Blogagem coletiva: Dia Mundial sem Tabaco!

O Nando Damázio, proprietário e plenipotenciário do blog: A melhor novela de todos os tempos do último verão, propos a blogagem coletiva: Dia Mundial sem Tabaco!

fumar-mata

Foi hoje.

Não é de hoje que participo de movimentos e campanhas anti-tabagismo. A primeira vez que participei de uma campanha assim, foi no ano de 1989.

Fomos enviados para a grande BH e lá distribuimos para as pessoas panfletos e livros explicativos dos maleficios de se utilizar o tabaco. Li o livro: O fumo no banco dos réus.

Meu pai é fumante. Jà passou por dois Acidente Vascular Cerebral, e no entanto diz que morrerá com o cigarro. Já viveu até hoje fumando, não será por isto que deixará.

Para quem fuma é díficil abandonar. Então, encaro esta blogagem como um meio de auxiliar quem quer que seja a não entrar.

Quando em campanha em BH, encontrei diversas pessoas que desejavam abandonar o uso do tabaco, entretanto diziam-se incapazes de realizar.

Aqui na cidade tenho amigos fumantes. Felizmente, é uma minoria. Na blogosfera, tenho amigos e amigas que também usam. O radialista, já parou de fumar umas vinte vezes. O máximo que conseguiu ficar sem fumar foi dois anos e voltou.

Meu sogro era fumante. E, certa noite, fumou o último cigarro. Amassou a carteira e jogou fora. Há dois anos que não fuma.

Outro dia, chegou na oficina um senhor com uma carteira de cigarro no bolso. Nunca vi uma carteira naquela situação. Velha. Suja. Amassada.

– O que aconteceu com esta carteira de cigarros – Quis saber meu sogro.

– É que eu decidi parar de fumar. Comprei a carteira e disse que não fumaria mais. Ela me acompanha desde então!

– Tem quanto tempo que você parou de fumar?

– Três anos!

O tio de Kátia também parou assim, de um momento para outro. Há quem consiga fazê-lo. Outros não! E não adianta dizer que é falta de vergonha. Que é fraqueza. Que a vida é mais saudável sem o tabaco. Que o tabaco mata!

Não dianta encontrar desculpas para o fato de não conseguir. Também não deve tentar justificar porque se fuma. Muito menos esperar uma ação do governo para aumentar os tributos, dificultar o acesso. 

  • O fumante deve querer parar;
  • O fumante deve procurar seus meios de parar;
  • O fumante deve procurar ajuda se necessário, certamente encontrará.

Eu não fumo, ainda que quando menino, acendia os cigarros para meu pai. Nunca fumei, e nunca tentei fumar depois de jovem e adulto por um trauma de infância.

Assim aconteceu:  vi meu pai fumando, e fui fazer o meu cigarrão de papel. Coloquei fogo e então aconteceu o inesperado, o fogo veio rápido e queimou-me os dedos.

Esta foi minha experiência como fumante.

Espero que Beth, Tita, Rayol, e outros blogueiros e blogueiras tenham tido conhecimento do dia de hoje, e tenham se esforçado por este dia sem tabaco.

Teoria dos campos mórficos!

A teoria dos “campos mórficos”, proposta pelo biólogo inglês Rupert Sheldrake,  “são estruturas que se estendem no espaço-tempo e moldam a forma e o comportamento de todos os sistemas do mundo material.”

É só uma idéia instigante. Nem todos concordam, mas, há certos elementos que guiam-nos para algo parecido. Há certas similaridades de comportamento e desenvolvimento de idéias que se espalham e se instalam no nosso meio. Isto se dá de forma espontânea.

Não pensem que estou abandonando a teoria de conspiração de dominação mundial, em que, há por trás das grandes agências de noticias um grupo dominador que faz todos repetirem as mesmas noticias, e a dar enfoque aos mesmos assuntos. Longe disto.

O que teorizo agora, é que há entre nós, um campo mórfico que nos fazem rodear assuntos semelhantes por um certo período.

Esta semana, estou fazendo downloads das trilhas sonoras dos filmes que mais gostei de ver. São filmes que, nem sempre é do agrado da maioria, entretanto, eu gostei.

Por exemplo, eu gostei da trilha sonora do filme Van Helsing, o caçador de monstros. Gostei tanto que classifico a trilha sonora do filme como uma das melhores trilhas sonoras de todos os tempos do cinema. É eletrizante.

Também a trilha sonora da trilogia Exterminador do Futuro. Esta trilogia, em especial, o segundo, o que mais gostei, é também muito gostosa de se ouvir.

Continuando, a teoria, basta sair visitando os blogs que encontramos uma série de blogueiros e blogueiras comentando sobre filmes, desenhos, músicas relacionadas a cinema, novela, músicas marcantes.

O que vejo de interessante, é que estas pessoas, não escrevem sobre o tema.

Como por exemplo a Tita que no blog dela a temática é Política, e os demais textos exceção, ai de um momento para outro, ela aborda um tema que é parte integrante de um tema geral que outras pessoas ao longo da semana vai tecer comentários, fazer textos sobre o mesmo tema, sem ao menos terem lido o blog dela.

São temas relacionados de alguma maneira. Eu estou nesta semana fixado em trilhas sonoras. A Iara Alencar, fez uma listinha com os 10 desenhos animados que marcaram a infância dela e de nós todos.

A dona do Blog Saber é bom Demais, esta semana colou uma imagem e deixou um link relacionando os personagem que vemos e ouvimos nos desenhos e nos filmes com seus respectivos dubladores.

O Oscar, comentou sobre o aniversário da Série animada os Simpsons, que fizeram 19 anos de exibição na TV esta semana.

A teoria dos campos mórficos vão se difundindo, e cada um de nós vai sendo arrastado por um movimento invisivel que nos levará a comentar ou fazer um texto relacionado ao tema.

Por enquanto vou continuar no meu entretenimento atual. Agora estou o ouvindo a trilha sonora de Blade Runner, o caçador de Androides, um clássico!

Confira mais este texto relacionado ao tema dos campos mórficos: Tema Ludovico do Blog O Arrastão da Janaina. E seguindo o link dela, vi que até o Diogo Mainardi tá no bolo.

A teoria dos campos mórficos não é bem assim, porém, pode muito bem ser entendida assim! Estamos todos envolvidos neste espaço-tempo, e o comportamento, as lembranças de uns logo, ao ser repetida por 99 vezes, passará automáticamente a fazer parte da coletividade.

Amanhã estaremos fazendo outras coisas pertecentes a coletividade e não a nossa personalidade, caráter e desenvolvimento socio-psiquico-motoro, ou seja lá o que isto signifique!

Licença gratuita do CA Antivírus 2008 por um ano!

26/05/2008 15:03

Apesar de não ser muito conhecido, o CA Antivírus 2008 parece ser um sólido software antivírus, segundo a TopTenReviews.

Você pode obter uma licença gratuita do CA Antivírus 2008, que pode ser instalado em até três computadores. Este pacote normalmente é vendido por R$ 65,00.

Ele detecta vírus, worms e trojans e é compatível com as edições de 32 bits do Windows 2000, XP e Vista.

Aqui está o que você precisa fazer para obter sua licença gratuita: Visite a página da promoção e preencha o seu cadastro.

A página está em alemão, digite os seguintes detalhes de cima para baixo: nome, sobrenome, País, Email, repita o Email, Senha, repita a Senha.

Clique em Senden e um e-mail contendo um link para a página de download e também o número de série.

O link de download do e-mail baixa a versão em alemão. Para baixar a versão em Português, clique aqui.

Totalmente copiado do Fórum do BABOO!

Eu peguei 12 licenças. como uma licença pode ser instalada em até 3 micros, poderei instalar em 36 computadores!

Estamos cercados

Este mundo vai continuar muito pior quando eu partir. Não que minha presença aqui seja significativa. Certamente meu nome não ficará na história por nenhuma grande ação que mereça registrar nalgum livro de história. Não ganharei premio nobel. Não serei destaque na Globo. Não serei um pro-blogger de fama. Não serei reconhecido como nada, tão somente porque não penso, nem pretendo ser um martir, um politico, um ator famoso.

Estamos cercados e não adiantará amontinarmos contra ele. Infelizmente, não adianta gritar. Não nos ouvirão. Não consiguiremos nos fazer ouvir.

Os homossexuais.

Hoje ocorreu a parada gay. A frase que mais gostei até hoje sobre esta situação foi essa aqui:

“Antigamente o homossexualismo era proibido no Brasil. Depois, passou a ser tolerado. Hoje é aceito como coisa normal… Eu vou-me embora, antes que se torne obrigatório.”

Quer uma briga ferrenha e desleal? Diga uma frase que um homossexual se sinta ridicularizado, envergonhado ou discriminado, que você sentirá o peso da lei anti discriminação e racista sobre você.

Os homossexuais ganharam uma data. Ganharam um dia. Adquiriram direitos especiais que nós outros não temos, tão somente porque? Nâo sei! Sei que eles tem mais do que eu. Eles se fazem de vítimas. Dizem ser discriminados. Dizem que tem direitos iguais aos meus, e por isto, exigem o cumprimento desta igualdade (diferença) na lei.

Os negros

Semelhantemente, há os negros que vem adquirindo direitos especiais na atual sociedade. Não posso chamar ninguém de crioulo, de negro, de preto, ou assemelhados que há regras para isto.

Os negros tem direitos e mais direitos, mesmo que não sejam aplicados. Há este e aquele direito definido para a população negra no Brasil. Por conta disto, ou seja, por haver muitos direitos para a classe, e há tantas ONG´s empenhada em defender os negros, os crioulos no Brasil e no mundo, que a população, que não é besta, já declara:

– Sou negro;

– Sou pardo;

– Sou Afro-descendente.

Não porque é bonito ou porque ele tenha orgulho de ser, mas por beneficios que se obtem em se reconhecer como tal. Eu me envergonho de ter que declarar-me negro para poder entrar na faculdade como me sugeriram ano passado.  Agora que a perspectiva é que a população negra suplante a população branca no país, quero ver a quem vão culpar daqui a meio século o porque de haver algum negro pobre neste país.

Ah! vão dizer que todos tem direitos iguais, porém alguns são diferentes, e conseguem obter mais dinheiros do que outros. Vão dizer que os direitos foram nivelados, porém, devem respeitar o direito de alguns serem preguiçosos, indolentes, pé de chumbo, que são irresponsáveis, que não gostam de estudar, que não gostam de trabalhar, que alguns ou muitos gostam de beber demais, que outros gostam de serem violentos, etc.

Resumindo…

Estatutos da Criança e do Adolescentes, O Estatudo do idoso. A lei Maria da Penha. Lei dos anistiados políticos…

Todo mundo tem direitos demais.

Há tantas leis e ONG´s defendendo tantos pequenos grupos, que eu me sinto dentro de uma minoria abandonada e cercada de regras, leis, estatutos e um monte de preceitos ditos politicamente correto, que até, se eu permanecer parado, calado, e com os olhos fechado estarei quebrantando alguma nova lei social.

Se todos somos iguais perante a lei, porque alguns tem leis especiais para a situação deles? Se as mulheres são iguais em direitos e deveres perante a lei, porque adotaram a tal Maria da Penha? Não somos todos regidos pelas mesmas leis, e se, haver algum ato ilegal não somos todos condenáveis por tais leis?

Há tantas leis especificas para cada um destes grupos: Jovens, adolescentes, mulheres, cidadãos, motoristas, indios, comerciantes, idosos e etc.

Me sinto obrigado a cumprir cada uma delas porque estamos cercados por leis que garante o direitos destes grupos e parecem não assegurar nenhum direito a nós, só o dever de cumprir e zelar pelos direitos adquiridos por estes grupos.

CANSEI!

Aprenda a falar em Público.

Lu Monte, do Blog Dia de Folga, está fazendo uma premiação para quem descrever uma situação embaraçosa que tenha passado em público. Eu digo com orgulho que não tenho problemas em falar em público. Falo em público com certa frequência, e não faço feio.

A premição está sendo proposta pelo texto: Como falar bem em Público. Quem for ler o texto promocional da Lu, lá tem uma frase, que diz assim: “um deles será enviado a um dos leitores do DF.” – Antes que você desista, o DF da frase não é Distrito Federal, mas, leitores do  Dia de Folga, que é o nome do Blog da Lú.

– Qual a experiência mais embaraçosa que você teve ao falar em público?

Já fui entrevistado na TV, e no Rádio. Jà participei de mesas redondas com platéia de até 1500 ouvintes. Já dei palestras para estudantes, leigos e doutores.

Fui barrado de falar em uma comunidade que eles julgavam que eu não era capacitado a falar. Como iriamos fazer oito dias de palestras, aconteceu que o grupo que eu liderava, recebeu a maior audiência, sendo que os doutores da outra comunidade, migrou para onde estavamos palestrando.

Ainda assim, mesmo que eu me gabe de ter essa facilidade, já passei por algumas situações embaraçosa.

Numa destas, estava eu numa pequena cidade da região de Jacobina. Teria que apresentar a palestra apartir das 20:00 horas. Havia uma música que acompanhava a campanha, e a turma da música estava atrasados, e comecei os serviços com aqueles que estavam no salão.

Quando chegou o momento da música oficial da campanha, quem iria cantar? Ninguém se habilitou. Ninguém sabia como iniciar e liderar a assembléia na questão. Porém, era uma regra que todas as noites deveriamos cantar pelos menos quatro vezes a música da campanha, porque era parte integrante do setor de marketing fortalecer a campanha com aquelas músicas. Resolvi puxar o coro.

Iniciei a primeira frase da música. Cantei a segunda estrofe. E na terceira, um senhor que estava conosco desde a primeira noite levantou e pediu a palavra. Parei!

– Pois não senhor Gisvaldo?

– Só quero propor que o senhor pare de cantar, dê sua palestra, e se o pessoal da música chegar, eles cantam no final, porque se você continuar cantando, o povo lá de fora não entra e os que entraram vão querer sair!

Silêncio total. Uma gargalhada uníssona e estrondosa. O pessoal que estava fora entraram para ver o que tinha acontecido. Agradeci a sincera opinião. Parei de cantar. Sorrimos um pouco. Aprendi que para falar em público, para mim é fácil, e cantar em público, eu sou uma vergonha!

Registro do Windows: 3 bons softwares

1 – QuickSYS RegDefrag

É um software gratuito que faz a desfragmentação do registro do Windows com o objetivo de melhorar o desempenho do sistema. É um desenvolvimento nacional.

Muito fácil de usar e que otimiza o registro do Windows. É compatível também com o Windows Vista. Remove fragmentos e elimina espaços nas entradas do registro. O download é gratuito, clique aqui: Desenvolvedor do RegDefrag.

2 – MV RegClean 5.5

Este é desenvolvido por Marcos Velasco. Já tem fama e reconhecimento, porém, não me custa relaciona-lo aqui como uma das melhores alternativas para a limpeza do registro do Windows.

Conforme instalamos/desinstalamos programas, o registro vai se inflando cada vez mais, reduzindo o desempenho do sistema, além de deixá-lo completamente cheio de sujeiras e entradas inexistentes. Este utilitário permite checar e/ou remover todos os itens inválidos encontrados.

O MV RegClean é um software seguro e não elimina qualquer tipo de arquivo.  Ele apenas elimina entradas inválidas no registro que se referem a arquivos que já não existem mais, mas mesmo assim, possui um poderoso backup.

3 – CCleaner

Outra ferramenta gratuita de otimização. Limpa os arquivos desnecessários, liberando espaços no HD e consequentemtente habilitando o Windows ao trabalho com rapidez. Se você quer encobrir os ratros dos sites visitados, utilize este software para fazer uma limpeza dos seus rastros.

No Internet Explorer é limpado os arquivos temporários, os histórico de sites visitados, os cookies, e as senhas gravadas, os formulários preenchidos.

No Sistema operacional Windows: limpa a lixeira, a lista de documentos recentes, os arquivos de log e arquivos temporários.

E faz mais coisas também. Todos ajudarão o seu sistema a trabalhar melhor.