em curso no mundo, liderado pelo Lula, o presidente eleito pelos brasileiros é algo parecido.

Lula, tem ajuntado em torno de si, vários homens, com idéias discordantes da ONU, OEA, OTAN, etc. e tal. Tais homens que o Lula apóia e tem se ajuntado, formam, a semelhança do Lex Luthor a pior escória em matéria de liderança mundial. E com qual objetivo? Para mim, e para muitos outros, tão somente, criarem uma NOVA ORDEM MUNDIAL, a ordem deles. Eis abaixo a nova formação da Liga Mundial do Lula.

nova-ONU

Falta alguns, mas, eles ainda irão se reunir para traçar novos planos para o mundo. Aqui no Brasil, já se vêem indícios do pensam e do querem realizar.

Semana do cão!

Hoje, ao começar as instruções sobre informática na Cursotec, tive a nítida sensação de que muitas pessoas tiveram uma semana não muito boa. E, isto vem contribuir com minhas observações quanto aos movimentos cíclicos de eventos e acontecimentos.

E porque tal sensação? Porque nos meus momentos de filosofo inglório e bastardo, advogo e defendo a tese de que há movimentos e acontecimentos que atingem milhares de pessoas num determinado tempo, enquanto outras gozam de situação contrária. Nas palavras de Tim Maia, ele cantava assim:

Ah…se o mundo inteiro me pudesse ouvir
Tenho muito pra contar, Dizer que aprendi
Que na vida a gente tem que entender
Que um nasce pra sofrer, Enquanto outro rir
Mas, quem sofre sempre tem que procurar
Pelo menos vir achar, Razão para viver

A frase em vermelho, ainda que não constante, reflete de alguma maneira como nos sentimos e como passamos alguns momentos de nossa existência.

Esta semana foi assim, ou seja, sentimos que nascemos para sofrer, enquanto outros a nossa volta rindo. Não sabemos de que, ou do que, mas vimos. Continuando o primeiro paragrafo, quando iniciei as instruções e tinha apenas dito:

– Esta semana… Uma das presentes assim completou:

– … foi do cão, professor! Uma semana de cão esta, viu?!

brasinha05-cortada Imagem: GibiHouse

Entende-se pela expressão do tipo: “Do cão”, “é o cão”, “foi o cão”, “esse cão”, – ações e eventos a um ser sobrenatural e mitológico que é capaz de interferir na vida e ações humanas, bem como de infligir sofrimento constante e intensos. Além desta explicação, cão pode também referir-se a um adjetivo para pessoas. Mas, ai é outra questão.

Esta semana foi do cão, não só para mim, mas para diversos amigos, amigas, colegas e também desconhecidos, porque muitos eventos aconteceram contrários a nossas vontades, e muito do que planejamos e queríamos realizar, não aconteceu mesmo tendo nossa intervenção e empenho. Isto por si, já coloca por terra, ou não, aquela  tese de que: quando se deseja com força, fé, e amor, o universo conspira para o sucesso. Digo, talvez não, porque pode ser que nestes momentos, o universo esteja conspirando para o sucesso DO CÃO, não é? Ou a regra não vale para ele?

Bom, ao menos, não foi só eu que percebi que esta semana foi “do cão”!

Farrah Fawcet: não foi lembrada no Oscar 2010

No dia 25 de junho de 2009 ás 23:42 da noite, eu escrevi isto abaixo sobre a morte de Michael Jackson e sobre Farrah Fawcet:

A ex-pantera da década de 70 e 80, Farrah Fawcet também morreu hoje, ela foi um ícone, o MJ é um mito. Ela será lembrada, mas, o MJ é inesquecível.

Errei em pensar que ela seria lembrada. Não foi mencionada na homenagem feita aos astros que se foram em 2009. Para os novinhos, a Farrah Fawcet é esta loura à direita da imagem abaixo. Estas na imagem abaixo, foi a formação inicial do seriado: “AS PANTERAS”. Gostávamos de vê-las aos domingos. Ficávamos curiosos em saber quem era o Charles. E decepcionamos com as duas outras remake recentes.

as-panterasGaleria de imagem da Folha

Ela morreu no mesmo dia em que Michael Jackson. E no domingo a cerimônia do Oscar 2010 ela não apareceu na lista das atrizes e celebridades que morreram em 2009. No momento em que passou Michael Jackson, eu disse:

– Farrah Fawcet!

Esperei! Esperei! Terminou e não passou a imagem dela. Para quem acompanhou a carreira dela, eis abaixo, copiado lá da Folha Ilustrada uma lista de seus  trabalhos:

Cinema

"The Cookout" (2008)
"Dr. T e as Mulheres" (2000)
"O Apóstolo" (1997)
"O Homem da Casa" (1995)
"See You in the Morning" (1989)
"Seduzida ao Extremo" (1986)

Séries de TV

"The Guardian" (2002-2003)
"Ally McBeal" (1999)
"Johnny Bravo" (1997)
"O Sacrifício Final" (1989)
"A História de Barbara Hutton"(1987)
"Caça aos Nazistas" (1986)
"Cama Ardente" (1984)
"As Panteras" (1976-1980)
"S.W.A.T." (1975)
"O Homem de Seis Milhões de Dólares" (1974-1976)
"The Girl with Something Extra" (1973)

Não só eu percebi e senti a falta dela na homenagem. A internet já está cheia de comentários a respeito. Há outra pessoa também esquecida, mas, não me lembro da mesma: Clique abaixo e veja as matérias comentando a falta da produção do OSCAR 2010:

Farrah Fawcet foi esquecida

Não adianta explicar isto e aquilo. A impressão que ficou é que foi de fato esquecida, não lembrada, não citada.