Resultado do ENCCEJA 2008

As vezes me arrependo de publicar alguns textos. Não por mim ou pelo conteúdo do texto, mas, pelos comentários que recebo. Um destes textos em que o arrependimento bateu na porta foi a divulgação do ENCCEJA 2008: Obtenha seu diploma com o ENCCEJA.

Agora, por conta do tal texto citado acima, me sinto obrigado a escrever e listar aonde, onde e em quais link se deva clicar para obter o resultado do ENCCEJA 2008.

No site do ENCCEJA 2008/2009 tem o banner grande, visível, veja abaixo. Mesmo assim, recebo todos os dias o pedido: como é que eu obtenho o resultado do ENCCEJA 2008?

resultado-encceja

Se você prestou os exames do ENCCEJA 2008/2009 pode obter o resultado clicando nos links abaixo:

  1. Pesquisar pelo número de inscrição do candidato
  2. Pesquisar pelo nome completo do candidato
  3. Pesquisar pelo Documento de Identidade ou CPF do candidato

Assunto encerrado!

Privacidade na Internet: como apagar seus rastros.

As questões levantadas quanto a privacidade na internet não será debatido no texto. Isto porque, há autoridades, organizações, empresas e ONGs envolvidas na questão que são aptas e competentes para tal.

Em específico quero tratar de dois assuntos.

1) – O recurso InPrivate no IE 8.0;

Navegação InPrivate permite que você navegue na Web sem deixar vestígios no Internet Explorer. Qualquer pessoa que utilizar o seu computador depois, não verá em quais páginas você visitou e o que você procurou na Web.

Enquanto navegar usando o modo InPrivate, o Internet Explorer armazenará algumas informações, entretanto, no final da sua sessão InPrivate, essas informações são descartadas.

Evidente que em um ambiente de rede, o Administrador desta rede pode ter acesso aos sites e recursos que você visitou através proxys e outros programas disponíveis.

Em casa, se você tem filhos e deseja ter controle sobre tais atividades, você deverá desativar tal, mas, não é uma atividade rápida para todos os usuários de computador. No Baboo, tem um passo-a-passo explicando como desativar o recurso InPrivate.

Em pequenas empresas que adotarem o Internet Explorer 8.0 terá dificuldades tal qual os pais. Esta semana, já vi secretárias e funcionárias utilizando o recurso para acessar Orkut e outros serviços, por padrão, proibidos pela administração. Mas, agora com o InPrivate deverá tomar outras providências quanto o assunto.

Estão usando o recurso para o que foi desenvolvido: navegar na internet e não deixar rastros.

2) – IEHistoryX

Programa fácil de usar. Ajudará a localizar, exibir e em especial EXCLUIR SELETIVAMENTE o seu histórico de navegação na Internet. Você poderá acessar e excluir um a um as URL, os cookies, arquivos de cache, e todos os arquivos temporários da Internet.

history

Mas, no caso você estiver usando um computador de um amigo ou seu computador é compartilhado com a família, você poderá utilizar este software para excluir estas suas navegações.

O IE permite você excluir todos o histórico, o que em muitos casos é muito suspeito. Assim, você poderá excluir apenas os arquivos desta sua última navegação. Excluir o histórico da última hora, do último dia. Da semana passada, impedindo que sejam visualizados pelo outros usuários que navegar utilizando o Internet Explorer.

Você simplesmente poderia limpar o histórico de IE usando o Internet Explorer – menu de Ferramentas-> Opções da Internet-> Guia Geral -> Limpar histórico, no entanto, irá limpar todos os seu histórico. Se você não deseja fazer isso, porque o que removerá todas as informações do histórico, e esta ação pode ser como um sinal para outro usuário que você ter feito algo que você queria ocultar.

Você poderia limpar senhas salvas usando o Internet Explorer – Menu de Ferramentas -> Opções da Internet -> Guia Conteúdo-> Auto Completar -> limpar senhas.

Mas que irá Limpar tudo de suas senhas salvas, portanto você provavelmente não deseja fazer isso, uma vez que você poderia se não lembrar as senhas de todos os sites. Tem certeza de que você pode se lembrar todas as senhas que você precisará?

Este programa dá-lhe forma mais simples e mais segura. O software tem outras funções uteis, e boas. Este programas além de eficiente é gratuito.

Site: http://www.585soft.com/IEHistoryX.asp

du nada!

Nasci em 1968. Talvez tenha nascido em época errada. Quem sabe as ministras (Cloto, Atropos Lachesis) do inexorável Destino tenham errado nas medidas, na época, no tempo em que eu deveria ter nascido, vivido e já ter morrido. 

Vivo a reclamar desta época. Reclamo quando tudo vai bem, pois, quando tudo estar tudo bem, tenho os motivos de reclamar da bonança porque sei que em pouco tempo a bonança acaba, afinal, é assim que acontece. É inevitável. Não existe bem que dura para sempre.

A expressão, titulo deste texto me incomoda. A explicação é simples: ex nihilo nihil (do nada, nada!) ou também: ex nihilo nihil fit (do nada, nada se faz).

A expressão me irrita quando percebo que há maneiras diferentes de expressar a idéia do que aconteceu, porém, percebo faltar argumentos, razões, explicações, palavras, para quem usa a expressão, e usa-se a expressão para resumir o que não se sabe explicar.

Se resume os fatos nesta expressão.  Há várias expressões com a palavra NADA, e  tem diversos significados. DU NADA atualmente caiu no gosto popular como uma expresão universal para explicar situações e acontecimentos simples do cotidiano, mas, em suma, a expressão não cabe no contexto aplicado.

A expressão “nada”, tem vários significados, porém, a maioria daqules que utilizam a expressão “du nada”, raramente a usa num contexto real e racionalmente aplicavel. Eis abaixo algumas expressões do Aurélio 5.0:

Nada de nada. 1. Absolutamente nada; coisa nenhuma; nada dos nadas, nadica de nada: “Zé Boné nada de nada contava.” (João Guimarães Rosa, Primeiras Estórias, p. 41); “Sei só que não se acaba realmente e de uma vez nada de nada do que nos faz saudade.” (Francisco Ribeiro Sampaio, Renembranças, p. 7).
Nada dos nadas. 1. V. nada de nada:
“nem bilhetes de loteria, nem sortes grandes ou pequenas, — nada dos nadas veio ter comigo.” (Machado de Assis, Dom Casmurro, p. 189).
Dar em nada. 1. Não ter, absolutamente, nenhum resultado: resultar em nada.
De nada. 1. Muito pequeno ou insignificante; sem importância; à-toa:
“— Mas está ferido, disse a velha. | — Cousa de nada.” (Id., Várias Histórias, p. 124); “Confessou-me que apenas tivera uma dor de cabeça de nada (Id., Dom Casmurro, p. 319).
Quando nada. 1. No mínimo; no pior dos casos:
Pedro ganha, quando nada, mais que José.

Quantas vezes ouço expressões, como as listadas abaixo:

  • O cara surgiu “du nada” atirando para todo lado…
  • “du nada” o carro apareceu em alta velocidade…
  • etc

O cara não surgiu do nada, ele estava escondido nalgum beco, oculto nas sombras, dentro de um carro, atrás de uma moita, mas, ele não surgiu “du nada”.

No segundo caso, é semelhante. O carro não surgiu do nada. Surgiu repentinamente, de imprevisto, súbitamente.

Du nada isto, du nada aquilo,  du nada, du nada, du nada e du nada. Para mim, du nada, é nada!

Du nada”, não se obtem vocabulário. Saber explicar, falar, explanar, expressar, expor, exprimir, exige-se pelo menos leitura.

Uma mãe em campanha: Doe medula

Eu não faço parte de correntes. Não repasso mensagens para ninguém. Não envio campanhas para os amigos. Apesar de recebê-las e leio quase todos. Este é um dos casos em que pensei: este caso é veridico e merece ser divulgado, apesar de não conhecer a família, as letras abaixo tem verdades expressas.

Compartilho com vocês minha história vida. Há um tempo eu diria que minha vida era digna de pena. Hoje penso diferente, todo sofrimento que passei aconteceu porque sou ser humano e sei que todos nós passamos por situações adversas e vez por outra, muito dolorosas. A diferença, no entanto, é que cada um enfrenta da maneira que melhor lhe cabe.

Sou de Lapão, uma pequena cidade do Semi-árido da microrregião de Irecê, ao Centro-Norte baiano à 495km de Salvador, cuja economia é baseada na agricultura de grãos.

Foi nesta cidade que meus pais se conheceram e se casaram. A tragédia infelizmente começou cedo, em 1982 com menos de dois anos de casados, meu pai foi assassinado. Era período eleitoral, eu tinha menos de um ano de idade e minha mãe estava em sua segunda gestação. Alguns meses depois a criança nasceu, um lindo menino, mas em seguida não resistiu e faleceu.

Após dois anos, minha mãe tentou reconstruir uma nova família e gerou outro casal de filhos e novamente outro menino faleceu após o nascimento. Fui criada em um lar com meu padrasto, minha mãe e minha irmã. Perto dos meus 14 anos minha mãe veio a falecer em um terrível acidente de carro, onde o condutor era seu marido, meu padrasto sobreviveu ao acidente.

Nesta época, meus avós moravam na área rural e se esforçaram para comprar uma casa na cidade para que eu pudesse morar com eles e continuar meus estudos. Não foi fácil superar a perda da minha mãe, ter que sair da casa onde cresci e convivi com minha família, e ter que deixar minha irmã para que ela morasse com o pai.

O período com meus avós foi curto, mas com muito mimo. Só passei três anos com eles e logo me casei. Meu esposo Aldon, que é da mesma cidade (Lapão), após o primeiro ano de namoro mudou-se para Recife para estudar Teologia. Como não suportamos a distância, nos casamos após um ano de seus estudos. Mudei para Recife deixando meus avós, para iniciar uma nova e duradoura família com apenas dezessete anos.

Aldon havia se formado e morávamos em Salvador agora, casados há cinco anos decidimos ter nosso primeiro filho, Heloísa. Ela foi uma criança super desejada, mas com poucos dias de vida começou a apresentar problemas de saúde, ficando internada por aproximadamente um mês. Após quatro lindos e maravilhosos meses, Heloísa não resistiu, e veio a falecer vítima de uma pneumonia atípica (suposto diagnóstico).

Foi difícil passar aqueles primeiros dias sem o nosso bebê nos braços! Depois de tantos acontecimentos, o pensamento de que nada mais poderia acontecer comigo era inevitável! Na verdade eu não conseguia parar de pensar que a qualquer momento, alguém que amasse viesse a falecer.

Contudo estava próximo de realizar um dos três grandes sonhos de minha infância que era: ter uma filha, mas o sonho durou pouco; me formar na área de saúde para salvar vidas, cheguei a iniciar o curso de Fisioterapia ao qual me identifiquei muito, porém tranquei a matrícula, pois, tivemos que mudar de cidade e o terceiro sonho, é futilidade comparado a estes.

Entretanto, creio na soberania de Deus e sei que a cada dia Ele tem me consolado. Apesar de tantos acontecimentos dolorosos, entendi que necessitava buscar mais forças Nele e sempre peço que me prepare para o dia de amanhã, o qual não conhecemos e estamos susceptíveis a tudo.

Felizmente após muito esperar, Aldon e eu decidimos ter outro filho. Passaram-se mais quatro anos até que a pequena Ana Maria viesse ao mundo. Ela nasceu linda e aparentemente saudável, mas aos cinco meses, começou a apresentar sintomas muito semelhantes aos da minha primeira filha. Ana Maria começou com febres que não cessavam e por indicação médica fomos encaminhados ao HC de Salvador, mesmo hospital que Heloísa ficou internada.

Ana_Maria

Com pouco mais de um mês de internação, foi diagnosticado que Ana Maria tem uma Imunodeficiência Grave Combinada, e há suspeitas médicas que Heloísa tenha falecido com o mesmo problema. Mediante a este diagnóstico ela nunca poderia ter tomado a vacina BCG, que previne a tuberculose. Por isso, minha filha desenvolveu uma grave infecção e como conseqüência, no período hospitalar permaneceu na sonda, no oxigênio e recebeu bolsas de sangue.

Esperamos uma breve recuperação para virmos à São Paulo em busca de melhores recursos. Ao chegarmos ao Hospital São Paulo, a médica foi objetiva e explicou:

“Para o caso de Ana Maria se pudéssemos, seria necessário isolá-la em uma bolha e imediatamente efetuar um transplante de medula para que ela melhore a defesa de seu organismo.”

Mais uma vez foi difícil ouvir isso, mas não ficamos parados, Aldon e eu fizemos o teste de compatibilidade, mas infelizmente não podemos ser os doadores da medula de que tanto Ana Maria necessita. Hoje ela está com 10 meses, com apenas 5.800g e alimentando-se de uma dieta super especial para ganhar peso preparando-se para o transplante.

No momento, eu e Ana Maria estamos na casa de familiares paternos, em uma cidade próxima a São Paulo, a aproximadamente 70 km da capital, chamada Campo Limpo Paulista. Todos que moram na casa foram vacinados, para poderem conviver no mesmo ambiente que ela.

A rotina dela é complicada ela toma 13 medicamentos, sendo que 4 destes se repetem ao longo do dia. Apesar de tudo é uma criança tranqüila e alegre. Toda semana ela passa por uma consulta com uma imunologista no Hospital São Paulo , quinzenalmente ela recebe gama globulina na veia, que basicamente são anticorpos, pois ela praticamente não tem defesa imunológica em seu organismo e também colhe sangue para análises laboratoriais, que visam principalmente controlar a infecção (BCGite).

Estou tentando através do hemocentro da Bahia (Ana Maria espera por um doador no banco nacional de medula), fazer uma campanha de doação de medula em Lapão, pois nossa família em grande parte reside nesta cidade. Mesmo não encontrando um doador para Ana Maria, possivelmente servirá para outro que precise.

É difícil ficar longe de meu esposo Aldon, pois, precisou retornar à Piritiba – BA cidade onde moramos atualmente, onde é pastor de uma igreja evangélica e precisou voltar ao trabalho. Não poderia deixar seu ministério e necessitava prover nosso sustento. É triste ver nossa filha em seus momentos de alegria longe do pai, e saber que ele está lá morrendo de saudades e preocupado com a situação sem poder fazer nada a não ser algo muito importante, colocá-la em oração diante de Deus todos os dias.

Meu objetivo com esse e-mail, na verdade, é mostrar para as pessoas que a imunodeficiência existe, sei que a probabilidade desta doença ocorrer é pequena, mas especificamente no meu caso, existe 25% de chance de todos os meus filhos nascerem com essa deficiência. E isso pode acontecer com outros casais e com certeza muitas famílias que tiverem conhecimento da minha história se identificarão ou por terem o mesmo problema ou por solidariedade.

Quero encorajar as famílias que passam por situações semelhantes a nos unirmos para sensibilização da sociedade da real gravidade deste diagnóstico, e a importância de ser identificado antes da criança ser vacinada, já que poderá levar a morte. Além disso, é necessária a conscientização da população sobre a importância de ser doador de medula, pois ajudará a salvar vidas. Contudo meu desejo também é que se desenvolva um projeto para que todo recém nascido faça um teste para saber se possui algum tipo de imunodeficiência.

Agradeço meus familiares e amigos pelo apoio nestes 5 meses longe de casa . Sou grata a Deus por tudo que tem acontecido, pois sei que poderíamos estar em situações piores, mas temos claramente percebido seu grande amor por nós.

Grata,

Priscila Dourado Oliveira.

Obs.: Estou contando uma história que possa fazer diferença na vida de tantas outras pessoas que estão à espera de um transplante, e que como minha filha, precisa ficar em fila de espera já que o banco de dados com pessoas compatíveis e cadastradas não é suficiente para os números de transplantes existentes no Brasil.

Não estou pedindo dinheiro, mantimentos, fraldas, nada material apenas apoio para a divulgação deste relato. Não quero com isso sensacionalismo e sim mostrar a necessidade que minha filha tem no momento, um doador de medula.

“Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam à Deus.”

Romanos 8:28

Se você têm dúvidas ou interesse em ser um doador de medula procure:

SE POSSÍVEL PASSE ESTE E-mail PARA SEUS CONTATOS

aonde chegamos ou para onde nos conduziram

Ontem levei Kaio para a sede do CREAS (CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL) ligada e no mesmo prédio onde ao Conselho Tutelar, que acionamos para garantir o direito dele assistir as aulas na série em que foi matriculado.

Na semana passada o colegiado foi convocado em caráter urgente urgentissimo para tratar do caso. Foi uma reunião acalorada. Pensavam que nós iriamos amarelar, e que, talvez eu não conseguisse me expressar diante do público.

O Conselho Tutelar ratificou o que é obrigatório: a presença na sala de aula. Mas, não foi só isto. Como ele foi publicamente repreendido e submetido a vergonhosa exposição, o delegado do Conselho Tutelar (CT) exigiu a mudança de horário.

Além deste acompanhamento do Conselho Tutelar, a DIREC de Irecê não se envolveu no caso. Com raras exceções, fizeram corpo mole. Não quiseram se indispor com a direção da escola. Houve momento em que a responsável pelo setor afirmou:

– Eu sei pró, que você é a autoridade máxima execendo sua posição, e que você tem a autonomia natural do cargo, mas, não podemos virar as costas aos pais que nos procuram para encontrar solução que não encontrou ai.

O tumulto e correria dos últimos 12 dias acabou. O resultado foi aquele que propus no inicio de tudo.

– Deixe-o na série matriculada. Faz-se a reclassificação da série anterior, faz acompanhamento das matérias em que faltou prestação de testes, provas e trabalhos escolares. Apura-se o resultado.

Isto é como eles mesmos fazem com vários alunos que estão em faixa etária diferente daquela que deveria estar. Mas, não quiseram. Complicaram tudo.

Como agravante desta situação, nosso filho passou a dormir a maior parte do dia. Abandonou o computador, seus desenhos animados preferidos, os dias de futebol na quadra do Forum, a alimentação diminui, a emoção aflorou ao ponto dele chorar com facilidade.

Para remediar esta situação, o Conselho Tutelar sugeriu acompanhamento psicológico na sede do CREAS, e se necessário acompanhamento especializado posterior.

Ontem foi a primeira visita. Acompanhei-o até o momento em que tivemos que ser separados para responder perguntas e participar de outras atividades.

Ele me disse que lhe pediram para desenhar uma casa, um homem, e uma árvore. Ao chegar em casa, pedi-lhe que repetisse os mesmos para mim.

Não é necessáriamente a árvore que ele desenhou mas, a representação, que eu fiz agora. No geral, a árvore desenhada por ele é muito parecida com esta abaixo:

arvore-kaio

A casa por ele desenhada foi a que mais me deixou em alerta. Desenhou uma casa ampla, com uma porta central, maçaneta, duas janelas, e dois vasos de FLORES em uma das janelas. Eis abaixo, algo parecido:

casa-kaioO desenho do homem foi o mais elaborado e também aquele que teve a maior quantidade de detalhes.

homem-kaio

Este também foi o pior que eu consegui reproduzir. Está horrivel.

Em suma, o desenho dele tem vários detalhes. Apresentava um homem completo. Adulto, vestido, cabelos, orelhas, sobrancelhas, nariz, boca.

Camiseta de manga curta, calça, sapato e bolsos laterais na calça.

Houve quem ontem me perguntasse:

– Se você sabia que o psicologo iria pedir para ele desenhar isto, e você sabe a linha de ação do psicologo, porque você não fez?

Eu não sei a linha de ação do psicologo. Ele é o profissional da área. Eu apenas estudei dois semestre de psicologia, e foi tão somente uma introdução na matéria. Recebemos na faculdade de teologia, suprimentos básicos no campo da psicologia.

Muitos destes métodos são utilizados por vários profissionais em palestras, em atividades

A resposta do psicologo ou a opinião interpretativa dos desenhos apresentados só na semana que vem, na segunda visita. Entretanto, desde já descarto depressão, angustia, fadiga, pânico. Nenhum destes.

Porém, seguindo a linha interpretativa, as vezes o que falta nos desenhos é também parte preocupante. No entanto, alguns sintomas graves já deixo de lado. Temos que trabalhar para evitar que ele durma em excesso, e ou fique sem fazer as atividades que antes lhe era tão comuns.

É só esperar, para alguns resultado.

Movimento Natureza convoca:

movimento_natureza4 É assim que precisamos chamar o Brasil e é assim também que a Beth do blog Mae Gaia e eu estamos fazendo um desafio a todos os blogueiros e pensamos em fazer o Movimento Natureza. Dia 22 de abril faremos 509 anos que fomos encontrados, pois descobrindo estamos até hoje.

Estamos descobrindo a nossa Floresta Amazônica e com ela depenando, depilando, desmatando, desmarcando, desbancando, desmontando e tudo isso em menos de 500 anos.

Precisamos urgente antes que seja tarde de um Movimento na Natureza e um Brasil Novo. Para isso estamos desafiando você a participar desse Movimento em prol da Natureza.

1) Confirmar participacao no blog Movimento Natureza que foi criado exclusivo para discutirmos esse tema;

2) Levar o selo e fazer uma chamada no seu blog. A autora do selo para este movimento é a minha amiga Paula do blog Canetas Coloridas. Obrigada pela ajuda, Paulinha.

3) Escolhe um projeto que for melhor para você fazer. Você poderá falar do Movimento Natureza…

a) no Jardim de Infância do seu filho;
b) na escola do seu filho;
c) na comunidade do seu bairro;
d) na sua igreja;
e) no seu trabalho;
f) em outros locais;
g) você conseguiria movimentar o Parque e Jardim da sua ciadade para uma entrevista para o seu blog?
h) você conseguiria falar com o Prefeito da sua cidade para plantar uma árvore no dia em o Brasil inteiro comemora o seu descobrimento? É desafio mesmo!!!

4) Em quais desses locais você acha que poderá plantar uma árvore neste mês? (por favor, junto uma foto do evento)

a) no seu jardim;
b) no jardim de algum parente ou amigo;
c) no Jardim de Infância do seu bairro;
d) na escola do seu filho;
e) no bairro em que você mora;
f) na firma onde você trabalha;

5) Aos professores na blogesfera pedimos uma atuacao ainda mais intensa:
a) de conscientizar sua classe; falando sobre o tema;
b) Deixar que eles escrevam suas idéias numa redacao, quem sabe transformá-las num livro na própria escola para ser lido por outras classses;
c) Plantar uma árvore com eles;

6) Você faz Faculdade???

a) seria capaz de falar sobre o Movimento Natureza e levar a Faculdade onde você estuda a plantar uma árvore em algum lugar?
É desafio mesmo!!!

Com este Ato de Plantar uma Árvore, estaremos formando Um Novo Ciclo na Natureza.

A floresta Amazônica ela existe como exemplo, ela pode ser no seu bairro, na nossa cidade, você já pensou nisso? Traga o pulmao da nossa Floresta até você.

Dia 22 de abril, é o dia marcado para postarmos a nossa acao.
http://movimento-natureza.blogspot.com/

Confirme sua participacao.